Quinta, 25 Abril 2024

Trabalhadores denunciam má qualidade da comida servida pela Vale

comida_vale_larva_FotoDivulgacao Divulgação

O Sindicato dos Trabalhadores da Indústria da Construção Civil, Manutenção, Montagem, Estradas, Pontes, Pavimentação e Terraplanagem do Espírito Santo (Sintraconst-ES) vai realizar uma assembleia na próxima segunda-feira (29), para discutir com os trabalhadores da Vale as medidas a serem tomadas diante da má qualidade da refeição servida pela empresa. A assembleia será na parte da manhã, nas portarias de Camburi, em Vitória, e Carapina, na Serra, além da VIII Usina, em Porto Seco. O problema foi denunciado ao Ministério Público do Trabalho (MPT).

A assembleia será realizada em conjunto com outros sindicatos que representam categorias de trabalhadores que atuam na empresa, como o Sindicato dos Metalúrgicos do Espírito Santo (Sindimetal-ES) e o Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Prestadoras de Serviços de Limpeza(Sindilimpe). Os trabalhadores não descartam a realização de manifestações.

O presidente do Sintraconst, Virley Santos, relata que há 20 dias a comida servida nos refeitórios da Vale tem bichos e objetos. Nesta semana, foram encontradas larvas no bife e no frango. Em outras ocasiões, os trabalhadores encontraram fio de cabelo, agulha de injeção para bovinos e pedaços de madeira e arame.
Divulgação

"Estão sempre achando algum corpo estranho", aponta. O dirigente sindical afirma ainda que há outras reclamações, como o gosto ruim e a falta de tempero. A solução encontrada pelos trabalhadores, relata, é levar marmita ou sanduíche, o que tem que ser feito escondido, pois não é permitido entrar na empresa com alimento.

O Sintraconst encaminhou ofício para o setor de Recursos Humanos (RH) e para a Gerência de Contratos da Vale. A resposta foi que a empresa vai fazer fiscalização. A mineradora encaminhou a reclamação para a GRSA, que fornece a alimentação. A GRSA marcou uma reunião com o sindicato para este sábado (27). "Será lá na empresa, porque disseram que querem mostrar os estoques, como a comida é armazenada, essas coisas", afirma Virley. 

Veja mais notícias sobre Sindicato.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 25 Abril 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/