Segunda, 20 Mai 2024

Trabalhadores da saúde realizam marcha e conferência em Vitória

acampamento_sindsaude_FotoSindsaude Sindsaúde

O Sindicato dos Trabalhadores da Saúde do Espírito Santo (Sindsaúde-ES) realizará, nesta quarta-feira (10), em Vitória, a Marcha da Saúde 2024 e uma Conferência Livre. A conferência acontecerá na praça Getúlio Vargas, Centro, a partir das 9h. Depois, às 13h, os trabalhadores marcharão em direção ao Palácio Anchieta, onde pretendem entregar a pauta de reivindicações da categoria ao governador Renato Casagrande (PSB). Os eventos fazem alusão ao Dia Mundial da Saúde, comemorado em 7 de abril.

Divulgação/Sindsaúde

A Marcha é um evento tradicional do calendário dos trabalhadores da saúde no Estado. As principais demandas a serem feitas junto ao governador são: reajuste salarial de 14%; melhores condições de trabalho; concurso público e reestruturação das carreiras; pagamento de insalubridade de 40%; e correção dos níveis das referências na tabela de subsídios e valorização.

Também há pautas específicas para os agentes de combate às endemias e agentes comunitários de saúde: pagamento de insalubridade de 40% sobre o piso salarial; pagamento do incentivo adicional e realização de cursos de capacitação; fornecimento de uniformes e Equipamentos de Proteção Individual (EPI's); e efetivação dos agentes segundo a Lei Federal 11.350/2006, que ampara a categoria.

"Sem mobilização social, não haverá mudanças. Não basta apenas apontar problemas nos locais de trabalho; é fundamental sair às ruas e destacar essas questões", ressalta Geiza Pinheiro, presidente do Sindsaúde-ES. 

Já a Conferência Livre, que terá como tema "Democracia, trabalho e educação na saúde para o desenvolvimento: gente que faz o SUS acontecer", é uma etapa preparatória a nível local da 4ª Conferência Nacional de Gestão no Trabalho e da Educação na Saúde (CNGTES), que será realizada em Brasília, de 10 a 13 de dezembro, e será um espaço para debater propostas em defesa do Sistema Único de Saúde (SUS).

Na ocasião, haverá uma palestra proferida por Nésio Fernandes, médico sanitarista, ex-secretário nacional de Atenção Básica à Saúde e ex-secretário de Estado da Saúde. Logo depois, o microfone estará aberto para quem quiser se manifestar. A proposta é que movimentos sociais, políticos e quaisquer outros interessados na saúde proponham e debatam ideias que possam ser levadas posteriormente para Brasília pela delegação capixaba.

"Estamos fazendo a conferência ao ar livre porque o principal objetivo é que seja um espaço aberto, democrático, a que todos possam ter acesso. Queremos que toda a sociedade possa participar", explica Geiza Pinheiro.


Veja mais notícias sobre Saúde.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 21 Mai 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/