Sábado, 25 Junho 2022

Republicanos lança Erick ao governo e deixa indefinido o apoio a Bolsonaro

republicanos_leonardo_sa_-5 Leonardo Sá
Leonardo Sá
O deputado Erick Musso, presidente da Assembleia Legislativa, é pré-candidato ao governo do Estado em "um movimento de centro-direita" para as eleições de 2022. O anúncio foi feito nesta segunda-feira (13) pelo presidente nacional do Republicanos, deputado federal Marcos Pereira, em coletiva de imprensa realizada no Hotel Ilha do Boi, em Vitória, com a participação de membros da executiva estadual do partido.

No encontro, aberto pelo presidente estadual da legenda, Roberto Carneiro, Marcos Pereira deixou indefinida uma aliança com o presidente Jair Bolsonaro, cujas relações estão estremecidas depois da filiação do presidente ao PL, afirmando que somente em fevereiro ou março o cenário estará propício à tomada de decisões. "Nem mesmo o presidente sabe se será candidato à reeleição", desconversou, evitando, também, afirmar que o Republicanos poderá vir a apoiar a candidatura do ex-juiz parcial Sergio Moro (Podemos).

Esse mesmo posicionamento é o de Erick Musso, que, em sua fala, apontou questões que tocam diretamente na gestão Bolsonaro, como inflação, desemprego e falta de programas para a população mais pobre, temas que contribuem para aumentar a rejeição de Bolsonaro, levando muitos aliados, como o Republicanos, a buscar outras lideranças com densidade eleitoral no campo do centro-direita. O encontro com a imprensa foi relizado depois de contatos com  lideranças de outros partidos,  entre eles o MDB, Patriota e PSDB.
Leonardo Sá

 O deputado federal Amaro Neto, o prefeito de Vitória, Lorenzo Pazolini, e o vereador de Vila Velha Devanir Pereira participaram da coletiva, realizada em clima de pré-campanha eleitoral, com a presença de assessores de imprensa das lideranças, inclusive da secretária de Comunicação da Assembleia Legislativa, Margo Devos.

O deputado Erick Musso ressaltou que o movimento para consolidar sua candidatura não representa nenhuma interferência nos trabalhos do Poder Legislativo, destacando a programação planejada, a fim de possibilitar visitas a municípios do interior e outros contatos próprios de campanha política sem provocar problemas na Assembleia.
Leonardo Sá
O ex-prefeito de Colatina, Sérgio Meneguelli, que anunciou sua pretensão de concorrer ao Senado, não participou do encontro, sob a justificativa de que tinha outro compromisso agendado anteriormente, segundo Marcos Pereira. O nome de Meneguelli circula no mercado político como prestes a desembarcar do Republicanos, caso seu nome não entre na chapa de candidato ao Senado pelo partido, que estaria construindo uma candidatura do deputado Amaro Neto.

Marcos Pereira afirmou, na coletiva, que Amaro é candidato à reeleição, mas também poderá concorrer ao Senado. Ele fez um balanço da trajetória do partido no Espírito Santo e disse que, além da candidatura de Erick Musso ao governo do Estado, pretende eleger dois deputados federais e um senador. Lembrou que, em 2020, o partido elegeu 89 vereadores e 10 prefeitos, incluindo o prefeito de Vitória, Lorenzo Pazolini. 

Veja mais notícias sobre Política.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Domingo, 26 Junho 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/