Domingo, 14 Julho 2024

Campo dividido

nicolas_arthur_leonardo_Sa_redes Leonardo Sá/Redes Sociais
Leonardo Sá/Redes Sociais

Com a definição final do palanque do ex-vereador João Batista Babá (PT) à Prefeitura de Vila Velha, após longos capítulos de divergências internas, as articulações se voltam para a composição de alianças e miram, naturalmente, no Psol, em busca de uma convergência do campo de esquerda. A meta, que já havia sido manifestada por Babá, foi reiterada nessa terça-feira (2), no embalo do anúncio do seu vice, o professor Rodrigo Moreira (PCdoB). Mas nada do Psol sinalizar recuo do seu projeto majoritário, pelo menos por ora! O pré-candidato do partido e também professor, Nicolas Trancho, gravou vídeo nas redes sociais nesta quarta (3), exaltando a federação com a Rede Sustentabilidade, que possui um "pacto federal" e não "uma simples coligação de momento eleitoral, sem nenhum "projeto de cidade". Os partidos acabam de fechar a chapa, que será puro-sangue, com Artur Depizzol, presidente da Comissão de Diversidade e Gênero da Ordem dos Advogados de Vila Velha (OAB-VV), na vaga de vice. Nicolas tem rodado o município, com críticas à gestão de Arnaldinho Borgo (Podemos), candidato à reeleição. Desconhecido do eleitorado, vale-se da estratégia de aparecer ao lado de Mônica Alves (é ela, inclusive, quem apresenta a chapa nas redes sociais), que já disputou eleições no município, a última, em 2020, à prefeitura. Assim como no pleito municipal passado, a maioria das pré-candidaturas postas no município são de direita e centro-direita, restando o contraponto apenas do Psol-Rede e do PT. Mônica Alves acabou na sétima posição, de dez nomes, ao alcançar apenas 2,29% do eleitorado (4,6 mil). Como o partido se sairá desta vez? A conferir!

No páreo
Sem representação no legislativo, hoje também dominado por representantes da direita, o Psol vai apresentar este ano nove candidatos na proporcional, sendo cinco mulheres: além de Mônica Alves, Baiana da Moradia (Adriana), Aldinéa Mello, Sharlene e Andreia. Já os homens são Ademir Pereira, Allan Lozer, Professor Wemerson e Renan Almeida.

No páreo II
Algumas informações: Baiana da Moradia é presidente da ocupação da Vila Esperança; Aldinéia é psicóloga da unidade de saúde de Divino Espírito Santo; Andreia é servidora pública também da área da saúde; Allan Lozer é vice-presidente da Associação de Moradores do Planalto; Renan Almeida é portuário e tem histórico de militância no movimento estudantil e sindical; Professor Wemerson atua na rede municipal de ensino; e Ademir Pereira é ligado a projetos sociais, como a Campanha do Agasalho.

'Batidão'
Por falar em Arnaldinho, na segunda à noite (2), na Prainha, evento Proclamação ao Evangelho; na terça (3), de madruga – 5h -, subida ao Morro do Moreno. O prefeito e o governador Renato Casagrande (PSB) foram os protagonistas desse "batidão", seguidos por outras lideranças políticas e pré-candidatos do pleito de outubro. Sintomas do processo eleitoral...

'Batidão' II
No primeiro caso, shows gospel e orações, que repetem acenos feitos por Arnaldinho há meses aos evangélicos, representantes de parcela significativa do eleitorado. No Morro do Moreno, foi anunciada a licitação para elaboração do projeto executivo de infraestrutura do Monumento Natural, debate feito há anos, com investimentos de R$ 14 milhões, uma parceria do governo com a prefeitura.

'Batidão' III
Pensa que acabou? Nesta quarta (3), mais outras rodadas de solenidades e anúncios de obras, como a requalificação da orla da Ponta da Fruta, Canal da Costa, Parque Linear...e já tem convites nas redes para as rodadas desta quinta-feira (4) da dupla. Não tem ninguém dormindo no ponto!

Na área
Na Capital, o senador Fabiano Contarato (PT) entrou no circuito como cabo eleitoral do ex-prefeito e deputado estadual João Coser (PT). Ele gravou vídeo em que exalta ações das gestões passadas do aliado, pede que o eleitor avalie o plano de governo, e convoca a formação de uma "grande corrente de bem".

Munições
Já em Colatina, noroeste do Estado, o candidato a prefeito do PL, Luciano Merlo, mostra que fará uma campanha ofensiva. Em vídeo divulgado nas redes sociais, dispara contra os concorrentes, acusando-os de integrarem a "velha política".

Munições II
No recado, critica o PT – é esse partido que vocês querem novamente em Colatina? - e a composição com o prefeito, Guerino Balestrassi (MDB), e também o ex-deputado Renzo Vasconcellos (PSD), que aponta como do "mesmo grupo" de Balestrassi, já que os dois eram aliados.

Nas redes
"Discutindo a cidade de Vitória com a vice-prefeita, Capitã Estéfane [pré-candidata majoritária pelo Podemos]". Fabrício Gandini, deputado estadual pelo PSD, que retirou seu nome da disputa e faz parte do bloco de Luiz Paulo Vellozo Lucas (PSDB), outro que posou, recentemente, para foto com a capitã.

FALE COM A COLUNA:

Veja mais notícias sobre Socioeconômicas.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Segunda, 15 Julho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/