Segunda, 15 Agosto 2022

Mais de 500 adolescentes estão com esquema vacinal atrasado no Estado

vacina_adolescentes_cristinerochol_pmpa Prefeitura de Porto Alegre

O secretário estadual de Saúde, Nésio Fernandes, informou em entrevista coletiva nesta terça-feira (7), que 512 adolescentes estão com o esquema vacinal contra Covid-19 atrasado. Entretanto, o número é considerado baixo, sendo a imunização dessa faixa etária - 12 a 17 anos - considerada bem sucedida pelo gestor. Ao todo, 115 mil adolescentes estão aptos para tomar a segunda dose da Pfizer.

"A vacinação dos adolescentes no Espírito Santo demonstra uma adesão da família capixaba, da população, da juventude, na opção pela ciência, na aposta pela vacinação", disse o secretário. Um dos desafios, de acordo com ele, é atingir 95% da cobertura vacinal desse público. Para isso, o gestor recomenda aos municípios aumentar as estratégias de imunização junto a essa faixa etária.

Atrasos não são bem-vindos diante da variante Ômicron, "que não se conhece muito", defendeu Nésio. Ele destacou, porém, que o Espírito Santo já enfrentou outras variantes em contextos diferentes, sem ampla cobertura vacinal, como no caso da P1, e com ampla cobertura, a exemplo da Delta. "Resistimos à Delta por causa da ampla cobertura vacinal", salientou.

No que diz respeito à dose de reforço para os idosos, o secretário informou que houve avanço, mas um desaceleramento se comparado ao mês de setembro deste ano. Se o ritmo tivesse sido mantido, quase todas microrregiões capixabas já estariam em risco muito baixo para Covid-19, como aponta.

De acordo com Nésio, mais de 95% dos adultos no Espírito Santo já estão vacinados com a primeira dose contra a Covid-19 e cerca de 80% com a segunda dose.

O subsecretário de Vigilância em Saúde, Luiz Carlos Reblin acrescentou que há uma redução de 10% no número de internações de um dia para o outro e que o Ministério da Saúde irá enviar para o Espírito Santo cerca de 10 mil doses da vacina Janssen, mas sem previsão de data. Ele destaca que estudos recomendam a segunda dose desse imunizante, sendo que, no caso de gestantes e puérperas, o esquema vacinal será com a Pfizer. 

Veja mais notícias sobre Saúde.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 16 Agosto 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/