Dólar Comercial: R$ 5,02 • Euro: R$ 6,11
Quarta, 03 Março 2021

'Ressaca' prolongada

ivan_max_cvv_leonardo_sa2 CMVV/Leonardo Sá
CMVV/Leonardo Sá

Município onde a disputa deste ano registrou o enfrentamento mais duro nas últimas duas semanas, com acusações, ações judiciais e "ringue" eleitoral, Vila Velha segue sendo palco de embates políticos. Encerrado o segundo turno e declarada a vitória de Arnaldinho Borgo (Podemos) com folga em relação ao prefeito Max Filho (PSDB), a polêmica iniciada na campanha envolvendo o tucano e o presidente da Câmara de Vereadores, Ivan Carlini (DEM), além do próprio legislativo, registrou mais um capítulo na sessão ordinária dessa segunda-feira (30), no embalo dos resultados finais das urnas e na presença do prefeito eleito, que é vereador em segundo mandato. Carlini fez discurso apontando "covardia e maldade pela ganância do poder", referindo-se às declarações de Max em debate e propagandas eleitorais, quando apontou acordo entre Arnaldinho e o atual presidente da Câmara para manter sua cadeira (após sete mandatos, Carlini não se reelegeu), e ainda que os vereadores "atrasaram projetos" de sua gestão. Conhecido, pelo contrário, por se aliar a todos os prefeitos que comandaram o município nos últimos anos, inclusive com troca de partidos, Carlini disse que a Câmara "nunca rejeitou projetos de Max Filho" e que, na condição de vereador suplente, nem poderia ser presidente. "Mentira absurda", acusou, afirmando que a Câmara, de uma hora para outra, passou a ser "um monstro, uma quadrilha". Depois de Carlini veio Anadelso Pereira (Podemos), que também destacou "ataques e perseguições", e até o líder do Governo, Reginaldo Almeida (PSC), segundo ele, para "dar um testemunho público e de justiça", reiterando que a Câmara não faltou à atual administração nem ao prefeito. Ao fundo dos discursos, burburinhos de concordância e apoio. A eleição acabou, mas "roupa suja para lavar" em Vila Velha, ainda tem um monte!

Projetos
Reginaldo citou quatro projetos do executivo aprovados na Câmara, três à unanimidade: plano de cargos e salários da Guarda Municipal, fiscalização e Procuradoria; financiamento do Fundo Financeiro para o Desenvolvimento da Bacia do Prata (Fanplata); e Parceria Público-Privada (PPP) da iluminação pública. O último foi a Reforma da Previdência, que gerou discordâncias, protestos de servidores, mas também foi aprovado pela maioria do plenário.

Abalos
A matéria para contratação de operação de crédito externo ao Fonplata, no valor de U$S 34 milhões, o equivalente a R$ 130 milhões, de fato recebeu o aval da Câmara, mas não foi sem disputa de forças. Os vereadores alegaram inconstitucionalidade, muito dinheiro, e teve polêmica. Depois, Max apresentou mais detalhes, e só então veio o consenso.

Vaga
De volta a Carlini, com 28 anos de Casa, o atual presidente foi o terceiro mais votado este ano, mas não entrou. Ele é o primeiro suplente do campeão de votos, Rogério Cardoso (DEM), que foi reeleito. Para Carlini entrar, Cardoso tem que ser nomeado na prefeitura.

Aliança
A propósito, o DEM estava na coligação de Max Filho, junto com PP, DC, PSB e PSC, e não de Arnaldinho. Esses partidos, além do PSDB, elegeram seis vereadores: Patrícia Crizanto (PSB), Osvaldo Maturano (PSDB), Welber da Segurança (PSDB), Jonimar (PSC), Renzo Mendes (PP) e Devacir Rabello (DC).

Aliança II
Já o Podemos, de Arnaldinho, elegeu Anadelso e Bruno Lorenzutti. O palanque contou ainda com o PTC, que terá Leo Pindoba e Flavio Pires na Câmara, e com o Solidariedade, que não entrou.

Mapa legislativo
As demais cadeiras serão ocupadas por Joel Rangel (PTB), Fabio do Valle (Patriota), Romulo Lacerda (PSL), Devanir Ferreira (Republicanos), Tita (PSD) e D'Orleans Sagais (PV).

Cardápio
Em visita a Vitória nesta quarta-feira (2), para participação em evento empresarial, o vice-presidente da República, Hamilton Mourão (PRTB), foi recebido pelo governador Renato Casagrande no Palácio Anchieta, junto com a vice, Jaqueline Moraes, e dos secretários de Planejamento, Alvaro Duboc, e de Governo, Tyago Hoffmann. No cardápio a tradicional moqueca, rosbife e... pedido de ajuda para viabilizar obras.

Cardápio II
O governador citou o Corredor Centro-Leste e o Contorno do Mestre Álvaro. Depois, em seu Twitter, afirmou: "O diálogo é sempre o melhor caminho". Casagrande, como se sabe, está sempre na mira do presidente Jair Bolsonaro.

Quase ex e atual
Por falar nisso, na visita ao presidente do agora "badalado" (vai entender) prefeito de Colatina, Sérgio Meneguelli (Republicanos), em Brasília, nesta quarta, também foi o eleito, Guerino Balestrassi (PSC). O deputado federal Evair de Melo (PP) publicou foto dos três e até filmou a descida da rampa interna do Palácio do Planalto. Ai, ai...

PENSAMENTO:
"A parte que ignoramos é muito maior que tudo quanto sabemos". Platão

Veja mais notícias sobre Socioeconômicas.

Veja também:

 

Comentários: 2

RONALDO CHAGAS em Quarta, 09 Dezembro 2020 18:09

O povo de Vila Velha vai sentir saudades da administração de Max Filho. Nunca, um prefeito foi tão transparente, agindo com austeridade e competência.
Quanto a campanha, é salutar a alternância no poder. Contudo, vale ressaltar as traições, daqueles que ficaram gerenciando orgãos da prefeitura, por 4 anos, recebendo as benesses, preparando o cenário eleitoral, e depois mudaram de rumo.
A história vai cobrar destes agentes políticos, a postura nada disciplinar.

O povo de Vila Velha vai sentir saudades da administração de Max Filho. Nunca, um prefeito foi tão transparente, agindo com austeridade e competência. Quanto a campanha, é salutar a alternância no poder. Contudo, vale ressaltar as traições, daqueles que ficaram gerenciando orgãos da prefeitura, por 4 anos, recebendo as benesses, preparando o cenário eleitoral, e depois mudaram de rumo. A história vai cobrar destes agentes políticos, a postura nada disciplinar.
Marcos Vinicius em Quinta, 10 Dezembro 2020 18:48

Ronaldo, acho que você está fazendo parte dessa gestão pela primeira vez, pois no ano de 2000, seu candidato usou verbas de gabinete da Assembleia Legislativa, e ainda rodou de avião em propriedades privadas usando sua politica suja para eleger-se, e ainda estava com o apoio do ex-senador Paulo Hartung em seu palanque, o mesmo usou esse benefício e quando chegou à prefeitura virou-se as costas para o então ex- senador lançando seu pai Max Mauro para disputar o cargo de governador junto com aquele que tinha mais ajudado. Vale lembrar que quem gosta de traição é a família Mauro pois tem sempre em seus palanques pessoas aliadas, e quando ganham as eleições viram as costas para os mesmos.
É lamentável um gestor com a máquina na mão e usando todas as artimanhas em seu favor e ganhar em apenas em um bairro e com a diferença de 10 votos. Está na hora de todos vocês reverem os erros e juntar os caquinhos para as próximas eleições, isso é se o próximo perfeito assim permitir, pois vocês tem que torcerem para a próxima gestão não ser competente, pois caso contrário essa família Mauro não ganha nem para síndico de prédio.

Ronaldo, acho que você está fazendo parte dessa gestão pela primeira vez, pois no ano de 2000, seu candidato usou verbas de gabinete da Assembleia Legislativa, e ainda rodou de avião em propriedades privadas usando sua politica suja para eleger-se, e ainda estava com o apoio do ex-senador Paulo Hartung em seu palanque, o mesmo usou esse benefício e quando chegou à prefeitura virou-se as costas para o então ex- senador lançando seu pai Max Mauro para disputar o cargo de governador junto com aquele que tinha mais ajudado. Vale lembrar que quem gosta de traição é a família Mauro pois tem sempre em seus palanques pessoas aliadas, e quando ganham as eleições viram as costas para os mesmos. É lamentável um gestor com a máquina na mão e usando todas as artimanhas em seu favor e ganhar em apenas em um bairro e com a diferença de 10 votos. Está na hora de todos vocês reverem os erros e juntar os caquinhos para as próximas eleições, isso é se o próximo perfeito assim permitir, pois vocês tem que torcerem para a próxima gestão não ser competente, pois caso contrário essa família Mauro não ganha nem para síndico de prédio.
Visitante
Quarta, 03 Março 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/

No Internet Connection