Quarta, 12 Junho 2024

Mais cenários

euclerio_arnaldinho_redes Redes Sociais
Redes Sociais
Analisei os casos de Vitória e Serra na última coluna, e agora venho com os números apresentados pelas pesquisas do instituto Futura Inteligência, contratada pela Rede Vitória, em Vila Velha e Cariacica, que também repercutem no mercado. Os dois prefeitos, Arnaldinho Borgo (Podemos) e Euclério Sampaio (MDB), seriam, nesses recortes, reeleitos com folga em outubro deste ano. No caso de Cariacica, zero surpresa! As movimentações do prefeito consolidam um amplo leque de apoios, com investimentos patrocinados pelo governador Renato Casagrande (PSB), e a oposição exercida pelo PT, com Célia Tavares, ainda sem entrar no jogo efetivamente. Euclério atingiu 46,3% de votos na menção espontânea (sem indicar os nomes) e a petista, que o enfrentou em 2020, apenas 1,4%. Em Vila Velha, embora beneficiado pela mesma estratégia, Arnaldinho não reina sozinho e tem seu principal opositor definido há semanas, coronel Alexandre Ramalho (PL). A distância entre os dois chama muita atenção: 53,9% a 5,3%! O prefeito também tem o índice mais baixo de rejeição (5,2%), ao contrário de Ramalho. Mas o resultado do levantamento não passou isento de críticas. O ex-deputado estadual Claudio Vereza (PT), que integra o grupo do pré-candidato João Batista Babá (PT), ex-vereador, contestou que a coleta foi realizada no início de abril e divulgada somente um mês depois. Os números "estão desatualizados" e fora do "retrato do momento", apontou, argumentando que "não capta a intensa mobilização neste período e prejudica todas as candidaturas lançadas ou consolidadas neste mês". Veremos os próximos dados e polêmicas!

Fatias de votos
Como sempre digo, é essencial destacar os números ainda elevados de indecisos. Cariacica tem mais, 46,2% eleitores, e Vila Velha, 30,7%. É só o começo da empreitada!

Campo aberto?
Vereza coloca como candidatura prejudicada a do PT, que decidiu lançar Babá recentemente, embora o debate role há mais tempo – tanto que a pesquisa considera o nome de Edinho Wilson, que também disputava a escolha interna. O ex-deputado acredita que o projeto terá campo para crescer, já que as candidaturas postas estão concentradas na direita e extrema direita.

Mesma área
O ex-prefeito Neucimar Fraga (PP) também chegou mais tarde na disputa. Foi lançado em meados de abril, depois da coleta da pesquisa. Já Ramalho posa de candidato e opositor combatente não é de agora. A entrada protocolar no PL foi em março, mas ele já estava em cena, com toda a mira voltada para Arnaldinho.

Então tá, então...
A propósito, o coronel publicou vídeo esses dias nas redes sociais, em que tenta se afastar da gestão de Casagrande, chamada de esquerda, já que era secretário de Segurança Pública. Diz ele que "nunca ocupou função pública por questões partidárias". Vale lembrar que Ramalho tenta colocar esse título em Arnaldinho pela mesma lógica – é o candidato do governador.

Lista amarga
No quesito rejeição, que citei lá em cima, a ordem é assim: Max Filho (PSDB) alcançou 44,4%; Neucimar, 38,7%; Ramalho, 22,2%; Babá, 12,3%; Mauricio Gorza (PSDB), sucessor de Max, 7,2%; Edinho, 6,8%; Bruno Lorenzutti (MDB), cotado a vice do prefeito, 6,7%; e então Arnaldinho, com 5,2%.

Lá atrás
Na simulação de segundo turno, esperada entre o prefeito e Ramalho, o recorte, hoje, também é bem distante: 73,3% contra 18,5%. Arnaldinho, aliás, leva em todos os cenários testados pelo instituto.

'Time PT'
Por falar em Cariacica, o evento Diálogo pelo Espírito Santo será realizado no município no próximo sábado (17), às 9h, na Apae. Com a presença de Célia Tavares e das principais lideranças do partido: senador Fabiano Contarato, deputados federais Helder Salomão e Jack Rocha, e deputados estaduais Coser e Iriny Lopes. Agora vai?

Nova rodada
Em Vitória, depois de rodar pelos bairros para debater demandas, o deputado estadual João Coser (PT), em articulação para disputar novamente a prefeitura, vai iniciar um novo ciclo de encontros. Desta vez anuncia como foco a elaboração do seu programa de governo. Será nesta quinta-feira (16), às 18h30, no clube Álvares Cabral.

De olho!
As declarações do deputado estadual Fabrício Gandini (PSD), depois da saída do páreo já esperada do colega de plenário Tyago Hoffmann, de que está vivo no jogo, tenta uma reposicionada no tabuleiro. Se vai vingar, já são outros 500...

Nas redes
"Com profundo pesar, registro a perda do Dr. Leandro Medice, que partiu enquanto prestava auxílio às vítimas das chuvas no RS. Sua generosidade e solidariedade permanecerão de exemplo para todos nós. Meus sentimentos à família e amigos neste momento". Renato Casagrande, governador do Estado pelo PSB.

FALE COM A COLUNA:

Veja mais notícias sobre Socioeconômicas.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 13 Junho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/