Dólar Comercial: R$ 5,56 • Euro: R$ 6,58
Sexta, 23 Outubro 2020

Não sai de cena

Não sai de cena


O governador Paulo Hartung finge que não está nem está ligando para a disputa deste ano, desde que jogou a toalha de se candidatar à reeleição, porém, está longe, muito longe de convencer. Mais do que ciente de que as disputas deste ano colocarão suas gestões e imagem à prova, Hartung se mexe nos bastidores para armar o cenário “menor pior” para os seus interesses, garantindo o enfrentamento ao adversário Renato Casagrande (PSB), que ressurgiu na frente do governador feito pesadelo. Diante das movimentações que colocam gás nas alianças do palanque socialista, Hartung reúne os partidos da base, que sempre estiveram sob sua batuta, ao redor da senadora Rose de Freitas (Podemos), de quem finge, também, manter distância. Nessa de se fazer de morto enquanto a mesa de articulação pega fogo, o jogo avança. E, como sempre, com a digital de quem sempre regeu o mercado político capixaba. Sair de cena? Sei!


Casamento arranjado

Assim como o mercado político, as redes sociais também não compram essa de Hartung. A aliança “na surdina” do governador com a senadora Rose de Freitas virou meme, que já ganhou a internet e o WhatsApp.


Cabo de guerra

O que está difícil de montar nessa grupo são as pernas das proporcionais. Com muitos nomes pesados, é a briga do salve-se quem puder, e ninguém se entende direito. Para não esquecer: “Abrace o Paulo!”


Cabo de guerra II

Entre os pesos-pesados, têm, por exemplo, a bancada do MDB para estadual, com Dr. Hércules, Luzia Toledo e José Esmeraldo, e Neucimar Fraga (PSD) na disputa à Câmara dos Deputados. 


Vaquinha

Voltando a Casagrande, demorou um pouco, mas ele se rendeu ao financiamento de campanha colaborativo. Com o apelo “Contribua com nosso projeto de futuro para o ES”, ele pede ajuda para realizar uma “campanha forte e abrangente”. Quem dá mais?



Mais do mesmo

O PTB vende o peixe de que o empresário Aridelmo Teixeira, da Fucape, pode ser o “novo” do pleito ao governo do Estado. Mas como? Ele representa, ninguém menos, do que a mesma ONG ES em Ação que ditou as regras nos governos Hartung e Casagrande. Novo-velho!


Já não anunciou?

Em meio às intensas especulações do mercado político, o PSL comunica que anunciará, nesta quarta-feira (25), seu candidato ao governo do Estado. Desde que o jogo eleitoral bagunçou, o nome do deputado federal Carlos Manato voltou às rodas. Mas, até que se prove o contrário, o candidato é o novato tenente-coronel Carlos Alberto Foresti. 


Já não anunciou II?

A convocação de coletiva para esse fim ocorre depois da convenção do partido que oficializou o palanque do presidenciável Jair Bolsonaro (RJ) e reforçou a determinação de candidatura local ao governo. A questão é: haverá mudanças ou o comunicado é só pra dizer que permanece tudo como está?


Segue...

Poucos dias depois, na próxima terça-feira (31), será a vez do “grande evento” que Bolsonaro ficou devendo no Estado. Ele participará da convenção do partido no Clube Álvares Cabral, às 19 horas, em Vitória. Lá serão definidos os demais candidatos majoritários e proporcionais.


Aposta única

O PSC também marcou sua convenção. Será no próximo sábado (28), às 9 horas, na Câmara de Vitória, quando será homologada a candidatura à Câmara Federal do vereador de Vila Velha, Reginaldo Almeida.


PENSAMENTO:

“Quando vires um homem bom, tenta imitá-lo; quando vires um homem mau, examina-te a ti mesmo”. Confúcio

Veja mais notícias sobre Socioeconômicas.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sábado, 24 Outubro 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/

No Internet Connection