Sexta, 21 Junho 2024

Venda Nova do Imigrante tem sete pré-candidatos a prefeito

paulinho_minetti_vendanova_divulgacao Divulgação/PMVI
Divulgação/PMVI

Em Venda Nova do Imigrante, município da região serrana do Estado, pelo menos sete nomes têm sido apontados como pré-candidatos a prefeito nas eleições de outubro deste ano: Dalton Perim (Republicanos), Rafael Monteiro (PL), Pimenta (PP), Chico Foletto (PSB), Dr. Erivelto Uliana (PSD), João Araújo (Psol) e Paulinho Minetti (PP) – este último, o atual prefeito, que ainda está em dúvida se poderá ou não se candidatar à reeleição.

Minetti era vice-prefeito em 2019, quando assumiu a prefeitura após o falecimento do então prefeito, Braz Delupupo (DEM). Em 2020, elegeu-se para um novo mandato. Agora, aguarda o Supremo Tribunal Federal (STF) julgar o caso do ex-prefeito de Cachoeira dos Índios (PB), Allan Seixas de Souza, semelhante ao seu e que terá repercussão geral.

Caso consiga se candidatar, Paulinho Minetti terá boas chances de se eleger, segundo avaliação de fontes ligadas aos meios políticos locais. Em 2020, ganhou com 32,88%, muito por conta do apoio dado pelos servidores públicos de Venda Nova.

Naquele pleito, Dalton Perim ficou em segundo lugar, com 29,73% dos votos. Dalton foi prefeito de Venda Nova por dois mandatos consecutivos, de 2009 a 2016, e também presidiu a Associação dos Municípios do Espírito Santo (Amunes) e a Associação do Hospital Padre Máximo.

Com histórico no Movimento Democrático Brasileiro (MDB), Dalton Perim migrou para o Republicanos em meio à crise do MDB no Estado. Oficializou sua nova pré-candidatura a prefeito no último mês de março, ao lado do presidente do Republicanos capixaba, o ex-deputado estadual Erick Musso.

Outro pré-candidato a prefeito é o bolsonarista Rafael Monteiro, que também concorreu na disputa majoritária de 2020 e ficou em quarto lugar, com 16,37%. Psicólogo forense do Tribunal de Justiça do Estado (TJES), ele foi candidato a deputado federal em 2018 e a deputado estadual em 2022 – nesse último pleito, foi o terceiro mais votado de Venda Nova e ficou como suplente. Nas eleições de outubro deste ano, deverá representar novamente a extrema direita num município que deu 74% dos votos ao ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) em 2022.

Também é apontado como pré-candidato Pimenta, que está no mesmo partido do atual prefeito, é agricultor e foi vereador por três mandatos. Em 2020, ficou em terceiro lugar na eleição para prefeito, com 18,77% dos votos. Em 2022, se candidatou a deputado estadual, ficando como suplente – foi o mais votado para o cargo em Venda Nova.

Da atual legislatura da Câmara de Vereadores, aparecem dois nomes especulados para a disputa majoritária: o empresário Chico Foletto, que está em seu quarto mandato parlamentar, e Dr. Erivelto Uliana, presidente da Câmara e o mais votado nas eleições de 2020.

Já a esquerda tem como pré-candidato a prefeito em Venda Nova João Araújo, engenheiro agrônomo aposentado pelo Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper). O município é um dos redutos da ex-deputada estadual Brice Bragato, uma das principais lideranças do Partido Socialismo e Liberdade (Psol) no Espírito Santo.

Veja mais notícias sobre Política.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sexta, 21 Junho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/