Sexta, 14 Junho 2024

Vitória, Vila Velha e Serra abrem agendamentos para vacinas bivalentes

vacinabivalente_pfizes_daniloavanci_sesaPR Danilo Avanci/Sesa-PR
Danilo Avanci/Sesa-PR

Moradores de Vitória, Vila Velha e Serra, na região metropolitana, já podem se preparar para serem imunizados contra Covid-19 por meio das vacinas bivalentes da Pfizer. Os dois primeiros municípios abrirão agendamento online nesta sexta-feira (24). Na Serra, começou nesta quinta-feira (23), e Cariacica ainda não anunciou a medida. O Estado recebeu do Ministério da Saúde 129,6 mil doses.

Serão imunizadas, inicialmente, pessoas vivendo em instituições de longa permanência e trabalhadores desses locais, com 70 anos ou mais e imunocomprometidas, a partir de 12 anos. Além de pertencer ao grupo prioritário, a pessoa deve ter concluído, há pelo menos quatro meses, o esquema primário com outro imunizante. No caso dos imunossuprimidos, é obrigatório apresentar o laudo médico no momento da vacinação.

Em Vitória, o agendamento abre a partir das 10h e pode ser feito por meio deste link ou pelo aplicativo Vitória Online. Serão disponibilizadas, inicialmente, 1.180 doses. A vacinação estará disponível nas Unidades de Saúde Jardim Camburi, Vitória, Conquista, Maruípe, Santo Antônio, Forte São João, Ilha das Caieiras, Ilha de Santa Maria, Praia do Suá, Jardim da Penha, Andorinhas, Santa Luíza, São Cristóvão, Consolação, Grande Vitória, Jabour, Santo André, Santa Marta, República, Do Quadro, Maria Ortiz, Fonte Grande, Alagoano, Resistência e na Igreja Batista Evangelica de Jardim da Penha.

Em Vila Velha, o agendamento começa a partir das 15h, pelo site da prefeitura. Mais de 2,5 mil vagas serão disponibilizadas a partir desta segunda-feira (27). Na Serra, o agendamento já pode ser feito também pelo site da prefeitura. A imunização acontecerá nesta segunda-feira (27) e nesta terça-feira (28), nas unidades de saúde.

Os demais grupos a serem vacinados, a partir de março, serão pessoas de 60 a 69 anos, gestantes e puérperas, trabalhadores da saúde, pessoas com deficiência permanente (a partir de 12 anos de idade), população privada de liberdade, adolescentes cumprindo medidas socioeducativa e funcionários do sistema de privação de liberdade.


A expectativa da Secretaria da Saúde (Sesa) é que 320,8 mil capixabas pertencentes aos grupos prioritários da primeira fase da campanha para vacinação com doses bivalentes contra a Covid-19 possam ser imunizados. 
Segundo o órgão, a estimativa populacional dos grupos da primeira fase são 268,8 mil pessoas com 70 anos ou mais; 9, 8 mil vivendo em instituição de longa permanência; 23,5 mil imunocomprometidos (a partir de 12 anos) de idade; 10,9 mil indígenas (a partir de 12 anos); 249 ribeirinhos (a partir de 12 anos); 7,3 mil quilombolas (a partir de 12 anos).

Outros grupos

O calendário definido pelo Ministério da Saúde prevê que os demais grupos classificados como prioritários comecem a receber a dose bivalente como reforço em 6 de março, para pessoas de 60 a 69 anos; 20 de março, gestantes e puérperas; e 17 de abril, trabalhadores da saúde. 

Pessoas com deficiência permanente (a partir 12 anos); população privada de liberdade (a partir de 12 anos); adolescentes cumprindo medidas socioeducativas (menores de 18 anos); e funcionários do sistema de privação de liberdade também estão incluídos no mesmo dia 17 de abril.

Veja mais notícias sobre Saúde.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sexta, 14 Junho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/