Dólar Comercial: R$ 5,02 • Euro: R$ 6,11
Sexta, 22 Janeiro 2021

André Garcia adota discurso da gestão integrada na segurança

 A campanha eleitoral para as prefeituras parece ter afetado o discurso de autoridades da área de Segurança Pública do Estado. Em artigo publicado no jornal A Gazeta desta quarta-feira (8), o secretário de Estado de Ações Estratégicas, André Garcia – remanescente do governo Paulo Hartung  - adotou o mesmo discurso defendido pelo candidato a prefeito de Vila Velha Rodney Miranda (DEM), amigo pessoal de Garcia. 

Rodney, durante a maior parte do governo Hartung, entre 2003 e 2010, não apresentou qualquer programa de segurança para o Estado, que sucumbiu com os piores índices de homicídios - o segundo Estado mais violento do País há uma década. 
 
No artigo, o secretário ressalta a importância dos investimentos nas guardas municipais, enquanto Rodney, durante a campanha, tem afirmado que as prefeituras fazem o “jogo de empurra”, transferindo a responsabilidade dos investimentos em segurança para o Estado. 
 
A segurança pública, no entanto, é de responsabilidade do Estado e não cabe aos municípios aparelhar as guardas municipais para fazer o trabalho que deveria ser do Estado. O discurso de André Garcia corrobora com o que vem apregoando o candidato Rodney, que avaliou a administração do atual prefeito e candidato à reeleição em Vila Velha, Neucimar Fraga (PR) na área de segurança aquém das necessidades do município. 
 
Apesar de não conseguir explicar por que não conseguiu reduzir os índices de homicídios no Estado – ele assumiu e deixou a pasta com o Estado em segundo no ranking de homicídios – ele continua a insistir no tema da segurança pública, prometendo “choque de gestão” se eleito, muito embora quase nada tenha feito na área enquanto esteve à frente da pasta.



O discurso de Rodney, reverberado no artigo do amigo Garcia, tem dois propósitos: aliviar a responsabilidade 
do Estado sobre a Segurança Pública  e, ao mesmo tempo, dividir o seu pífio retrospecto na área com os município; segundo, convencer que por essa lógica o município deve fazer muito mais e ele, caso eleito, estaria disposto a aparelhar o município para enfrentar a criminalidade. 
 

Veja mais notícias sobre Segurança.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sexta, 22 Janeiro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/

No Internet Connection