Sexta, 19 Agosto 2022

Hércules Favarato renuncia em Montanha, confirmando manobra

O ex-prefeito de Montanha, Hércules Favarato (PMDB), que disputava a eleição e era apontado como favorito ao pleito, renunciou à disputa. Em seu lugar ele deve apresentar o nome do filho, Ricardo Favarato (PMN). Nos meios políticos, a manobra já era esperada.



A escolha de Ricardo Favarato como vice em sua chapa seria justamente para ter uma opção dentro de seu grupo, caso sua candidatura fosse impugnada pela Justiça. O ex-prefeito responde a quatro ações por improbidade administrativa, três ações penais e duas condenações colegiadas.



No final de agosto, os desembargadores da 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça (TJES) mantiveram a condenação do ex-prefeito a três anos e seis meses de prisão, em regime aberto. Com a decisão, Favarato fica inabilitado para exercer qualquer cargo público pelo prazo de cinco anos.



Ele foi condenado por usar veículos públicos municipais para transportar materiais para a construção de duas casas particulares. No município, ele disputa a eleição com a atual prefeita Iracy Baltar (PSDB), que foi secretária municipal na gestão de Favarato. O ex-prefeito saiu na frente na disputa, mas com as movimentações na Justiça, a prefeita cresceu.



Se eleitoralmente o clima é de confusão no município, nos meios políticos, as manobras eleitorais irritaram seus companheiros do PMDB, já que a insistência do ex-prefeito na manobra tirou do jogo político o partido. Com a substituição na urna, o candidato passa a ser do PMN.



Outras renúncias



Os últimos dias de campanha foram marcados por muitas substituições na composição das chapas em vários municípios do Estado. Em Alegre, Rubens Mounin Tanure (PSD) renunciou, deixando o pleito polarizado entre o atual prefeito Zé Guilherme (PSB) e o ex-prefeito Paulo Lemos (PMDB).



Em Ibitirama, o candidato Hisham Hatem (PDT) renunciou depois de ter a candidatura negada. Ele deixou de votar na eleição passada. Passou então a pregar o voto nulo para forçar uma nova eleição contra o prefeito Javan de Oliveira (PSD). Mas esta semana, o grupo que apoia o pedetista apresentou o nome de Valdir Machado (PRP) para substituir Hisham.



Em Alto Rio Novo também houve substituição com a saída de Didi (PSDB) e a entrada de Emanuela (PDT).

Veja mais notícias sobre Política.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sexta, 19 Agosto 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/