Segunda, 27 Setembro 2021

'Aumentar policiamento no Território do Bem é enxugar gelo'

policiamento_territoriodobem_heliofilho_secom Hélio Filho/Secom

Nessa quarta-feira (19), foram anunciadas novas ações dentro das diretrizes do programa Estado Presente em Defesa da Vida para a região do Território do Bem, em Vitória. O anúncio foi pelo governador Renato Casagrande, em visita ao Destacamento de Polícia Militar (DPM) do bairro São Benedito, que fica na região. Entretanto, lideranças locais acreditam que, diante da falta de políticas públicas em diversas áreas, aumentar efetivo policial na localidade é "enxugar gelo".

Também participaram da atividade o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Douglas Caus; o secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, Alexandre Ramalho; e a secretária de Direitos Humanos, Nara Borgo.

Além de São Benedito, o Território do Bem abrange as comunidades de Itararé, Jaburu, Bairro da Penha, Bonfim, Engenharia, Consolação, Floresta e Gurigica. 

A região, segundo o Governo do Estado, terá um reforço no efetivo da Polícia Militar, por meio da implantação de escala extra, "com objetivo de aumentar o combate às ações criminosas no local, com maior presença das forças de segurança na proteção aos moradores".

A unidade será composta por efetivos da Companhia Independente de Missões Especiais (CIMEsp), Companhia Independente de Operações com Cães (CIOC) e Forças Táticas (FT) das Unidades Operacionais do Comando de Polícia Ostensiva Metropolitano (CPOM) da Polícia Militar (PM), em todos os dias da semana, "em horários estratégicos".

Para o presidente do Centro Comunitário do Bairro da Penha, Baiano do Salão, a necessidade das comunidades não é de aumento do aparato policial. "Nada contra a polícia, mas estão esquecendo o lado social, por exemplo, a geração de emprego e renda. Muitos jovens não têm como sobreviver e vão para o tráfico. Aqui não tem quadra, chega a ficar dois meses sem água, falta saneamento básico", diz.

Quem também faz críticas ao anúncio feito pelo governador é o coordenador do Fórum de Desenvolvimento Comunitário do Território do Bem, Valmir Rodrigues Dantas.

"O Estado tem que oferecer algo a mais, dar possibilidade para a juventude conseguir o primeiro emprego, trazer equipamentos públicos, como escolas. Não tem escola pública em São Benedito, por exemplo. A escola está sendo construída há mais de 15 anos. Tem que trazer transporte público de qualidade, moradia digna", aponta Valmir, que defende também o diálogo com a sociedade civil para debater as demandas das comunidades.

De acordo com a gestão estadual, por meio do Estado Presente, serão realizadas também ações sociais, como a promoção de qualificação profissional dentro do Programa Qualificar ES, a entrega de cestas básicas e a implantação do Centro Regional das Juventudes (CRJ), em parceria com os municípios e apoio do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Valmir acredita que o CRJ é uma medida importante, pois no Território do Bem há muitos jovens.

Já Baiano do Salão entende que as ações visam as eleições estaduais de 2022. "A gente não quer ações eleitoreiras para dizer que vai fazer alguma coisa. Vai ter entrega de cesta básica? Até agora no Bairro da Penha não recebemos nenhuma. Tem mais de um ano de pandemia e até agora nada. Falaram em curso do Qualificar. A pessoa faz o curso, mas como vai arranjar emprego? Estão prevendo alguma ação nesse sentido? Vai empreender como, sem incentivo? As empresas querem profissionais qualificados, e os cursos do Qualificar são muito meia-boca", afirma.

O Programa Estado Presente em Defesa da Vida tem como objetivo reduzir os índices de violência e criminalidade, com foco especialmente em crimes letais, trabalhando de forma integrada com as forças policiais do Estado e parceria dos demais poderes e órgãos que compõem o sistema de justiça criminal.

Veja mais notícias sobre Segurança.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Segunda, 27 Setembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/