Dólar Comercial: R$ 5,62 • Euro: R$ 6,67
Segunda, 26 Outubro 2020

‘Traidores'

‘Traidores'


Os deputados federais do PSB no Estado, Felipe Rigoni e Ted Conti, estão entre os membros do partido considerados “traidores” por confirmarem, na noite desta quarta-feira (10), a votação em favor da reforma da Previdência do governo Jair Bolsonaro, na contramão da determinação na Nacional, que considera imperdoável apoiar uma medida que considera prejudicar os trabalhadores e mais pobres. A legenda vem se colocando contra a proposta desde o início dos debates no Congresso, fez até campanha própria nesse sentido, e, para não ter dúvida, reafirmou o posicionamento em reunião há dois dias, véspera da análise da matéria. A decisão do presidente nacional, Carlos Siqueira, não abria exceções, pelo contrário, a ameaça é de expulsão dos 11 entre os 32 deputados da bancada do partido que acataram o texto-base da reforma, o que deverá ser feito por meio de processo aberto na Comissão de Ética do PSB. A situação piorou bem para o lado deles, já que esses votos não eram decisivos para a aprovação, considerando a previsão do placar que antecipou a votação e, depois, confirmado em plenário: 379 a 131. Se não houver recuo do PSB nessa questão, a bancada na Câmara será reduzida em 30%. No caso do Espírito Santo, sairá da legenda a surpresa do pleito de 2018 e primeiro deputado federal cego do País, Felipe Rigoni, e o também novato Ted Conti, que assumiu a vaga de Paulo Foletto, hoje secretário estadual. Os dois entram, desde já, na linha de tiro da Nacional.


Outra língua

Rigoni, logo após a votação, usou suas redes sociais para enaltecer a reforma, dizendo que “pontos polêmicos foram alterados para corrigir injustiças” e, em posição completamente antagônica do PSB, afirmou que não prejudica os mais pobres; cobra mais dos mais ricos; e corrige uma desigualdade histórica da Previdência brasileira.


No aguardo...

Já Ted Conti não correu para as redes sociais. O texto ainda vem ou... melhor deixar quieto?


Próximos capítulos

O PSB, como se sabe, é o partido do governador Renato Casagrande, que também defende a reforma, apesar de algumas críticas. A pergunta da vez é como ele atuará nos bastidores diante da atual polêmica interna e na condução do seu próprio pleito de incluir o Espírito Santo nas alterações, o que provocou protesto do Sindicato dos Trabalhadores Servidores Públicos (Sindipúblicos).


Próximos capítulos II

Antes filiado ao PSDB, Rigoni foi levado para o atual partido após relações estabelecidas com Casagrande por meio de seu filho, Victor Casagrande, amigo e hoje chefe de gabinete do deputado federal.


Vitrine

Com a imagem em baixa por conta de denúncias em diversas áreas, como a Saúde, o prefeito de Cariacica, Juninho (PPS), vai atrair os holofotes para si nesta sexta-feira (12), em inauguração de obra anunciada como o maior centro esportivo público do Espírito Santo. Ao lado dele estarão o ministro da Cidadania, Osmar Terra, e a senadora Rose de Freitas (Pode).


Vitrine II

Os recursos para o complexo Estação Cidadania-Esporte, localizado entre Itacibá e Nova Brasília, somam mais de R$ 4 milhões e caem na conta da senadora, apontada como a responsável pela articulação no governo federal. Vai sobrar político na solenidade – claro ou com certeza?


Reação

Em Conceição da Barra, norte do Estado, repercute com indignação a exoneração, nessa terça-feira (9), da chefe do Posto de Atendimento Veicular (PAV) ligado ao Ciretran de São Mateus, Marlene dos Santos Balbino, que apesar de mais de 20 anos de atuação pelo Departamento de Trânsito do Estado (Detran), sai para abrir espaço a uma indicação política. Marlene é conhecida na região e filha do Mestre do Ticumbi por mais de 60 anos, Terto Balbino.


Segue...

No mesmo dia do ato de exoneração, foi publicada a nova nomeação, ambos assinados pelo diretor do Detran e ex-deputado federal Givaldo Vieira. Quem entra é Angelo Rodrigues Pereira Figueiredo, apontado por lá como filho da ex-presidente da Câmara de Vereadores, Mirtes Eugênia Rodrigues (PL), hoje primeira-secretária da Mesa Diretora.


 PENSAMENTO:

“O poder é o camaleão ao contrário: todos tomam a sua cor”. Millôr Fernandes

Veja mais notícias sobre Socioeconômicas.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Segunda, 26 Outubro 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/

No Internet Connection