Sábado, 25 Junho 2022

Pesquisa Futura tenta legitimar prestígio de Hartung com aliados

Pesquisa Futura tenta legitimar prestígio de Hartung com aliados

A divulgação da pesquisa sobre a corrida eleitoral em Vila Velha, pelo Instituto Futura, nesse domingo (9), criou insegurança nos meios políticos. A impressão é que há uma tentativa de legitimar o prestígio político do ex-governador Paulo Hartung (pmdb) emprestado a seus aliados nas disputas por onde ele tem passado.



Essa impressão fica evidente se comparados os números da pesquisa desse fim de semana, com o levantamento realizado na semana passada pelo Instituto Enquet. No levantamento divulgado no último domingo (2), Rodney Miranda (DEM), candidato apoiado por Hartung, aparece com 16,6%. Já na pesquisa Futura desse domingo, com 25,1%. Uma diferença de nove pontos em uma semana, que não convenceu os meios políticos, até porque o sentimento no município é diferente do apresentado nos dados.



O mesmo também teria acontecido em Linhares, no norte do Estado, onde o prefeito Guerino Zanon (PMDB), que também recebeu o apoio do ex-governador, aparece com um crescimento tido como irreal pelos meios políticos locais. O deputado estadual José Carlos Elias (PTB) é um dos que vem reclamando dos números das pesquisas no município, que segundo ele, visam a diminuir seu capital no sentido de deixar a peleja entre o candidato Nozinho Correia (PDT) e o prefeito.A manobra seria no sentido de explorar possíveis fragilidades do pedetista contra a máquina, que está na mão de Zanon.



O mesmo acontece em Cachoeiro de Itapemirim, sul do Estado, onde o prefeito Carlos Casteglione (PT) recebeu o apoio de Hartung e estaria fortalecendo Casteglione contra de seu opositor, Glauber Coelho (PR), que segue na frente na corrida à prefeitura. Uma movimentação tenta mostrar que após a entrada de Hartung, o capital emprestado do governador ao prefeito teria feito o jogo virar.  O cenário é diferente do observado no município, com previsão de disputa dura entre Coelho e Casteglione. É verdade que o prefeito, que vinha de um desgaste com o eleitorado, teve um crescimento na disputa, mas o jogo no município está longe de virar em favor de Casteglione.





Para os meios políticos, os dados do Instituto Futura complicam a vida dos candidatos, afinal, influenciam na escolha do eleitor, já que incentivam o voto útil, quando o eleitor muda seu voto para o candidato que aparece na frente nas pesquisas.

Veja mais notícias sobre Política.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Domingo, 26 Junho 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/