Dólar Comercial: R$ 5,76 • Euro: R$ 6,79
Sábado, 10 Abril 2021

Sérgio Vidigal vota como favorito na Serra

sergio_vidigal_votacao_divulgacao Divulgação

Município mais populoso e maior colégio eleitoral do Espírito Santo, a Serra foi às urnas nestes domingo (29) numa nova disputa entre os projetos que comandam a cidade há 24 anos. De um lado, o vereador Fábio Duarte (Rede), com apoio do atual prefeito Audifax Barcelos (Rede), e de outro o ex-prefeito e deputado federal Sérgio Vidigal (PDT), que lidera as expectativas de votos.

A última pesquisa do Ibope/Rede Gazeta, divulgada na sexta-feira (27), aponta que o ex-prefeito liderava a intenção de votos com 62% dos votos válidos, contra 38% de seu adversário. Em situação aparentemente adversa, Fábio Duarte questionou em sua última fala pública nesse sábado os resultados dos institutos de pesquisa e disse que "a população está decidindo pela própria cabeça".

Segundo ele, "os institutos de pesquisa falharam, as pesquisas me tiraram da disputa. O Ibope disse até que não haveria segundo turno. Está claro pra mim que a Serra quer debater melhor o seu futuro. A minha mensagem chegou a uma boa parcela da população. A Serra está pronta para dar um grande salto para o futuro, voltar ao passado seria um grande retrocesso", afirmou em suas redes. Fábio Duarte votou pela manhã na Escola Estadual Judith Leão Castello Ribeiro, em Pitanga.

Vidigal votou perto das 10h em Laranjeiras, na Escola Municipal Professora Maria Istela Modenesi, e também comentou a vantagem indicada pelos institutos. "Eu respeito as pesquisas, mas quero respeitar acima de tudo a decisão da população. A expectativa é positiva, mas vamos aguardar o que as urnas vão revelar. Se eu for eleito, vou trabalhar em prol da minha cidade, pois essa é minha maior determinação.", afirmou.

No primeiro turno, Vidigal esteve a menos de 3% dos votos para vencer, alcançando 47,46% do total, e Fábio Duarte conseguiu 19,39%, garantindo a vaga ao superar o deputado estadual Vandinho Leite (PSDB), que obteve 16,87% e ficou em terceiro lugar.

Dentre os adversários derrotados no primeiro turno, Vandinho declarou neutralidade e não apoiou nenhum dos candidatos, assim como o também deputado estadual Bruno Lamas (PSB), que ficou em quinto lugar com 5,13% dos votos.

A candidatura de Sérgio Vidigal ganhou apoio de outros candidatos, como do deputado estadual Alexandre Chambinho (PL), ex-aliado de Audifax, que teve 5,65%, que lhe deu a quarta colocação, e Luciana Malini (PP), que teve 1,68%. Fábio Duarte teve apoio do candidato Delegado Federal Márcio (MDB), penúltimo colocado, com 1,18%.

Sérgio Vidigal foi prefeito da Serra por três mandatos. Os dois primeiros entre 1997 e 2003, elegendo seu sucessor Audifax Barcelos, que também era do PDT. Os dois romperam a relação política e Vidigal voltou a comandar a prefeitura entre 2009 e 2012. Nas duas eleições seguintes, entre 2012 e 2016, se enfrentaram diretamente nas urnas com duas vitórias de Audifax, primeiro pelo PSB e depois pela Rede. Fábio Duarte também foi aliado e apoiador de Sérgio Vidigal até 2016, quando se reelegeu vereador pelo PDT. Mas durante o mandato passou a apoiar o atual prefeito e se filiou à Rede.

Veja mais notícias sobre Política.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sábado, 10 Abril 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/

No Internet Connection