Quinta, 11 Agosto 2022

PSB cresce em quantidade e o PPS em força política no ES

PSB cresce em quantidade e o PPS em força política no ES

Dentre as vitórias mais expressivas na disputa eleitoral deste ano, ganhou destaque nos meios políticos o desempenho do PSB, partido do governador Renato Casagrande, que venceu em 22 municípios do Estado, e do PPS, que tem nomes no segundo turno em importantes colégios eleitorais do Estado: na Capital, com o deputado Luciano Rezende (PPS), e em Cariacica, com o vice-prefeito Geraldo Luzia, o Juninho.



O presidente regional do PSB, Macaciel Breda, comemorou o resultado do partido nas eleições deste ano, comparando com o desempenho de 2008. Na eleição passada, o partido elegeu 13 prefeitos e ao longo das gestões conseguiu aumentar este número para 16.



Na eleição deste ano, o partido conseguiu 22 prefeituras – embora o resultado de Guarapari esteja sub judice – e também emplacou 10 vice-prefeitos até o momento, já que também disputa em Vila Velha na chapa de Neucimar Fraga (PR).



O PSB também aumentou sua participação nas Câmaras municipais. Em 2008 foram 83 vereadores em 49 municípios. Este ano foram 90 legisladores em 54 municípios. Entre os destaques da disputa está a inserção na Grande Vitória, com a eleição de Audifax Barcelos, no município da Serra, o mais populoso do Estado.



Outros dois municípios importantes conquistados nesta eleição foram a reeleição de Amadeu Boroto, em São Mateus, e a vitória em Nova Venécia, um município médio, com Barrigueira Lubiana.



Força política



Além do PSB, outro partido que teve um desempenho elogiado nos meios políticos foi o PPS. Se os socialistas impressionaram pela quantidade de prefeitos, o PPS impressionou pelo poder de aglomeração de suas duas principais lideranças no Estado.



O presidente do partido, Luciano Rezende, disputa o segundo turno da eleição na Capital e com um diferencial: chegou em primeiro, quando a expectativa do adversário, Luiz Paulo Vellozo Lucas (PSDB), era a de vencer a disputa no primeiro turno.



O partido também vai disputar o segundo turno em Cariacica, com o vice-prefeito Juninho. No município, o cenário começou com uma vantagem para o deputado estadual Marcelo Santos (PMDB), com quem Juninho vai disputar o segundo turno, mas as ruas apontaram um desempenho do candidato do PPS, diferente do especulado nos meios políticos locais, e o vice-prefeito terminou a disputa do primeiro turno na frente.



O que PSDB e PPS têm em comum no Estado é o fato de serem partidos pequenos do ponto de vista da penetração política. Caso Luciano e Juninho vençam os segundos turnos das eleições, ambos terão de adotar a mesma estratégia do governador Renato Casagrande, de formar um grande arco de alianças para garantir suas governabilidades.

Veja mais notícias sobre Política.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 11 Agosto 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/