Dólar Comercial: R$ 5,76 • Euro: R$ 6,79
Sábado, 10 Abril 2021

Cidades-polo de Colatina, Linhares, São Mateus e Nova Venécia seguem em vermelho

cidade_linhares_felipe_reis_pml Felipe Reis/PML

Cidades-polo do norte e noroeste capixaba, Colatina, Linhares, São Mateus e Nova Venécia estão em vermelho, segundo o 19º Mapa de Risco Covid-19, divulgado neste sábado (22) pelo governo do Estado. Com vigência entre a próxima segunda-feira (24) e o domingo (30), o mapa tem, ao todo, 11 municípios em risco alto, 45 estão em risco moderado e 22 em risco baixo. 

Nesta atualização, os municípios que elevaram o risco de moderado para alto foram: Águia Branca, Barra de São Francisco, Itapemirim, Linhares, Santa Maria de Jetibá, Vila Valério. 

Também elevaram o risco, mas de baixo para moderado: Apiacá e Itarana.

Os que reduziram o risco foram: Alfredo Chaves, Anchieta, Marataízes, Pedro Canário, que passaram de alto para moderado; e Alegre, Aracruz, Atílio Vivacqua, Domingos Martins, Fundão, Muqui, Pancas e São José do Calçado, que reduziram de moderado para baixo. 

As mudanças configuram a seguinte classificação geral:

Risco alto: Águia Branca, Barra de São Francisco, Colatina, Ecoporanga, Itapemirim, Linhares, Mucurici, Nova Venécia, Santa Maria de Jetibá, São Mateus e Vila Valério.

Risco moderado: Afonso Cláudio, Alfredo Chaves, Alto Rio Novo, Anchieta, Apiacá, Baixo Guandu, Bom Jesus do Norte, Cariacica, Castelo, Conceição da Barra, Conceição do Castelo, Dores do Rio Preto, Governador Lindenberg, Guaçuí, Guarapari, Ibatiba, Ibiraçu, Ibitirama, Iconha, Itarana, João Neiva, Laranja da Terra, Mantenópolis, Marataízes, Marechal Floriano, Mimoso do Sul, Montanha, Pedro Canário, Pinheiros, Piúma, Ponto Belo, Presidente Kennedy, Rio Bananal, Santa Leopoldina, Santa Teresa, São Domingos do Norte, São Gabriel da Palha, São Roque do Canaã, Serra, Sooretama, Vargem Alta, Venda Nova do Imigrante, Viana, Vila Velha e Vitória.

Risco baixo: Água Doce do Norte, Alegre, Aracruz, Atílio Vivacqua, Boa Esperança, Brejetuba, Cachoeiro de Itapemirim, Divino de São Lourenço, Domingos Martins, Fundão, Irupi, Itaguaçu, Iúna, Jaguaré, Jerônimo Monteiro, Marilândia, Muniz Freire, Muqui, Pancas, Rio Novo do Sul, São José do Calçado e Vila Pavão.

A estratégia de mapeamento de risco teve início no dia 20 de abril, levando em consideração o coeficiente de incidência da doença. No dia 04 de maio, o Mapa de Risco passou a contar a taxa de ocupação dos leitos de UTI. No dia 18 de maio, a Matriz de Risco Ampliada entrou na terceira fase com a inserção da taxa de letalidade, do índice de isolamento social e a porcentagem da população acima dos 60 anos – considerado como grupo de risco. A nova Matriz de Risco Ajustada entrou em vigor no último dia 13, permitindo que todas as cidades capixabas fossem classificadas de forma individual, sem influência do grau de risco dos municípios vizinhos.

Veja mais notícias sobre Saúde.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sábado, 10 Abril 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/

No Internet Connection