Dólar Comercial: R$ 5,02 • Euro: R$ 6,11
Terça, 02 Março 2021

Respostas, já!

hudsonleal_2_tatibeling_ales Tati Beling/Ales
Tati Beling/Ales

"A quem interessa a vaga do vereador Antônio da Saúde [Cidadania] na Câmara de Brejetuba?". A pergunta foi feita nesta segunda-feira (22), no plenário da Assembleia Legislativa, pelo deputado estadual Hudson Leal (Republicanos), que denunciou há poucos dias o sequestro e ameaça sofridos pelo vereador que foi o campeão de votos no município do sul do Estado nas eleições do ano passado. A ameaça de morte, efetivada no último dia 17, foi direcionada ao seu filho,  que estuda em Vitória, gerando o pedido de renúncia do cargo de Antônio, feito "sob tortura", como apontou Hudson. O deputado, primeiro, acionou o Ministério Público do Estado (MPES) e fez também um Boletim de Ocorrência (B.O). Nesta segunda, comunicou de outra medida, a solicitação ao secretário de Estado de Segurança, Alexandre Ramalho, para que garanta escolta a Antônio da Saúde e ao filho. O parlamentar deixou claro que "toda a população de Brejetuba sabe quem é o mandante" e que o ato foi executado por "um pistoleiro conhecido da cidade, que disse nome e sobrenome", e tinha consigo, inclusive, a foto do filho do vereador. Voltando à primeira pergunta, Hudson seguiu também sem citar nomes: "Não posso julgar se foi 'João', 'Pedro' ou 'Manoel', mas qualquer um sabe a quem interessa a vaga. Tenho certeza que o MP vai tomar a atitude correta", enfatizou. O caso, sem dúvidas, exige respostas rápidas. A que ponto chegamos...

Composição
Por ordem de votação, Brejetuba elegeu, além de Antônio da Saúde, Leandro Santana (PDT), Luciana do Posto (PV), Neto (PP), Jairo Cunha (DC), Denis do Taxi (PP), Ademir Correa (Republicanos), Delurdes (MDB) e Arli Dela Costa (PDT). O presidente da Mesa Diretora é Delurdes e, Antônio, o segundo secretário.

Chapa
O Cidadania, partido do vereador, só fez uma cadeira, deixando de fora três suplentes. Josue, com 303 votos, próximo de Antônio, com 382; Josimar Benício, com 61, e Djalma Cabral, com 27. O partido integrou a coligação derrotada na disputa à prefeitura, do candidato Paulinho da Autoescola (PP), que tinha ainda PSDB, Republicanos, MDB e PV. O campeão nas urnas foi Levi da Mercedinha (PDT).

Imbatível
Por falar em Ramalho, o deputado Capitão Assumção (Patri) voltou no passado ao criticar o atual secretário de Segurança: "Rambo Midiático 2", disparou, lembrando de como era chamado Rodney Miranda, secretário do governo Paulo Hartung. Pode não concordar com Ramalho, mas Rodney é difícil de superar, viu?!

É mole?
Repercute na imprensa nacional, a imunização da deputada federal Soraya Manato (PSL) com a vacina Coronavac. Médica, ela recebeu a segunda dose nesta segunda e disse que preferia tomar de outro fabricante, "por causa dos estudos, das referências", alegou. A informação é da coluna Painel, da Folha de S.Paulo.

É mole II?
Soraya, como se sabe, é do "Time Bolsonaro" que defende o tratamento sem eficácia comprovada com hidroxicloroquina, cloroquina ou ivermectiva. Ao contrário das postagens nas redes sociais que faz sobre o assunto, nada publicou sobre ter tomado a vacina, como apurou a coluna Painel. Em um País onde "vacina é ouro", é sintomático.

Sei...
E tem mais: a deputada jurou à coluna da Folha que a resistência à Coronavac nada tem a ver com a origem chinesa da vacina, tão atacada por Bolsonaro, ou envolvimento do governador João Doria (PSDB-SP) nas negociações para sua importação e produção. Me engana, que eu gosto?

Campanha
Aliás, os dois bolsonaristas citados acima, Soraya e Assumção, estão em campanha para defender o deputado preso Daniel Silveira (PSL-RJ), após fazer ameaças ao Supremo Tribunal Federal (STF). Assumção chegou ao auge de protocolar pedido de impeachment ao ministro Alexandre Moraes, quem ordenou a prisão e abertura de investigação contra Silveira.

Mais doses
O governador Renato Casagrande participou de reunião com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), em Brasília, nesta segunda-feira, para articular a aceleração da vacinação. A estratégia é somar esforços para adquirir novas doses por meio do Fórum dos Governadores. Os senadores capixabas Fabiano Contarato (Rede) e Rose de Freitas (MDB) também participaram do encontro.

Protesto
Movimentos sociais, lideranças e moradores da Grande Vitória voltaram às ruas nesse domingo (21), para mais uma carreata por "vacinação para todos" e "impeachment já" do presidente Bolsonaro. Mesma mobilização foi realizada em outros estados do País, como tem ocorrido nos últimos meses.

PENSAMENTO:
"A força do direito deve superar o direito da força". Rui Barbosa

Veja mais notícias sobre Socioeconômicas.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 02 Março 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/

No Internet Connection