Quinta, 11 Agosto 2022

Nova diretoria da Associação dos Servidores do Incaper assume na próxima segunda

Nova diretoria da Associação dos Servidores do Incaper assume na próxima segunda
A nova diretoria da Associação dos Servidores do Instituto Capixaba de Pesquisa e Extensão Rural (Incaper), a Assim, assume na próxima segunda-feira (1º), dando continuidade a um trabalho iniciado há sete anos, de aproximação com os movimentos sociais.



É a quarta gestão seguida a promover essa articulação com as bases do campesinato capixaba, considerada fundamental para proporcionar uma agricultura familiar mais forte e mais saudável, tanto para o homem do campo como para os consumidores dos produtos e para a natureza. Além de equilibrar a tendência da alta gestão do Instituto – e de todas as autarquias de governo –, de tomar decisões políticas em detrimento de posicionamento dos técnicos e dos interesses da base da população.



O novo presidente, Samir Seródio Amim Rangel, ocupa o cargo pela segunda vez, a primeira entre 2011 e 2013, período que ficou marcado, entre outras ações, pela greve da categoria durante o governo Renato Casagrande (PSB).



Durante a cerimônia de posse, realizada no último dia 15 de dezembro, Samir reafirmou a missão de dar continuidade ao trabalho que vem sendo feito e estar mais presente no interior e no meio rural. “O Espírito Santo depende do meio rural e a Assin também depende desses associados. Vamos planejar mais ações no interior como reuniões, assembleias e projetos específicos para essas áreas”, anuncia. “Também teremos mais ações para aposentados, que se tornam cada vez mais crescentes na associação”, complementou.



Sobre as boas relações com os movimentos campesinos, o presidente diz ainda que a intenção é continuar trabalhando pela inclusão desses movimentos sociais no Conselho Gestor do Incaper, que é soberano à presidência da autarquia. “Fortalecer o Conselho Gestor e a presença dos movimentos sociais”, elencou, acrescentando que outra prioridade é a luta pela defesa dos direitos trabalhistas e por melhores condições de vida, trabalho e salário para os servidores.



O atual presidente da Assin, o servidor aposentado Edegar Formentini, afirma entregar o cargo com a consciência tranquila. "Saio muito feliz por dois motivos: fiz o que estava ao meu alcance e a Assin tem uma diretoria eleita, que está extremamente preparada para enfrentar os desafios que esta difícil conjuntura vai lhe apresentar”.



Os demais membros da nova diretoria são Iran Milanez Caetano (diretor administrativo), Adolfo Brás Sunderhus (diretor financeiro), Dirceu Godinho Antunes (diretor social e de saúde) e Renata Setubal Lourenço (diretora de cultura e comunicação). 

Veja mais notícias sobre Sindicato.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 11 Agosto 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/