Sexta, 17 Setembro 2021

Partiu Lula Rocha, lutador imprescindível

lula_rocha_leonardo_sa Leonardo Sá
Facebook

Os movimentos sociais capixabas estão de luto nesta quinta-feira (11), com o falecimento de Lula Rocha, importante militante do movimento negro, da educação popular e dos direitos humanos. Lula, que tinha 36 anos, havia ficado internado no ano passado por problemas de saúde e foi novamente internado no Hospital Dório Silva, na Serra, onde faleceu na madrugada desta quinta, após complicações de uma hemodiálise.

A notícia pegou a todos de surpresa, já que Lula vinha atuando de forma muito ativa em espaços políticos e partidários nos últimos meses, como fez em toda sua vida.

Morador do Bairro Santana, em Cariacica, e oriundo de família militante, era filho do ativista dos direitos humanos Isaías Santana. Lula teve trajetória destacada na luta social desde muito jovem, tendo sido líder do Fórum Estadual da Juventude Negra (Fejunes), que contribuiu para denunciar o extermínio de jovens negros no Espírito Santo e visibilizar as pautas relacionadas com a juventude capixaba.

Ele foi um dos fundadores do Círculo Palmarino e atuava também na Coalização Negra por Direitos, entidades nacionais do movimento negro, além participar do bloco AfroKizomba, principal expressão da cultura negra no carnaval de Vitória, e da escola de samba Unidos da Piedade. Liderança popular, chegou a ser candidato a vereador em Cariacica pelo PCdoB, mas nos últimos anos vinha militando ativamente no Psol, onde se configurava como uma das principais lideranças a nível estadual.

Atuou também pela Pastoral Operária e integrava atualmente a coordenação do Fórum Igreja e Sociedade em Ação, que articulava movimentos socais e Igreja Católica. Ainda era coordenador do maior cursinho popular do Espírito Santo, a Rede Afirmação, que conta com diversos núcleos na Grande Vitória, com objetivo de contribuir para inserir jovens das periferias nas universidades.

Durante a pandemia do coronavírus, a Rede Afirmação realizou campanhas de arrecadação para ajudar os estudantes em condições de vulnerabilidade e suas famílias. Além disso, Lula também contribuiu com a Frente Estadual pelo Desencarceramento no Espírito Santo, denunciando as preocupantes condições nos presídios e a necessidade de retorno às visitas dos familiares. Contribuiu, ainda, para abertura de diálogo do governo do Estado com o movimento negro capixaba, levando suas demandas para lidar com a emergência do Covid-19, que atingiu de forma mais impactante as pessoas e comunidades negras.

Parece muito cedo e repentina sua partida. Simpático e humilde, Lula Rocha era figura de sorriso fácil e escuta atenta, sempre presente tanto nas manifestações políticas como nos espaços culturais, com seu amor especial ao samba.

Vinha sendo uma das principais lideranças políticas no campo popular de sua geração, que agora começa a ganhar espaço no poder, a partir da eleição de Camila Valadão (Psol) como vereadora de Vitória.

Vale destacar sua imensa capacidade de articulação com diferentes campos da militância no Estado, como poucos - ou como ninguém. E também a didática com que explicava e denunciava as injustiças e discriminações tão presentes no cotidiano do povo negro e periférico, sendo importante referência para esses debates dos movimentos sociais e na imprensa, tendo tantas vezes contribuído com o Século Diário, a última delas nessa terça-feira (9), sobre a importância do retorno do auxílio emergencial diante da continuidade da pandemia.

Quiséramos que essa sua luta durasse mais muitos e muitos anos. Mas nem sempre tudo que queremos está a nosso alcance. Partindo tão cedo, Lula Rocha nos deixa nesse plano tendo ocupado certamente a categoria dos imprescindíveis, como dizia Brecht.

OS QUE LUTAM

Há aqueles que lutam um dia; e por isso são muito bons;

Há aqueles que lutam muitos dias; e por isso são muito bons;

Há aqueles que lutam anos; e são melhores ainda;

Porém há aqueles que lutam toda a vida; esses são os imprescindíveis.

por Bertold Brecht

Em suas redes, o Círculo Palmarino escreveu: "Lula foi para Palmares". Que esteja bem onde estiver. E que permaneça na memória como grande exemplo.

Um ato de solidariedade por seu falecimento foi convocado para esta quinta-feira, às 17h, na Praça Vermelha, em anexo à Costa Pereira, no Centro de Vitória. O velório será nesta sexta (12), a partir das 9h, no Cemitério Parque da Paz, em Cariacica. O sepultamento será às 11h.

 Lula Rocha, presente!

Veja mais notícias sobre Política.

Veja também:

 

Comentários: 3

Araujo em Quinta, 11 Fevereiro 2021 17:29

Uma perda muito sem reparação. Uma pessoa de comunhão, agregadora, articuladora de ações que visavam ao bem comum. Uma pessoa de valor inestimável. Gerar um cidadão como esse, é muito difícil, sua geração vai perder com sua falta nos espaços de lutas coletivas. Vai sempre ser lembrado, merece ser homenageado com seu nome em rua, ou outro equipamento público.

Uma perda muito sem reparação. Uma pessoa de comunhão, agregadora, articuladora de ações que visavam ao bem comum. Uma pessoa de valor inestimável. Gerar um cidadão como esse, é muito difícil, sua geração vai perder com sua falta nos espaços de lutas coletivas. Vai sempre ser lembrado, merece ser homenageado com seu nome em rua, ou outro equipamento público.
Dauri Correia da Silva em Quinta, 11 Fevereiro 2021 20:38

Atualmente Lula ocupava o cargo de Secretário de Comunicação e Formação na FAMOC.

Lula Rocha: presente!

Atualmente Lula ocupava o cargo de Secretário de Comunicação e Formação na FAMOC. Lula Rocha: presente!
André Adeodato em Sexta, 12 Fevereiro 2021 21:43

Tive o prazer de conhecer Lula Brasil, assim que eu o chamava, durante a graduação de Direito na FAESA. Pessoa de simplicidade ímpar, inteligência peculiar e solidariedade exemplar... Obrigado por ter me ensinado tanto, difícil acreditar que partiu tão cedo... Esse é o Lula que merecíamos e precisamos...

Nunca será esquecido meu irmão, Lula Brasil...

Tive o prazer de conhecer Lula Brasil, assim que eu o chamava, durante a graduação de Direito na FAESA. Pessoa de simplicidade ímpar, inteligência peculiar e solidariedade exemplar... Obrigado por ter me ensinado tanto, difícil acreditar que partiu tão cedo... Esse é o Lula que merecíamos e precisamos... Nunca será esquecido meu irmão, Lula Brasil...
Visitante
Sexta, 17 Setembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/