Domingo, 14 Julho 2024

Indígenas capixabas relembram luta por demarcação

mayno_guarani_foto_ligia_sancio Ligia Sancio

Há quase 20 anos, os indígenas Tupinikim e Guarani do Espírito Santo se uniam e intensificavam a luta para demarcar parte de seu território que havia sido invadido pelo monocultivo de celulose. Com apoio de vários movimentos sociais, realizaram a autodemarcação, a retomada de áreas que foram antigas aldeias e também uma emblemática ocupação da fábrica da Aracruz Celulose (hoje Suzano). 

Foi graças a essa mobilização que alguns anos depois foi oficializada a segunda demarcação na região, complementando o território que já havia sido reconhecido. Recentemente, o projeto Olhar Milenar lançou o acervo "Um Olhar Sobre a Luta Territorial Tupinikim e Guarani no ES"*, reunindo fotos e vídeos da época registrados pela ativista Lígia Sancio e depoimentos de quem viveu este momento histórico. 

A TV Século foi até aldeias em Aracruz acompanhar o momento em que o acervo foi entregue a lideranças dos povos, que observaram as imagens e relembraram momentos dessas lutas que marcaram uma geração e constituem parte de suas vidas.

----

* * Parte do material pode ser encontrado aqui.

** Inscreva-se no canal do Século Diário no YouTube e ative o sininho para acompanhar as novidades.

Veja mais notícias sobre TV Século.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Segunda, 15 Julho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/