Dólar Comercial: R$ 5,38 • Euro: R$ 5,90
Quarta, 03 Junho 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/

Século Diário na Covid-19: saiba como ajudar quem mais precisa

Os efeitos devastadores da pandemia do coronavírus às comunidades e segmentos mais vulneráveis do Espírito Santo motivam, a cada dia, mobilizações de grupos e entidades para campanhas de doações em diferentes áreas. Século Diário, ciente de seu papel social, se soma a essa rede, com a divulgação de um "Guia Solidário". Conheça as iniciativas e participe!

(As informações serão atualizadas a qualquer tempo, de acordo com a demanda).


É Tempo de Cuidar

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), juntamente com a Cáritas Brasileira, criou a campanha "É Tempo de Cuidar". No Espírito Santo, a iniciativa busca auxiliar famílias da região da Grande Terra Vermelha, em Vila Velha. Para isso, a Cáritas Regional aceita doações de alimentos não perecíveis, como arroz, feijão, biscoitos (maisena e água e sal), mucilon e aveia. Também podem ser doados produtos de limpeza e higiene pessoal. Os beneficiados serão famílias constituídas por gestantes e crianças que não conseguiram auxílio emergencial do Governo Federal.

Para doar, basta ligar para Luiza (27-99913.0183), Gorete (27-99965.8642) e Mara (27-99910.1180). Quem preferir, pode fazer doação em dinheiro para a conta da Cáritas Brasileira Regional Espírito, cujo CNPJ é 33.654.419/0013.50. A Cáritas tem conta corrente no Banco do Brasil, número é 73326-1, agência 1241-6. Tem também conta corrente na Caixa Econômica, cujo número é 1343-9, operação 003, agência 0880.

Nós por Nós Contra o Coronavírus

O Levante Popular da Juventude realiza a campanha Nós por Nós Contra o Coronavírus, por meio da qual busca contribuir com a saúde e alimentação das famílias que estão com a renda comprometida neste período de pandemia. Os interessados em contribuir podem doar qualquer quantia em dinheiro pelo PicPay @LevanteES ou fazer contato pelo instagram @levantees e pelo facebook @levantecapixaba. As doações serão destinadas para famílias dos bairros Carapina Grande e Vila Nova de Colares, na Serra, e do bairro Jesus de Nazaré, em Vitória.

Associação Gold

A Associação Gold (Grupo Orgulho, Liberdade e Dignidade) realiza campanha em prol de pessoas em situação de rua de Cariacica e da comunidade LGBTQ+. Para contribuir, basta doar qualquer quantia em dinheiro pelo PicPay @associacaoGOLD ou por meio da conta poupança 2635038-9, agência 0104, CNPJ 04.555.605/0001-98, do Banestes. Para as pessoas em situação de rua de Cariacica serão doados kits lanche e kits limpeza. Para a comunidade LGBTQ+, cesta básica e kit de higiene pessoal. Ao fazer a doação em dinheiro, a pessoa deve entrar em contato com a Gold por meio do instagram @associacaoGOLD ou do facebook @associacaogold e dizer para qual dos dois grupos quer destinar a doação.

Oficina da Solidariedade

Um grupo de voluntários criou a Oficina da Solidariedade, uma iniciativa que busca reunir costureiras e trabalhadores de outras áreas para a confecção de máscaras de prevenção à Covid-19. As peças produzidas são doadas gratuitamente. O grupo aceita doações de materiais como TNT, linha e elástico, que devem ser entregues na rua Padre Anchieta, nº 23, Morada de Santa Fé, Cariacica, na casa de Ivonete. Outro local onde as doações podem ser feitas é na rua José de Anchieta, nº 110, Ed. São Luiz, apartamento 605, Parque Moscoso, Vitória, na casa de Helena Berger. Doações em dinheiro também podem ser feitas pelo Pic Pay @ivone.maria.silva8 ou na conta corrente 00023783-6, na Caixa Econômica Federal, agência 0823, cuja titular é Ivonete Maria da Silva. Pessoas que precisam de máscara podem solicitar para Isaías Santana, no telefone (27) 99731.2501.

Condividir
A Arquidiocese de Vitória realizando a campanha Condividir, por meio da qual as pessoas podem fazer doação em dinheiro para a compra de cestas básicas a serem distribuídas a famílias cadastradas nas paróquias. As doações devem ser depositadas em duas agências bancárias, uma é a conta-corrente 1834068 do Banestes, agência 0104. A outra é a conta-corrente 5287-6 do Banco do Brasil, agência: 021-3. Para depositar ou fazer transferência, informe também o CNPJ 27.054.162/0001-69 da Mitra, cuja razão social é Mitra Arquidiocesana de Vitória. Também é possível doar pelo Pic Pay @Arquidiocese.Vitoria.ES. Para fazer doação por meio de cartão de crédito ou boleto, obtenha informações aqui. Na primeira etapa da Campanha Condividir foram cadastradas 319 famílias. O valor arrecadado até 16 de abril foi de cerca de R$ 50 mil. As cestas de alimentos estão sendo compradas em comércios locais, como forma de valorizar o pequeno comerciante.

Associação de Pescadores de Porto de Santana
A Associação dos Pescadores Artesanais de Porto de Santana e Adjacências, em Cariacica, realiza uma campanha que irá beneficiar 130 famílias cadastradas. São aceitas doações de alimentos não perecíveis e, principalmente, produtos de limpeza e higiene pessoal, como sabonete, pasta de dente, cloro, detergente, álcool em gel, sabão e papel higiênico. Segundo a presidente da entidade, Rosinea Pereira Vieira, além da impossibilidade de trabalhar devido à quarentena, a redução da quantidade de mariscos por causa das fortes chuvas também prejudicou a renda das famílias. As doações podem ser entregues na sede da associação, que fica na rua Martins, nº 03, Porto de Santana/Mangue Seco. Mais informações no telefone 27-99940-8066

Minas da Quebrada
O projeto social Minas da Quebrada, em Flexal, Cariacica, aceita doações de produtos de limpeza, alimentos não perecíveis, leite, biscoito e fralda descartável. Os mantimentos serão doados principalmente para as mães solo e que não têm cadastro no Bolsa Família, já que quem recebe esse benefício está tendo acesso às cestas básicas das escolas. De acordo com uma das integrantes do projeto, Lia de Oliveira, muitas mulheres da região são faxineiras e não estão tendo como trabalhar neste momento. As doações podem ser feitas na sede do Minas da Quebrada, que fica na rua da Liberdade, 813, Flexal 2, primeiro andar. Também é possível fazer doações em dinheiro pelo Pic Pay @lia.de.oliveira. Mais informações pelo telefone 99744.1794.


Roadies pedem doações
Muito se fala dos artistas impactados em suas rendas pela proibição de eventos e aglomerações, porém, outras categorias, formadas por técnicos das áreas de shows, espetáculos e outros eventos artísticos, também têm sido fortemente afetados. Uma delas, os roadies, responsáveis pelas montagens e desmontagens de shows, que agora realizam uma campanha de doações. É possível doar dinheiro por meio do PicPay, na conta @petersonfardin, ou enviar doações de alimentos, materiais de higiene e limpeza. O contato por telefone é 27 99973-5844 (Peterson).

Consultoria Artística Solidária
O cantor, compositor e intérprete Luiz Emmanuel Pinto está à disposição dos artistas capixabas em uma iniciativa chamada Consultoria Artística Solidária, que consiste em dar consultoria gratuita para aqueles que querem inscrever seus projetos no Edital Emergencial de Cultura da Secult. Os interessados devem entrar em contato com Luiz Emmanuel pelo telefone (27 – 99634.7648). "Já desenvolvi esse trabalho de forma profissional em outro edital e foi uma experiência legal ajudar as pessoas a realizar sonhos. Agora não é uma questão de sonho, é a necessidade de prover seu próprio sustento", diz o artista.

Cufa Contra o Vírus
A Cufa Contra o Vírus é uma campanha realizada pela Central Única das Favelas do Espírito Santo (Cufa-ES). As doações serão entregues para famílias das periferias, que diante da pandemia de coronavírus, estão impossibilitadas de trabalhar. Além dos mantimentos doados, os integrantes da Cufa irão levar informações sobre os cuidados para evitar o contágio da Codiv-19. Para doar, basta entrar em contato por telefone (27-99805.1193/ 27-99688.7421/ 27-99711.6745), que voluntários do grupo irão buscar as doações. Os alimentos e produtos de higiene serão distribuídos para famílias de Central Carapina (Serra), Flexal II (Cariacica), Vila Rubim (Vitória) e Grande Terra Vermelha (Vila Velha). Na Cufa Contra o Vírus também podem ser feitas doações pelo Pic Pay @favelaeperiferia.es e por meio de vaquinha online.

Favela Contra o Vírus
O Favela Contra o Vírus acontece no Território do Bem, que abrange Jaburu, Gurigica, Floresta, Consolação, Bairro da Penha, São Benedito, Itararé, Engenharia e Bonfim, em Vitória. É uma realização do Coletivo Beco, Fórum de Juventude do Território do Bem, Fórum Estadual da Juventude Negra do Espírito Santo (Fejunes) e os coletivos Tour no Farol e Jovens do Bem. Um grupo de voluntários passa de casa em casa recolhendo alimentos, produtos de higiene e equipamentos de proteção, como máscaras, luvas e álcool em gel. Para doar é só ligar (27-999679539/ 27-996536975/ 27-998215613) e pedir para buscar.

Movimento dos Atingidos por Barragem (MAB)
Movimento social engajado na luta por direitos para pessoas atingidas pela construção de barragens no Brasil, o MAB tem sido fundamental na mobilização e apoio às vítimas do crime da Samarco/Vale-BHP no Rio Doce. Por conta da Covid-19, o movimento realiza uma campanha para amparar famílias que não tiveram seus direitos como atingidas reconhecidos pela Fundação Renova e estão passando por dificuldades. O pedido é para doações de alimentos, cesta básica ou dinheiro. Em Vitória, o ponto de arrecadação é o Cais do Sibrasem, em Jesus de Nazaré (atrás do Hortomercado). Mais informações com João Paulo, no telefone (27) 99242-9398; Heider no (27), 99602-6927; ou Zeca, no número (27) 98161-4373.

Cariacica Solidária
Moradoras de Cariacica se uniram para ajudar famílias do município que estão com dificuldade de conseguir alimentos e produtos de higiene. As doações serão entregues preferencialmente para pessoas desempregadas e que têm crianças em casa. Para doar basta ligar para (27- 99728.0643/ 27-99747.514) e combinar a forma de entrega. As organizadoras da campanha também disponibilizaram o Pic Pay @cariacicasolidaria para doações em dinheiro.

Central das Comunidades
A Central das Comunidades (CDC) solicita que doações de alimentos e produtos de higiene sejam feitas na Base do CDC, em São Torquato, Vila Velha, na rua Santa Leopoldina, s/n, em frente à capela mortuária. Os mantimentos também podem ser entregues no Centro Cultural da CDC, em Parque Residencial Laranjeiras, na Serra, localizado na rua Álvares Cabral, nº 68.

Central de Doações e Distribuição de Alimentos
Coletivos e instituições do Centro de Vitória criaram a Central de Doações e Distribuição de Alimentos para apoiar as comunidades da região. As doações beneficiarão os moradores dos Morros da Piedade, Fonte Grande, Capixaba, Moscoso e adjacências. As doações de alimentos e produtos de higiene podem ser feitas no Antigo Hotel Imperial, que fica em frente à praça Costa Pereira, em cima da Farmácia Santa Lúcia, todos os dias, das 10h às 18h. Mais informações nos telefones 27/99904-5791, 27/99293-4397 e 27/99913-3078. A doação também pode ser em dinheiro, pelo Picpay @raizes.instituto.

Coletivo Amara
O Coletivo Amara, do bairro Grande Vitória, fez uma parceria com o comércio da região para comprar cestas básicas por um valor reduzido. Para fazer a compra, solicitam doações em dinheiro, que podem ser feitas pelo Pic Pay @luuh.pereira1 e pelo @drica.monteiro.

Colônia de Pescadores
A Colônia de Pescadores Z-2, que abrange os pescadores de Vila Velha, realiza uma campanha de arrecadação de alimentos e produtos de higiene. Segundo uma das voluntárias, Rosane Moreno, as doações serão entregues para 350 famílias de pescadores de Vila Velha. Os interessados em doar podem ligar (27-99696.1987) e marcar para entregar na Colônia de Pescadores de Itapuã ou solicitar que alguém busque as doações.

Mãos que se Cruzam e Amor em Ação
Até o final do inverno, as Organizações Não Governamentais (ONGs) Mãos que se Cruzam e Amor em Ação irão arrecadar roupas de cama, agasalho, toalhas e produtos de higiene pessoal para a população de rua de Colatina, noroeste do Estado. Na farmácia Farmarim, no Centro de Colatina, há uma caixa onde as doações podem ser depositadas.

Movimento População de Rua
O Movimento Nacional da População de Rua realiza uma campanha no Espírito Santo para arrecadar doações. O pedido é para doações de sabão e sabonete, álcool em gel, máscaras, água, sucos e alimentos não perecíveis para serem entregues na Paróquia Santa Tereza de Calcutá, em Itararé, Vitória, ou no Centro Cultural Eliziário Rangel, na Serra. Os interessados também podem entrar em contato com Mindu (telefone 99769-7797) ou Sheila (99760-5506). São aceitas doações em dinheiro para compra dos produtos por meio do aplicativo Picpay, na conta @julio.pagotto.

Mulheres Unidas de Caratoíra
O Coletivo Mulheres Unidas de Caratoíra (Muca) arrecada dinheiro para compra de cestas básicas. A arrecadação é feita pelo Pic Pay @mulheresunidasdecaratoira. As doações serão destinadas principalmente para famílias de trabalhadores informais.

Pega no Samba
A escola Pega no Samba irá doar alimentos e produtos de higiene a seus integrantes que necessitarem e para moradores das comunidades de Itararé, Bairro da Penha, São Benedito, Consolação, Gurigica, Jaburu, Santos Dumont, Cruzamento, Romão e Forte São João. Ao ligar (27-998883465), o doador combina como vai ser a entrega dos mantimentos. Segundo o presidente da Pega no Samba, Sandro Rosa, voluntários estão à disposição para buscar. A expectativa é de que a campanha beneficie cerca de 700 famílias.

Quarentena Solidária
O Grupo Somos Todos Cariacica realiza a Quarentena Solidária. Eles solicitam doações de feijão, arroz, macarrão, café, açúcar, sal, óleo de cozinha, fubá, biscoito, leite, sabão neutro, sabonete, detergente, escova dental, creme dental e papel higiênico, que devem ser entregues das 8h às 16h, na secretaria paroquial do Santuário do Bom Pastor, em Campo Grande. A partir das 18h as entregas podem ser feitas na portaria do Santuário. Também é possível fazer doações em dinheiro por meio do Pic Pay @SomosTodosCariacica. Os beneficiados serão a Pastoral da Solidariedade, Centro Educacional Comunitário Reame, Associação Amor e Vida, Fundação Fé e Alegria, Obra Social Gabriel Delane, Ação Social São João Batista e Núcleo Social Roger Fernandes Rodrigues.

Rede AfirmAÇÃO Solidária
A rede de cursinhos populares AfirmAÇÃO realiza a campanha Rede AfirmAÇÃO Solidária. As doações serão destinadas para famílias de estudantes de Rio Marinho e Santana (Cariacica), Jardim Carapina e Serra Sede (Serra), Santa Rita (Vila Velha), Itararé - Território do Bem e São Pedro (Vitória), locais onde há atuação da rede de cursinhos populares AfirmAÇÃO. Para contribuir, basta telefonar (27-997938060) que um voluntário busca os mantimentos na casa da pessoa. Quem quiser, também pode fazer doação em dinheiro por meio de uma vakinha online. A rede de cursinhos populares está fazendo o mapeamento das famílias que precisa de auxílio com doações de alimento e produtos de higiene.

Torta Solidária
A Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Espírito Santo (OAB/ES) lançou a campanha Torta Solidária. A iniciativa consiste na compra de uma torta de 250 gramas pelo valor de R$ 100,00. O dinheiro será revertido para compra de cestas básicas. A compra pode ser feita pelo link http://tortacapixaba.oabes.org.br/ . Quem participar da campanha pode retirar sua torta no supermercado São José, na quinta-feira (9), das 10h às 22h; e na sexta-feira (10), das 10h às 13h. A Comissão de Direitos Sociais da OAB-ES irá fazer um levantamento para distribuição das cestas básicas em todo o Estado. Os interessados em receber as doações deverão preencher o formulário de cadastramento das pessoas em situação de vulnerabilidade, no site www.oabes.org.br e enviar para o e-mail [email protected].

Vitória Solidária
A Prefeitura de Vitória realizando a campanha Vitória Solidária. Os voluntários podem doar produtos não perecíveis, como arroz, feijão, macarrão, fubá, farinha de mandioca, farinha de trigo, canjiquinha, açúcar, leite em pó, biscoito, pó de café, óleo e achocolatado em pó. Também são aceitos materiais como sabonete, papel higiênico, álcool gel, água sanitária, produtos para limpeza de banheiros e de cozinha, desinfetante, vassoura, balde, bacia, palha de aço, sacos de lixo e panos de chão. A arrecadação será feita nos supermercados Carone, Perim, Extrabom, Epa, São José e outros estabelecimentos filiados à Associação Capixaba de Supermercadistas (Acaps). Servidores da PMV vão fazer a distribuição no Banco de Alimentos, no Centro de Referência da Pessoa com Deficiência (CRPD) e outros espaços das regiões de São Pedro, Santo Antônio e Centro. Coletivos cadastrados na rede Vitória do Bem e entidades, como igrejas e de assistência social, vão fazer a distribuição nas comunidades em que atuam, onde já têm identificadas as situações prioritárias.

Corpo de Bombeiros
A pedido do Governo do Estado, todas as 17 unidades do Corpo de Bombeiros do Espírito Santo estão recebendo doações de alimentos e produtos de higiene. As entregas serão feitas pelas secretarias de Estado responsáveis pela ação. Quem preferir fazer doação em dinheiro, pode depositar na Conta Única do Tesouro, através do Documento Único de Arrecadação (DUA). Para gerar o boleto bancário e contribuir, basta acessar o site coronavirus.es.gov.br.

Máscaras Solidárias de Alegre
No sul do Estado, por meio de uma campanha chamada Máscaras Solidárias de Alegre, as pessoas podem doar tecidos de tricoline ou algodão, TNT, elástico e linha para confecção de máscaras a serem distribuídas para a população carente do município. A primeira remessa será doada para o Lar dos Idosos. Quem quiser, pode doar também qualquer quantia em dinheiro pelo Pic Pay @mariana.duran.cordeiro. Mais informações podem ser obtidas no Instagram (@mascarassolidariasdealegre) e na página do Facebook (@mascarassolidariasAlegre). 


Grupo de amigos
Quem também confecciona máscaras para doar é um grupo de amigos que atua em Vitória e Vila Velha. Segundo a médica Henriqueta Sacramento, uma das participantes, além das máscaras, o objetivo é ensinar quais os cuidados de higiene que se deve ter com elas e a fazer sua própria máscara. Os voluntários aceitam doações de materiais, basta fazer contato por telefone (27-99979.4272).

Escudo Solidário
O grupo confecciona máscaras a serem doadas para profissionais da Saúde. A expectativa é de que sejam confeccionadas três mil peças. Segundo um dos membros, Allan Assad, está sendo feito um mapeamento dos hospitais para analisar a real necessidade de cada um. As doações aceitas são de materiais como filamentos para impressora 3D e acetato. Também está aberta a participação de novos voluntários. Os interessados em doar ou se voluntariar devem ligar no telefone 28-99939.1686. 

Veja mais notícias sobre Saúde.

Veja também:

 

Comentários: 1

Maria Izabel P. Abdrade em Quarta, 29 Abril 2020 02:09

Povo de Deus, por favor, só saiam de casa se for muito necessário e que seja com máscara . A situação está piorando a cada dia. Não se iluda com apelo comercial. Dia das Mães é todo dia. Sua vida vale mais.

Povo de Deus, por favor, só saiam de casa se for muito necessário e que seja com máscara . A situação está piorando a cada dia. Não se iluda com apelo comercial. Dia das Mães é todo dia. Sua vida vale mais.
Visitante
Quarta, 03 Junho 2020
No Internet Connection