Domingo, 14 Julho 2024

Policial federal substitui André Garcia na Secretaria de Estado de Justiça

rafael_andre_divugacao_leonardo_sa Divulgação/Leonardo Sá
Divulgação/Leonardo Sá

O subsecretário de Estado de Inteligência Prisional, policial federal Rafael Rodrigo Pacheco Salaroli, é o novo secretário de Estado da Justiça. O anúncio foi feito na tarde desta quarta-feira (31) pelo governador Renato Casagrande (PSB), logo depois de confirmada o convite, feito pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Lewandowski, ao então secretário, André Garcia, para assumir a Secretaria Nacional de Políticas Penais (Senappen).

"André Garcia será o novo secretário Nacional de Políticas Penais. Seu trabalho na Sejus foi preponderante para a indicação a um posto de tamanha relevância. Parabéns e muito sucesso, doutor André! Em seu lugar, na Secretaria de Estado da Justiça, assume o atual subsecretário de Inteligência, o agente federal Rafael Pacheco", escreveu Renato Casagrande em uma rede social.

Nascido e graduado em Pernambuco, André Garcia é mestre em Direito Processual e doutorando em Direitos e Garantias Fundamentais e integra também o Fórum Brasileiro de Segurança Pública. É procurador aposentado do Estado de Pernambuco e está no Espírito Santo desde 2009, quando veio para trabalhar na Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp), onde foi titular por duas vezes (no primeiro mandato do governador Renato Casagrande, entre 2011/2014 e no terceiro mandato do governador Paulo Hartung, entre 2015 e 2018).

A Secretaria Nacional de Políticas Penais é responsável por acompanhar e controlar a aplicação da Lei de Execução Penal e das diretrizes da Política Penitenciária Nacional. A secretaria ainda gere os presídios federais e o Fundo Penitenciário Nacional (Funpen).

Rafael Pacheco, o novo secretário de Estado de Justiça, é graduado em Direito pela Universidade de Vila Velha, especialista em Direito Penal Econômico Europeu pela Universidade de Coimbra (Portugal) e em Inteligência de Segurança Pública pela UVV. Também é mestre em Políticas Públicas e Processo pela Faculdade de Campos, no Rio de Janeiro.

Foi Policial Rodoviário Federal de 1994 a 2004 e, desde 2005, é agente de Polícia Federal, onde exerceu, entre outras funções, a de Oficial de Ligação da Polícia Federal na Guiana, de 2018 a 2020. Já atuou em todos os Estados do País e em mais de 40 países no desenvolvimento de investigações criminais. Em janeiro de 2023 assumiu a Subsecretaria de Inteligência Prisional (Subip).

Veja mais notícias sobre Política.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Segunda, 15 Julho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/