Sexta, 24 Junho 2022

Ignorado, pré-candidato ao governo do Estado contesta pesquisa eleitoral

capitaosousa_1_anasalles_ales Ana Salles/Ales

"A pesquisa Record/BigData publicada hoje [quarta, 25] boicotou deliberadamente as pré-candidaturas revolucionárias no Espírito Santo". O desabafo é do Capitão Vinícius Sousa, pré-candidato ao governo do Estado pelo PSTU, Revolução Brasileira e Polo Socialista Revolucionário, ao contestar, por meio de postagem em redes sociais, o levantamento sobre o cenário eleitoral no Estado, que ignorou seu nome e o do pré-candidato ao Senado, Filipe Skiter.

O capitão lançou sua pré-candidatura e a de Filipe Skiter no último dia 15 de abril,  em evento realizado em Jarim da Penha, em Vitória, com a participação da presidente nacional do PSTU, Vera Lúcia, pré-candidata à Presidência da República, que, apesar de ter baixo índice de aceitação, aparece em algumas pesquisas eleitorais.  

"O levantamento considerou apenas os candidatos tradicionais do sistema político", aponta o PSTU e o Capitão Sousa, que destaca: "Se o povo acredita em pesquisas? Em estatística é evidente que sim. Não dá é pra acreditar na imparcialidade dos grandes empresários da imprensa. Nas mãos desses capitalistas, vemos que as pesquisas são um instrumento de manipulação em favor de candidatos da direita e da esquerda liberal, mantendo as coisas como estão".

Para o pré-candidato do PSTU, "o que o sistema político e a grande imprensa chamam de 'polarização esquerda versus direita' é, na verdade, as duas faces de uma mesma moeda simulando uma disputa democrática. Nessa falsa democracia, os temas de interesse da classe trabalhadora não são tratados".

O Capitão Sousa qualifica como "cortinas de fumaça" os debates entre os liberais de esquerda e direita, que se limitam às falsas polêmicas, para os interesses da alta burguesia nacional e internacional. "A emancipação do povo não é posta em pauta, mas somente a cartilha entreguista do imperialismo contra nossas riquezas, recursos e direitos".

'No campo da economia, o pré-candidato diz que "não há qualquer oposição verdadeira entre os partidos da direita e da esquerda liberal, portanto, a emancipação da classe trabalhadora não se dará pelo processo eleitoral, mas pela própria organização, pela democracia popular, rumo à revolução brasileira".

"O boicote promovido pela pesquisa Record/BigData apenas expressa que, para os donos da grande imprensa, a 'democracia' não passa de um discurso. São apenas parte desse entulho lesa-pátria chamado 'sistema político', entreguista, inimigo do povo brasileiro e do nacionalismo revolucionário", enfatiza.

A pesquisa

Segundo os dados da pesquisa, o governador Renato Casagrande (PSB) lidera a corrida ao Palácio Anchieta com 44% das intenções de voto, na estimulada, quando há uma lista apresentada aos entrevistados. Em seguida, o ex-deputado federal Carlos Manato (PL) e o senador Fabiano Contarato (PT) aparecem com 12%.

O ex-prefeito da Serra, Audifax Barcelos (Rede), tem 6% das intenções, o deputado federal Felipe Rigoni (União) e o presidente da Assembleia Legislativa do Espírito Santo, Erick Musso (Republicanos), 3%, e o ex-secretário da Fazenda de Vitória, Aridelmo Teixeira (Novo), 1% dos votos.

No levantamento espontâneo, em que não é apresentada uma lista de candidatos, Casagrande aparece com 21% das intenções; Carlos Manato (PL) e Fabiano Contarato (PT) com 4% e 3%, respectivamente; e Audifax e Rigoni com 1% cada. O índice de pessoas que não sabem ou não responderam em quem vão votar ainda é alto no Estado: 53%.

Para o Senado, a pesquisa estimulada mostra o ex-prefeito de Colatina Sergio Meneguelli (Republicanos) com 22% de intenções de voto, enquanto o ex-senador Magno Malta (PL) tem 20%, e Rose de Freitas (MDB) 16%. Depois vêm o ex-secretário de Segurança Pública, Coronel Ramalho (Podemos), com 8%, o deputado federal Da Vitória (PP), 7%, e o deputado estadual Sergio Majeski (PSDB), 5%. O levantamento, neste caso, não divulgou os dados espontâneos.

Veja mais notícias sobre Política.

Veja também:

 

Comentários: 3

Edmar de Azevedo Nunes em Quinta, 26 Mai 2022 17:02

Tem que ser ignorado mesmo, tem uma carreira que tem que observar a DISCIPLINA, ORDEM, PATRIOTISMO e se rebela contra esses princípios. Quem vai dar atenção a ele, ninguém.

Tem que ser ignorado mesmo, tem uma carreira que tem que observar a DISCIPLINA, ORDEM, PATRIOTISMO e se rebela contra esses princípios. Quem vai dar atenção a ele, ninguém.
Visitante em Quinta, 26 Mai 2022 18:54

Somente esse blog que dá atenção a essa aberração!! A PMES não merece esse Ser em suas fileiras.

Somente esse blog que dá atenção a essa aberração!! A PMES não merece esse Ser em suas fileiras.
Agmarcarioca amigo do mito em Sexta, 27 Mai 2022 20:49

Sergio Meneguelli melhor politico capixaba,com pouco fez muito,esse eu conheço a 44 anos

Sergio Meneguelli melhor politico capixaba,com pouco fez muito,esse eu conheço a 44 anos
Visitante
Sexta, 24 Junho 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/