Dólar Comercial: R$ 5,76 • Euro: R$ 6,79
Sábado, 10 Abril 2021

Viana é o primeiro município do Estado a vacinar idosos entre 78 e 82 anos

viana_vacinacao_CreditosPrefeituraDeViana Prefeitura de Viana

Idosos de 78 a 82 anos, que são cerca de 700 pessoas no município de Viana, começaram a ser imunizados contra a Covid-19 nesta quinta-feira (25). A aplicação da primeira dose do imunizante deste grupo será feita em domicílio, conforme a estratégia de vacinação definida pela gestão de Wanderson Bueno (Podemos). O município é o primeiro a imunizar essa faixa etária no Estado.

Serão utilizadas inicialmente para vacinação do novo público, 440 doses da vacina AstraZeneca, que chegarão ao município, segundo a prefeitura, nesta quinta. Elas fazem parte do lote que chegou ao Espírito Santo nessa quarta-feira (24), com 61 mil vacinas. Além da AstraZeneca/Oxford, o lote contém também a CoronaVac, do Instituto Butantan.

Contudo, a secretária de Saúde de Viana, Jaqueline Jubini, explica que por já estar em estágio avançado de vacinação, o município optou por ampliar a imunização deste novo público com a reserva técnica. "Nossa intenção é promover um bloqueio nas regiões de maior população da cidade, onde estão concentrados mais casos da doença. Com essa estratégia, o município tem a expectativa de redução de casos", explicou.

A prefeitura aponta que, até agora, já foram disponibilizadas 2.768 doses para a imunização do público prioritário no município. O cenário inclui imunização com duas doses de 100% dos idosos acima de 60 anos institucionalizados, pessoas com deficiências em residência inclusiva e funcionários das instituições de longa permanência.

Os idosos de 83 a 89 anos começaram a ser imunizados no último sábado (20), durante o mutirão de vacinação promovido pela Secretaria de Saúde municipal. Cerca de 90% deste público, ou seja, 475 de 523 idosos, já receberam a primeira dose da vacina. 

Destino da nova remessa

Para a nova remessa que chegou nessa quarta-feira, o Ministério da Saúde, por meio do Programa Nacional de Imunização, definiu o envio de doses para completar a imunização de 100% dos idosos de 85 a 89 anos, mais 24% da população de 80 a 84 anos, e 8% para trabalhadores da saúde. O quantitativo enviado obedece a critérios de proporcionalidade das populações dos grupos prioritários.

Para o esquema de aplicação, o Estado seguirá a orientação do Ministério da Saúde de uso de todas as primeiras doses da AstraZeneca/Oxford, com a garantia de envio da segunda dose posteriormente, uma vez que tem intervalo de 12 semanas. Já em relação à segunda dose da Coronavac, também seguindo orientação, as doses serão guardadas para aplicação em intervalo de até quatro semanas.

Para as próximas remessas, a Secretaria de Estado da Saúde afirma aguardar a confirmação da data e do quantitativo de doses por parte do Ministério da Saúde.

Segundo informações do governo do Estado, o Espírito Santo apresenta 81% da população de trabalhadores da saúde imunizada e antecipou, desde o último dia 17 de fevereiro, a vacinação de idosos de 85 a 89 anos. Em relação aos idosos, a orientação aos municípios é, de acordo com a Resolução CIB Nº013, ao atingir 90% da imunização de um grupo, ampliar a vacinação para o grupo seguinte, em conformidade com os cenários de disponibilidade da vacina.

Esforços para garantir vacinação

O início da vacinação de idosos de 80 a 84 anos no Estado, nesta quinta-feira, foi marcado por ato com a presença do governador Renato Casagrande e do secretário estadual de Saúde, Nésio Fernandes, na Unidade Básica de Saúde do bairro Vale Encantado, em Vila Velha. Durante a ação, Casagrande destacou os esforços do Governo do Estado para garantir a vacinação para a população capixaba.

"Estamos fazendo um esforço extremo desde o fim de 2019 no combate à pandemia e desde o fim do ano passado não medimos esforços para cobrar do Governo Federal a aquisição de todas as vacinas possíveis para acelerarmos a vacinação. Hoje, estamos marcando o início da imunização do grupo de 80 a 84 anos, um grupo prioritário. É um alívio para essas pessoas que estão recebendo as vacinas e também para seus familiares", afirmou.

Veja mais notícias sobre Saúde.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sábado, 10 Abril 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/

No Internet Connection