Dólar Comercial: R$ 5,76 • Euro: R$ 6,79
Sexta, 23 Abril 2021

Psol condena fake news em Santa Maria de Jetibá

dettmann_bolsonaro_facebook Facebook
Às vésperas das eleições, o Partido Socialismo e Liberdade (Psol) denunciou em nota pública a difusão de notícias falsas em Santa Maria de Jetibá, região serrana do Estado, pelo empresário Roberval Sthur, apoiador do candidato Hans Dettman Júnior (Patri). Nas redes sociais, o empresário acusou um funcionário dos Correios de "panfletar" em horário de trabalho. O Psol explicou em nota que o material estava sendo distribuído via mala direta, um serviço legal e contratado, previsto pela lei eleitoral, e o carteiro apenas cumpria seu trabalho.

"Extrema esquerda continua fazendo corrupção. Funcionário público em horário de trabalho panfletando", disse o post do empresário que apoia o candidato bolsonarista que foi derrotado há quatro anos na disputa pelo executivo municipal por Hilário Hoepke (PSB), o Gatinha, que disputa a reeleição em novo duelo com Dettmann, tendo o Psol correndo por fora na disputa, na chapa que tem à frente o agricultor familiar Jorge Zatta.

Facebook

"O Psol esclarece que os materiais foram postados nos Correios, por meio de mala direta, como forma de permitir que os eleitores e eleitoras de Santa Maria de Jetibá pudessem ter acesso às propostas de nossos candidatos recebendo-as em suas residências. Essa iniciativa se fez necessária em um contexto de pandemia da Covid-19, no qual é preciso praticar ao máximo o isolamento, evitar aglomerações e visitas às casas das pessoas", disse em o partido, que ainda manifestou solidariedade ao carteiro, que teve sua imagem exposta e sofreu calúnia quando cumpria corretamente sua atribuição profissional.

"Vale salientar que calúnia é crime previsto no artigo 138 do Código Penal, e que, se a pessoa tiver ligação com a algum candidato, ela também está ferindo o Código Eleitoral", disse o Psol. O partido vai entrar com representação para noticiar o crime de calúnia e pedido de danos morais pela divulgação da imagem dos candidatos do partido junto à notícia falsa que atribui a eles crimes.

Diante da repercussão, Roberval Sthur apagou a publicação, mas o Psol vai pedir na Justiça que haja retratação do autor da postagem, como forma de afastar a imagem negativa gerada sobre os candidatos expostos no post.

Veja mais notícias sobre Política.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sexta, 23 Abril 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/

No Internet Connection