Sexta, 24 Junho 2022

Estado autoriza quarta dose em pessoas acima de 40 anos para segunda-feira

vacinacao_marcelo_camargo_abr Marcelo Camargo/ABr

Antes mesmo da publicação da nota técnica do Ministério da Saúde autorizando a ampliação da campanha de vacinação contra a Covid-19 para o público da faixa etária acima de 40 anos, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) já comunicou, na noite desta sexta-feira (17), que o segundo reforço (quarta dose) poderá ser aplicado pelos municípios capixabas a partir da próxima segunda (20). A população alvo estimada desse grupo é de 616 mil pessoas, sendo 315 mil aptos a serem imunizados de imediato, considerando a necessidade de intervalo de quatro meses em relação à última dose.

Os municípios já possuem doses disponíveis para iniciar a vacinação desse grupo etário, como ressalta a Sesa, mas o Estado também solicitará, neste fim de semana, mais 200 mil doses ao Ministério da Saúde.

Informações sobre esse esquema vacinal serão destacados em Nota Técnica da Vigilância em Saúde Estadual que está em elaboração, assim como o documento do Ministério da Saúde, previsto para ser publicado na segunda-feira.

A ampliação da campanha foi discutida em reunião do Programa Nacional de Imunizações PNI nessa quinta-feira. A segunda dose de reforço já tinha sido liberada para a população acima dos 50 anos no último dia 4, bem como para profissionais de saúde e imunossuprimidos.

Algumas regiões, como o Distrito Federal, Teresina e Belém, começaram a aplicação da quarta dose antes mesmo da recomendação do Ministério. Como decidiu o Supremo Tribunal Federal (STF) em 2020, estados e municípios não são obrigados a seguir as recomendações do governo federal e podem elaborar regras próprias para o combate à pandemia.

A ampliação da campanha é essencial para frear o aumento do número de casos, como ressaltam especialistas, principalmente diante do avanço da pandemia no País. O Espírito Santo vive a quinta onda de expansão da doença, com o registro de casos dobrando a cada sete dias.

Em nota técnica publicada há uma semana, a Sesa voltou a recomendar o uso de máscaras em locais fechados e de grande concentração de pessoas, bem como nos ambientes escolares. A recomendação também vale para pessoas que apresentarem sintomas respiratórios; testarem positivo para a Covid-19; cuidarem de alguém que está doente com Covid-19; ou pertencerem ao grupo de risco para a doença.

Veja mais notícias sobre Saúde.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sexta, 24 Junho 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/