Quinta, 20 Janeiro 2022

Prefeitáveis de olho no Planejamento Estratégico do governo

A partir desta terça-feira (7), o governador Renato Casagrande reúne a equipe para o seminário de Planejamento Estratégico que vai estabelecer as diretrizes e prioridades para 2013. Do encontro sairão as áreas em que o governo do Estado vai investir no Orçamento. Em tempo de eleição municipal, os prefeitáveis vão ficar de olho nas deliberações.



Isso porque, com a redução dos recursos estabelecida pelas mudanças ocorridas no primeiro semestre deste ano, com o fim do Fundo de Desenvolvimento das Atividades Portuárias (Fundap), a redistribuição do ICMS e outras perdas fiscais, os municípios se tornarão muito dependentes dos recursos do governo.



O governador Renato Casagrande já se comprometeu em aumentar o poder de investimento nos municípios e fechar a lacuna, sobretudo estrutural dos municípios, o que interessa muito aos eleitos em outubro e que tomarão posse em janeiro, já em uma nova conjuntura política.



Em artigo publicado na última sexta-feira (3), em A Gazeta o governador falou sobre a problemática das perdas de recursos, com as mudanças em âmbito federal. “Com o nosso principal mecanismo de incentivo ao comércio internacional enfraquecido, teremos uma perda anual de pelo menos R$ 1 bilhão, somando o arrecadado pelo Estado e municípios. Para uma economia como a nossa, majoritariamente vinculada ao comércio exterior, o prejuízo é irreparável”, disse.



Casagrande reafirmou, porém, o projeto do governo de descentralizar o crescimento do Estado, investindo nos municípios. “Nos próximos dias, lançaremos o Programa Estadual de Desenvolvimento Sustentável – Proedes - e, graças ao ambiente de equilíbrio institucional e econômico que consolidamos no Espírito Santo, já temos anunciados investimentos de mais de R$ 100 bilhões em novos projetos públicos e privados”, afirmou.



Para esta terça estão previstas duas palestras. A primeira, com o tema “Conjuntura Econômica”, que será ministrada pelo editor executivo do jornal Valor Econômico, Cristiano Romero. A segunda tem como tema “Liderança para os desafios da sustentabilidade”, ministrada pelo professor da Fundação Dom Cabral, Cláudio Boechat.

 

Mas o interesse da classe política está voltada mesmo para as atividades desta quarta-feira (8), quando secretários, subsecretários e presidentes de autarquias se dividirão em grupos, representando os comitês estratégicos do governo, para fazer uma reflexão das prioridades do Espírito Santo.




 

Veja mais notícias sobre Política.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 20 Janeiro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/