Sexta, 24 Setembro 2021

Gestantes poderão ser imunizadas com vacinas de fabricantes diferentes

negra_gravidez_abrasco Abrasco

Será publicada nesta terça-feira (27), a resolução da Comissão Intergestora Bipartite que autoriza a aplicação de doses de vacina contra Covid-19 de fabricantes diferentes em gestantes. Em relação à população em geral, destaca o secretário estadual de Saúde, Nésio Fernandes, "está mantida a disciplina, o protocolo de começar e terminar o esquema vacinal com o mesmo fabricante, o mesmo imunizante".

A decisão de aplicar imunizantes heterólogos, segundo o gestor, se deu por causa de "questões adversas das vacinas de vetor que ainda estão sendo estudadas". O uso da AstraZeneca (Oxford/Fiocruz) em grávidas foi suspenso em maio, após caso registrado no Rio de Janeiro.

Nésio afirma que um pouco mais de 3 mil gestantes que tomaram a primeira dose da AstraZeneca, além de um grupo de mulheres que ainda não estavam grávidas quando receberam a primeira dose, serão vacinadas com Pfizer na segunda dose.

Ele alertou que as pessoas que ainda não tomaram a segunda dose da vacina contra a Covid-19 devem buscar a imunização para "garantir maior eficácia" e que é preciso avançar na cobertura de vacinação, aplicando a segunda dose "no melhor prazo possível". "Entendemos que toda antecipação de prazo da D1 e da D2 que comprometa o avanço do esquema vacinal de forma ampla prejudica a estratégia de combate à pandemia no país", diz.

Além disso, Nésio destaca, que, embora a pessoa esteja imunizada com as ambas as doses e siga os protocolos sanitários, como utilização de máscara, álcool em gel e não circulação em espaços de aglomeração, "é preciso não menosprezar sintomas respiratórios".

O secretário informou que 50% da população capixaba já está imunizada com a primeira dose, incluindo a da Jansen, que é de dose única. "No entanto, isso quer dizer também que 50% estão sem nenhuma proteção das vacinas disponíveis", diz, salientando que a queda do número de óbitos será possibilitada somente com vacinação rápida, testagem em massa, uso de máscara e outros protocolos.

Veja mais notícias sobre Saúde.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sexta, 24 Setembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/