Quarta, 29 Junho 2022

Chuvas no Rio de Janeiro deixam Bom Jesus do Norte em alerta

rio_itabapoana_ImagemReproducao Reprodução

O secretário da Defesa Civil e secretário de Planejamento, Habitação, Trabalho, Desenvolvimento Urbano, Rural e Social, Carlos José Ribeiro Vieira, o Cazé, informa que a cidade de Bom Jesus do Norte, no sul, está em alerta por causa das chuvas que caem no município de Varre-Sai, no noroeste do Rio de Janeiro. Há possibilidades, conforme afirma, de as águas da represa dessa cidade atingirem a de Guaçuí, no Caparaó, e, posteriormente, o Rio Itabapoana.

Cazé explica que ainda aguarda informações sobre se, de fato, isso pode vir a acontecer, mas diante da dúvida, a Defesa Civil está em "alerta máximo". O Rio Itabapoana chegou a ter seu nível elevado em três metros no dia 28 de dezembro, quando o Rio Calçado, em São José do Calçado, no Caparaó, elevou em virtude das fortes chuvas. A cheia atingiu duas ruas no bairro Silvana e uma no Centro, perto da rodoviária.

Entretanto, somente uma família, formada por seis pessoas, ficou desalojada, pois a água invadiu o quintal da casa, mas não a adentrou, não havendo perdas materiais. Atualmente o nível do rio continua elevado em cerca de 1,30 metro. Em São José, o nível do rio subiu cerca de dois metros e deixou 90% do Centro da cidade destruída. Cerca de 300 famílias ficaram desabrigadas, mas 100 já retornaram para suas casas.

Também houve enchente em Pinheiros, no norte, em 29 de dezembro. Vinte famílias ficaram desalojadas, além de ter havido queda de muros. O Centro foi o local mais atingido pelo temporal, que começou por volta das 16h, durando cerca de 45 minutos, mas registrando uma média de 120 milímetros.

Previsão do tempo

O Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) não prevê chuvas fortes no decorrer desta semana no Espírito Santo. A estimativa é de que haja alternância entre sol e chuvas, como as esparsas, rápidas e em pontos isolados. A possibilidade de tempo chuvoso tem sido uma preocupação diante das enchentes já ocorridas no estado e em outras localidades, como na Bahia.

Para esta terça-feira (4), na Grande Vitória, ou seja, Cariacica, Vitória, Vila Velha, Viana, Fundão, Serra e Guarapari, a previsão é de chuva rápida entre a madrugada e a parte da manhã, e tempo aberto nos demais horários, além de vento moderado no litoral.

No sul, poucas nuvens e calor. Não há expectativa de chuva na região e o vento sopra de maneira moderada no litoral. Essa localidade abrange Alegre, Alfredo Chaves, Anchieta, Apiacá, Atílio Vivacqua, Bom Jesus do Norte, Cachoeiro de Itapemirim, Divino de São Lourenço, Dores do Rio Preto, Guaçuí, Ibatiba, Ibitirama, Iconha, Irupi, Itapemirim, Iúna, Jerônimo Monteiro, Marataízes, Mimoso do Sul, Muqui, Piúma, Presidente Kennedy, Rio Novo do Sul e São José do Calçado.

Na Região Serrana, que abarca Afonso Cláudio, Brejetuba, Castelo, Conceição do Castelo, Domingos Martins, Marechal Floriano, Santa Leopoldina, Santa Maria de Jetibá, Santa Teresa, Venda Nova do Imigrante e Vargem Alta, haverá predomínio de sol e chance de chuva esparsa ao longo do dia nos trechos leste e norte.

Também nesta terça-feira, a previsão é de predomínio de sol e possibilidade de chuva ao longo do dia na região norte, que contempla os municípios de Ecoporanga, Boa Esperança, Montanha, Mucurici, Pedro Canário, Pinheiros e Porto Belo.

Na noroeste, a previsão é semelhante, mudando somente o fato de que a estimativa é de que a chuva seja esparsa. Fazem parte dessa região as cidades de Água Doce do Norte, Águia Branca, Alto Rio Novo, Baixo Guandu, Barra de São Francisco, Colatina, Governador Lindemberg, Itaguaçu, Itarana, Laranja da Terra, Mantenópolis, Marilândia, Nova Venécia, Pancas, São Domingos do Norte, São Gabriel da Palha, Vila Valério e Vila Pavão.

No nordeste, que abrange Aracruz, Conceição da Barra, Ibiraçu, Jaguaré, João Neiva, Linhares, Rio Bananal, São Mateus e Sooretama, a previsão é de chuva rápida entre a madrugada e manhã e tempo aberto nos demais horários. Vento moderado no litoral.

Para esta quarta (5), a previsão é de poucas nuvens e calor na Grande Vitória, sem expectativa de chuva e vento moderado no litoral. Na Região Sul, predomínio de sol e calor. A partir da noite, previsão de chuva em alguns pontos da região. O Incaper também estima que haja vento com moderada intensidade no litoral. Assim como a sul, a Serrana será de predomínio de sol e calor. A partir da noite, previsão de chuva em pontos isolados apenas no trecho sul da região.

Na Região Norte, a estimativa é de poucas nuvens e calor, sem expectativa de chuva, assim como na noroeste e na nordeste.

Para a quinta-feira (6), a estão previstos sol entre nuvens e chuvas à noite em todas regiões, menos na norte, cuja previsão é de poucas nuvens e calor, sem expectativa de chuva. No que diz respeito à sexta-feira (7) e ao sábado (8), o Incaper não traz detalhes sobre as cada região.

Em relação a sexta-feira, o Instituto afirma que haverá "mudança nas condições do tempo em todo o Espírito Santo". De acordo com a autarquia, o sol aparece entre algumas nuvens e chove, em alguns momentos do dia, em todo o Estado devido à atuação da Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS). As temperaturas diminuem em todas as regiões e o vento sopra com moderada intensidade por todo o litoral.

Já o sábado, informa o Incaper, será de tempo instável em todo o Espírito Santo, com sol entre nuvens e chuva em alguns momentos do dia em todo o Estado.

Veja mais notícias sobre Cidades.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quarta, 29 Junho 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/