Segunda, 15 Agosto 2022

PSB condiciona apoio a Lula em troca de alinhamento à reeleição de Casagrande

casagrande_leonardo_sa-1 Leonardo Sá

O apoio do PT estadual à reeleição do governador Renato Casagrande (PSB) está entre os temas das conversas desenvolvidas entre as cúpulas do PSB e do PT, que incluem a filiação do ex-governador paulista Geraldo Alckimin, de saída do PSDB e apontado com o provável vice na chapa presidencial de Lula, para desagrado da esquerda mais autêntica e de uma parcela de petistas. Renato Casagrande  ainda não se declarou candidato, mas é apontado como conorrentre natural em 2022 

Na noite dessa quarta-feira (17), informa a imprensa de circulação nacional, o assunto foi tratado em reunião entre os dirigentes da sigla, com a participação de Casagrande, para debater o apoio aos candidatos dos governos do Espírito Santo, São Paulo, Rio Grande do Sul, Pernambuco, Acre e Rio de Janeiro.

No Espírito Santo, a direção do PT permanece em silêncio sobre o assunto, apesar de sua relevância. Nos bastidores, correntes internas rejeitam a abertura para filiação de Geraldo Alckmin ao PSB e defendem uma candidatura própria no Estado.

A presidente do PT no Estado, Jackeline Rocha, é o nome apontado, mas já afirmou estar à disposição do partido, preferindo concorrer à Assembleia Legislativa, até mesmo porque não possui densidade eleitoral para disputar o governo.

As outras lideranças petistas  no Estado, o deputado federal Helder Salomão, a deputada estadual Iriny Rocha e o ex-prefeito de Vitória João Coser, cuidam cada um de seus projetos. Helder e Iriny buscam a reeleição e João Coser quer se eleger para a Assembleia, mas é cotado também à Câmara  dos Deputados.

Apesar desse cenário, parte do partido, segundo o mercado, não esboçaria resistência em apoiar Casagrande. No entanto, há correntes alinhadas ao lado do senador Fabiano Contarato (Rede), que já manifestou simpatia em se filiar ao PSB, mas encontra barreira na candidatura à reeleição do atual governador, o que impede seu projeto de chegar ao Palácio Anchieta, conforme ele mesmo já afirmou.

Articulações

No campo da direita, as articulações apontam Carlos Manato já com a filiação acertada com o PTB, mas ainda em suspenso, à espera da definição do presidente Bolsonaro, que, depois de muitos xingamentos com presidente do PL, Valdemar Costa Neto, deve se filiar ao partido. No Estado, o PL é comandado pelo ex-senador Magno Malta, que trabalha para retornar ao cargo e conta com prestígio junto ao presidente, que inclusive o levou para os Emirados Árabes, nessa viagem sem muitas justificativas, encerrada neste fim de semana.

"Eu só vou me posicionar depois da filiação dele, fico muito honrado de o PTB reinterar o convite, mas há dois anos estou esperando o presidente. Vou aguardar mais um pouco", disse Manato.

Já o ex-prefeito da Serra Audífax Barcelos (Rede) prossegue suas investidas pelo interior do Estado, mantendo contatos com prefeitos e vereadores. Nesta semana, ele visitou São Mateus, Boa Esperança, João Neiva e Jaguaré.

Veja mais notícias sobre Política.

Veja também:

 

Comentários: 6

ESIO JOSE BASSETTI CAVALCANTE em Sexta, 19 Novembro 2021 16:47

Sem comentários dessa matéria, todos farinha mesmo saco, podridão pura, o Brasil não precisa dessa gentalha.

Sem comentários dessa matéria, todos farinha mesmo saco, podridão pura, o Brasil não precisa dessa gentalha.
Pedrinho do banco em Sexta, 19 Novembro 2021 17:24
Agmarcarioca amigo do mito em Sábado, 20 Novembro 2021 16:24

Se o Sergio Meneguelli vier candidato todos que tem profisao de politico vao para o saco, Sergio Meneguelli melhor politico do estado com pouco fez muito

Se o Sergio Meneguelli vier candidato todos que tem profisao de politico vao para o saco, Sergio Meneguelli melhor politico do estado com pouco fez muito
Seu Madruga em Domingo, 21 Novembro 2021 12:34

Que apoia ou quer apoio dessa quadrilha chamada PT se torna conivente com a corrupção dessa corja. Esse Luladrão, junto com seu quadrilheiro mor, José Dirceu e seus asseclas, tornaram o país uma cleptocracia e ainda recebem os afagos de uma “justiça” conivente.

Que apoia ou quer apoio dessa quadrilha chamada PT se torna conivente com a corrupção dessa corja. Esse Luladrão, junto com seu quadrilheiro mor, José Dirceu e seus asseclas, tornaram o país uma cleptocracia e ainda recebem os afagos de uma “justiça” conivente.
Visitante II em Segunda, 22 Novembro 2021 08:15

Uma população honesta de caráter jamais quer de volta a turma esquerdista, nunca mais. Enfim todos estão em busca de um país melhor, jamais a ditadura.

Uma população honesta de caráter jamais quer de volta a turma esquerdista, nunca mais. Enfim todos estão em busca de um país melhor, jamais a ditadura.
ALAN JONES OLISZESKI DE LIMA em Quinta, 13 Janeiro 2022 08:08

ALAN JONES OLISZESKI DE LIMA APOIA A GESTÃO BOLSONARO EM QUASE 100 %.

ALAN JONES OLISZESKI DE LIMA APOIA A GESTÃO BOLSONARO EM QUASE 100 %.
Visitante
Segunda, 15 Agosto 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/