Dólar Comercial: R$ 5,02 • Euro: R$ 6,11
Sexta, 26 Fevereiro 2021

Recurso na mesa

daviesmael_5_camara_cmv CMV
CMV

O presidente da Câmara de Vitória, Davi Esmael (PSD), terá que explicar os critérios (ou a falta deles) que adotou para definir a ocupação das 58 cadeiras das 18 comissões permanentes da Casa, resultando no isolamento da vereadora Camila Valadão (Psol), que é oposição ao prefeito Lorenzo Pazolini (Republicanos), como divulgado aqui na última quinta-feira (4). O mandato de Camila, que contestou a distribuição, oficializou nesta segunda-feira (8) o recurso interno que pretende anular o ato da Mesa Diretora. Ela alega violação ao Regimento Interno e falta de proporcionalidade, já que foram destinados espaços diferentes a partidos com o mesmo número de vereadores que o Psol. Embora tivesse pleiteado participação em quatro colegiados, Camila só conseguiu uma vaga na Comissão de Direitos Humanos e Cidadania, como presidente. Na Câmara, ela é a única dos 15 vereadores nessa situação. Eleita como a segunda mais votada em 2020 e declaradamente contrária à linha ideológica e bandeiras de Pazolini, Camila exerce oposição contundente, consolidando-se como um dos poucos calos no sapato do prefeito no legislativo municipal. Davi Esmael, por outro lado, tem a missão de garantir "escudos" e "zero obstáculos" ao aliado e amigo Pazolini. Enquanto a vereadora ficou apenas com essa função, partidos da base do prefeito, como o Patriota e o PSL, embora com a mesma representação no legislativo municipal, garantiram muito mais: nove e oito cadeiras, respectivamente. E, aí, Davi Esmael?!

Direitos das mulheres
Camila, só para recordar, pretendia atuar também nas comissões de Defesa e Promoção dos Direitos das Mulheres; Saúde e Assistência Social; e Educação. Reforço o que já tratei aqui: a de Mulheres é inconcebível. Negou a função de membro para Camila, para entregar a um vereador, Maurício Leite (Cidadania). Lê só mais uma vez o nome do colegiado...

Fatias do bolo
Além do Psol, Patriota e PSL, conquistaram uma cadeira na Câmara o PV, Republicanos, PSC, PDT, Podemos, PSB, PT e PTB. A maioria deles com cinco/quatro funções em colegiados. Menos o PSB, PTB e PT, com duas cada.

Agora...
...é aguardar os próximos capítulos. Terá, de fato, dança das cadeiras nas comissões?

Só muda o endereço
Ainda nesse assunto, só que pulando para Assembleia Legislativa, polêmica com as interferências e articulações envolvendo o executivo. O deputado estadual Sergio Majeski (PSB) criticou, na sessão ordinária desta segunda-feira (8), que as escolhas passem muito mais pelo Palácio Anchieta e a Casa Civil do que pelo próprio legislativo. Neste caso, quem coordena tudo é Erick Musso (Republicanos).

Só muda o endereço II
Nas próximas sessões, serão definidos os cargos de presidentes e vice nas comissões, com previsões de redução de espaços também para opositores. A conferir, o novo panorama!

Time ACM
Com o DEM e ACM Neto no olho do furação no campo nacional, devido à derrota do candidato de Rodrigo Maia (RJ) na eleição da presidência da Câmara dos Deputados, o deputado estadual Theodorico Ferraço resolveu "prestar solidariedade" ao presidente nacional de sua legenda na sessão ordinária. Ele considerou declarações de Maia sobre falta de articulação de ACM Neto como "inconsequência" e "infelicidade".

Time ACM II
Theodorico e a sua mulher, deputada federal Norma Ayub, são os "comandantes" do DEM no Estado, que enfrenta crise interna com a derrota de Baleia Rossi (MDB-SP) para Arthur Lira (PP-AL) e com a aproximação do partido ao presidente Jair Bolsonaro. As divergências sinalizam debandada da legenda de lideranças e parlamentares, mas ACM já avisou à imprensa: só libera desfiliação de Maia, o resto terá o mandato cobrado na Justiça.

Marketing
Como esperado, o ex-prefeito de Colatina, Sérgio Meneguelli (Republicanos), foi de "mais do mesmo" em relação ao convite para assumir a secretaria de Cultura de Vitória. Já sabia que não toparia, mas enrolou para dar resposta, na tática de sempre tentar valorizar o passe.

Demora
A pergunta que não quer calar, portanto, continua a mesma: por que o prefeito Lorenzo Pazolini (Republicanos) está com tanta dificuldade, assim, de escolher um secretário para a pasta?

PENSAMENTO:
"O homem é dono do que cala e escravo do que fala". Sigmund Freud

Cerco estratégico

Distribuição de cadeiras na Câmara de Vitória fecha campo para oposição.
https://www.seculodiario.com.br/socioeconomicas/estrategia-manjada

Veja mais notícias sobre Socioeconômicas.

Veja também:

 

Comentários: 2

Éfrem em Terça, 09 Fevereiro 2021 17:46

Parabéns vereador Davi Esmael pela composição das comissões.

Parabéns vereador Davi Esmael pela composição das comissões.
Agmarcarioca em Sexta, 12 Fevereiro 2021 22:33

Sergio meneguelli merece voos mais alto este eu conheço a 44 anos

Sergio meneguelli merece voos mais alto este eu conheço a 44 anos
Visitante
Sexta, 26 Fevereiro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/

No Internet Connection