Dólar Comercial: R$ 5,76 • Euro: R$ 6,79
Sexta, 16 Abril 2021

Vitória renova dois terços da Câmara de Vereadores

denninho_camila_montagem Montagem/ Redes Sociais
A Câmara de Vitória terá uma nova configuração na próxima legislatura. Da atual configuração, apenas 5 dos 15 vereadores foram reeleitos: Denninho Silva (Cidadania), Davi Esmael (PSD), Luiz Emanuel (Cidadania), Luiz Paulo Amorim (PV) e Dalto Neves (PDT). 

Denninho, que tem como base eleitoral os bairros da região de Goiabeiras, foi o mais votado, com 7.231 votos, seguido por Camila Valadão (Psol), com 5.625, primeira de seu partido a ser eleita no Espírito Santo. No campo da esquerda, o PT elegeu Karla Coser, filha do ex-prefeito João Coser (PT), que disputa o segundo turno na Capital com Lorenzo Pazolini (Republicanos). Karla, assim como Armandinho Fontoura (Podemos), de direita, foi formada no curso do Renova BR.

O bolsonarismo terá como representante principal o agente federal Gilvan Patriora (Patriota), eleito pela primeira vez. Outros nomes que estreiam no parlamento são o administrador e gestor público Anderson Goggi e André Brandino (PSC), empreendedor no ramo de reciclagem de resíduos sólidos e liderança comunitária no bairro Santo André.

Apesar da grande renovação, três ex-vereadores retornam para a Câmara: Maurício Leite (Cidadania) e Aloísio Varejão (PSB), e o ex-jogador de futebol de areia Duda Brasil (PSL), que não foi eleito mas chegou a assumir vaga na Câmara em 2017, como suplente.

O atual partido do prefeito Luciano Rezende, que não conseguiu eleger seu candidato Fabrício Gandini (Cidadania) para o segundo turno, foi o único a fazer três cadeiras na Casa. 

Da atual legislatura, seis vereadores concorreram e não se reelegeram. O atual presidente do legislativo, Cleber Felix (DEM), e Vinícius Simões (Cidadania), Roberto Martins (Rede), Sandro Parrini (DEM), Anderson Marinho (PSC) e Leonil (Cidadania)

Outros quatro vereadores atuais não concorreram à reeleição: Mazinho dos Anjos (PSD) e Neuzinha (PSDB) foram derrotados na disputa para prefeito, Nathan (PSL) foi candidato a vice de Gandini (Cidadania), também derrotado, e Max da Mata (Avante), que também trabalhou na campanha de Gandini e já havia anunciado atuar em outra área ao final do mandato.

Veja mais notícias sobre Política.

Veja também:

 

Comentários: 1

Rodrigo Souza em Segunda, 16 Novembro 2020 00:56

Agente Penitenciário Gilvan Patriota???? Ele é Policial Federal. O tal do "jornalista" Vitor Taveira está bem informado hein

Agente Penitenciário Gilvan Patriota???? Ele é Policial Federal. O tal do "jornalista" Vitor Taveira está bem informado hein
Visitante
Sábado, 17 Abril 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/

No Internet Connection