Dólar Comercial: R$ 5,31 • Euro: R$ 6,29
Quarta, 25 Novembro 2020

​PSDB concorre em 21 municípios, com risco de ficar de fora nos maiores

neuzinhaoliveira_psdb PSDB

Vitória e Serra são os dois maiores municípios onde o PSDB, em queda desde a eleição de 2018, apresenta tendência de ficar fora do segundo turno nas eleições para prefeito, segundo o resultado de pesquisas eleitorais e estimativas de lideranças políticas. O cenário atual é o prosseguimento da crise que começou em 2017, na fase pré-eleitoral, quando o então governador Paulo Hartung, ainda no PMDB, hoje MDB, desistiu da reeleição. 

Em consequência, o partido perdeu vários quadros importantes, restando poucas lideranças ainda atuantes, entrando em uma fase de decadência, registrada nas últimas eleições, com a derrota do então vice-governador César Colnago, que concorria a uma vaga na Câmara Federal, e do senador Ricardo Ferraço, na época candidato à reeleição. Na disputa municipal de 15 de novembro próximo, o partido concorre em 19 do 78 municípios capixabas.

Restam ainda algumas lideranças, entre eles o prefeito de Vila Velha, segundo maior colégio eleitoral do Estado, Max Filho, candidato à reeleição. Ele disputa palmo a palmo com o ex-prefeito Neucimar Fraga, do PSD, de acordo com pesquisas já divulgadas. 

Na Serra, o deputado estadual Vandinho Leite, também presidente do partido no Espírito Santo, segue na campanha com 15,44%, um distanciamento significativo em relação ao primeiro colocado, o ex-prefeito e deputado federal Sérgio Vidigal (PDT), que aparece com 41,1% , segundo a pesquisa Enquete/Tempo Novo, divulgada nesta quinta-feira (29). Vandinho vem atrás dos que não souberam responder ou não quiseram opinar, que alcançam 19,33%.

Em Vitória, a vereadora em quinto mandato Neuzinha de Oliveira, que desbancou a candidatura do ex-prefeito Luiz Paulo Vellozo Lucas, como já era esperado, não consegue ultrapassar o quarto lugar, com 6% das intenções de votos, atrás de João Coser (PT), Fabrício Gandini (Cidadania) e Lorenzo Pazolini (Republicanos).

Nos outros municípios fora da área metropolitana, o PSDB pode obter vitória em São Mateus, com o prefeito Daniel da Açaí, e em Guarapari, considerando a dianteira em que se encontra o também prefeito Edson Magalhães, que aparece mais uma vez na liderança da pesquisa Futura/Rede Vitória de intenção de voto do município, com 33,8% na menção estimulada de voto.

Já no sul do Estado, o quadro não é muito animador. O candidato ao PSDB à prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim, Dr. Izaias Júnior, marca um dos últimos lugares na disputa, que deve reeleger o atual prefeito, Victor Coelho, do PSB.

O partido tem candidatos a prefeito também nos seguintes municípios: Água Doce do Norte, com Wanderson Transportes; Castelo, com Domingos Francaroli; Domingos Martins, com Edu do Restaurante; Dores do Rio Preto, com Cláudia Bastos; Ecoporanga, com Jefin da Sondagem; Fundão, com Carlos Magno; Ibatiba, com Simião; Ibiraçu, com Tião Mattiuzzi;  Itarana, com Nego; Marilândia, com Cima Fuba; Mimoso do Sol, com Rodrigo Pires; Piúma, com Samuel Zuqui; São José do Calçado, com Teté; São Roque do Canaã, com Marcos Guerra; e Vila Valério, com Dedé.

Veja mais notícias sobre Política.

Veja também:

 

Comentários: 1

Araujo em Domingo, 01 Novembro 2020 18:27

Trocar Luiz Paulo por Neuzinha, com todo o respeito que a candidata merece, até quem nāo entende de politica tem a noção que trocaram um puro sangue por um pangaré, e esperar ter outro resultado que não uma derrota dantesca.

Trocar Luiz Paulo por Neuzinha, com todo o respeito que a candidata merece, até quem nāo entende de politica tem a noção que trocaram um puro sangue por um pangaré, e esperar ter outro resultado que não uma derrota dantesca.
Visitante
Quarta, 25 Novembro 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/

No Internet Connection