Dólar Comercial: R$ 5,02 • Euro: R$ 6,11
Quinta, 21 Janeiro 2021

​PCdoB analisa se pode reivindicar vaga de Madureira na Assembleia

marcosmadureira_arquivoSD Arquivo SD

O PCdoB vai se reunir nesta quarta-feira (2) para analisar se poderá reivindicar a vaga a ser ocupada por Marcos Madureira, suplente do Delegado Pazolini (Republicanos) na Assembleia Legislativa, em função da alteração nas coligações, abrindo a possibilidade de reclamar o cargo para Siegmund Berger, o segundo suplente. Marcos Madureira, conselheiro aposentado do Tribunal de Contas (TCE), foi eleito pelo PRP, que foi incorporado ao Patriota. 

A coligação que elegeu Pazolini deputado, em 2018, foi formada pelo PRP e PCdoB. Ele também era do PRP, mas saiu após a legenda obter votação insuficiente na última eleição, não atingindo a cláusula de barreira. Depois, o delegado migrou para o Republicanos.

Marcos Madureira (PRP), Eustáquio de Freitas (PSB) e Luiz Durão (PDT) serão os novos deputados estaduais a partir de e 1º de janeiro de 2021, para ocupar as vagas, respectivamente, de Pazolini, Euclério Sampaio (DEM) e Enivaldo dos Anjos (PSD). O delegado e Euclério foram eleitos em segundo turno, nesse domingo (29), para as prefeituras de Vitória e Cariacica. Já Enivaldo foi eleito prefeito no primeiro turno em Barra de São Francisco, noroeste do Estado.

A nova composição da Assembleia Legislativa para o próximo ano não deve alterar a correlação de forças com o governo do Estado, considerando que o ex-deputado Freitas é alinhado do governador Renato Casagrande, e Luiz Durão encampa bandeiras da atual gestão. Já Marcos Madureira, caso mantenha as ligações com seu grupo político, dará prosseguimento à postura de oposição de Pazolini.

Em Vitória, o Delegado Pazolini foi eleito com 58,50% (102.466 votos) contra 41,50% (72.684 votos) de João Coser, do PT, segundo os números apurados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Nesse domingo (29), deixaram de comparecer às urnas 26,14% do eleitorado. Brancos e nulos totalizaram 5,67%.

Já em Cariacica, Euclério Sampaio (DEM) recebeu 58,69% dos votos válidos (95.356 votos) contra 41,31% (67.111) de Célia Tavares (PT). A abstenção no município foi de 29,93%.

Em Barra de São Francisco, o deputado Enivaldo dos Anjos levou no primeiro turno, com 69,07% (15, 8 mil votos), superando a marca anterior de 15,3 mil votos que havia sido obtida pelo atual prefeito Alencar Marim (eleito pelo PT, hoje no Podemos), que foi apoiado pelo próprio deputado em 2016.

Veja mais notícias sobre Política.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 21 Janeiro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/

No Internet Connection