Terça, 24 Mai 2022

De volta a 2014

ederpontes_lucianaandrade_heliofilho_secom Hélio Filho/Secom
Hélio Filho/Secom
A mudança de mãos do comando do Ministério Público do Estado (MPES) permanece fora do alcance da visão, apesar de mais uma eleição deflagrada recentemente. Ao contrário do que vinha ocorrendo nas últimas disputas para a Procuradoria-Geral de Justiça, a atual ocupante do cargo, Luciana Andrade, simplesmente não terá concorrentes, passando por mais um biênio sem qualquer ameaça à sua cadeira. Mas onde foram parar os antigos candidatos interessados em conduzir o MPES e os opositores? São as perguntas da vez! A condição de chapa única só havia sido registrada no órgão ministerial em 2014, quando Eder Pontes foi reeleito pela primeira vez. Agora desembargador, o pleito seria o primeiro também sem o ex-procurador inserido no topo da estrutura do Ministério Público. O que prevaleceu, porém, foi mais uma repetição. A votação no dia 18 de fevereiro do próximo ano será apenas protocolar e o órgão ministerial completará, no início da nova gestão, 2022 - 2024, dez anos nas mãos do mesmíssimo grupo, período em que se mantém, também, alinhado ao Palácio Anchieta.

Antagônicas
Neste último caso, pelo contrário, ocorreram trocas de gestão, primeiro como aliados, depois como adversários número um. Refiro-me, obviamente ao governador Renato Casagrande (PSB) e Paulo Hartung (sem partidos). A guerra entre os dois, porém, não abalou as relações com o comando do órgão ministerial. Seguem firme e fortes.

Saiu da cola
No ano passado, como tratado aqui na coluna no último dia 7, Luciana recebeu 168 votos dos membros do MPES, 22 a mais que o promotor Marcello Souza Queiroz, adversário conhecido de Eder Pontes. Dois anos antes, a diferença entre ele e Eder foi de apenas um voto.

Filme repetido
Antiga aliada do ex-procurador-geral e com trajetória em cargos de confiança no MPES, Luciana Andrade virou candidata após desistência de Eder Pontes que surpreendeu o mercado. A medida, como se sabe, já era parte do plano dele de chegar ao Tribunal de Justiça do Estado (TJES). Ela trilha, por enquanto, caminho semelhante ao "padrinho".

Quadro final
Na época da candidatura única de Eder Pontes, ele foi reeleito com 75% dos votos. Veremos, em breve, o índice de Luciana.

Estreia
O senador Fabiano Contarato participou do primeiro evento do PT capixaba nesse sábado (19) e, como dizem por aí, "bombou". Teve faixa de boas-vindas, além de discursos e exaltações nas redes sociais. O encontro deu posse aos representantes de secretarias e setoriais do partido.

Festança
A filiação oficial de Contarato, como já divulgado pelo meu parceiro de Redação, Roberto Junquilho, ainda será realizada e, sem dúvida, com muita pompa e circunstância. A executiva estadual espera a presença do ex-presidente do Lula.

Lugar na mesa
Em tempos de mover as peças para se garantir nas negociações da disputa de 2022, o partido Solidariedade lançou a pré-candidatura ao Senado do vereador da Serra, Professor Artur. Detalhe: ele ainda está no início do primeiro mandato na Câmara. O lema anunciado é "Renovar é preciso".

Lugar na mesa II
Professor Artur já tinha tentado entrar no legislativo em 2016, sem êxito. No pleito municipal passado, foi eleito com 1.771 votos. A briga ao Senado, por apenas uma vaga, é de "cachorro grande". Estão no páreo, uns já declarados outros cotados, nomes como Hartung e Magno Malta (PL), sem falar no candidato do bloco de Casagrande.

Nas redes
"Quero registrar minha solidariedade aos servidores públicos da Anvisa. Qualquer líder minimamente sensato tratará a questão das vacinas como prioridade. A vida do povo deve ser sua maior preocupação. Aqui no ES vamos vacinar nossas crianças, aqui o terraplanismo não tem vez, vacina sim!". Jacqueline Moraes, vice-governadora do Estado pelo PSB.

FALE COM A COLUNA:

Mesmas mãos, de novo?

Mais uma disputa interna no Ministério Público do Estado (MPES), mais um teste da influência do agora desembargador Eder Pontes
https://www.seculodiario.com.br/socioeconomicas/mesmas-maos-de-novo

Veja mais notícias sobre Socioeconômicas.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 24 Mai 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/