Dólar Comercial: R$ 5,02 • Euro: R$ 6,11
Sábado, 27 Fevereiro 2021

Arnaldinho Borgo prega união para o futuro de Vila Velha e ressalta 'recado das urnas'

arnaldinho_comemoracao_divulgacao Divulgação
Divulgação

Em sua primeira entrevista após o resultado das urnas em Vila Velha neste domingo (29), o vereador Arnaldinho Borgo (Podemos) pregou "união para o futuro do município" e voltou a ressaltar "o resultado das urnas", segundo ele, mostrando "o desejo da cidade por novo tempo, por nova cultura de gestão inovadora, digital e pró ativa". 

Ao lado do vice-prefeito eleito, Dr Victor Linhalis, do presidente estadual do partido Podemos, Gilson Daniel, e de vereadores eleitos, Arnaldinho disse que está muito motivado e que vai liderar o processo de transição. "É um momento muito feliz e importante. Vamos propor uma transição pacífica, técnica e democrática. O processo eleitoral passou e vamos trabalhar para possamos desenvolver nossa cidade", afirmou.

Arnaldinho foi recebido por militantes no bairro onde mora, em Praia de Gaivotas. Durante o discurso para os eleitores, apoiadores, militantes, vereadores, lideranças políticas e a família, reforçou a importância da participação popular durante sua eleição e, a partir de 1° de janeiro, na gestão municipal. "Vamos construir um futuro juntos. Entendemos o recado da população, sabemos da responsabilidade, mas vamos trazer o desenvolvimento para nossa cidade. Obrigado pela confiança. Meu vice e eu vamos trabalhar muito. Vamos montar uma equipe técnica, sem toma lá dá cá, para de fato termos política nova e eficiente", concluiu.

Vereador em segundo mandato e de oposição à atual gestão estadual, Arnaldinho Borgo (Podemos) confirmou o favoritismo conquistado nas últimas semanas de campanha e venceu a eleição com 69,03% dos votos (111.749), distante do prefeito Max Filho (PSDB), que somou 30,97% (62.236). Abstenções somaram 28,76% e brancos e nulos 10,51%.

O prefeito eleito começou na política seguindo os passos do pai, o ex-vereador Arnaldo Borgo (in memoriam). Foi eleito vereador pela primeira vez em 2012, com 2.027 votos e, em 2016, disputou a reeleição e foi vencedor com 5.392 votos, tornando-se o vereador mais votado da história de Vila Velha. Em 2018, tentou uma vaga como deputado estadual e obteve 15.364 votos, mas não foi eleito. Ele também foi secretário municipal de Assistência Social entre 2014 e 2015, na gestão de Rodney Miranda.

Veja mais notícias sobre Cidades.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sábado, 27 Fevereiro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/

No Internet Connection