Quarta, 24 Julho 2024

Lorena Vasques se lança como a única mulher pré-candidata em Cachoeiro

lancamento_lorena_divulgacao Divulgação
Divulgação

Lorena Vasques foi oficialmente lançada pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB) como pré-candidata a prefeita de Cachoeiro de Itapemirim, no sul do Estado, em um grande evento realizado na noite dessa quarta-feira (5), em um conhecido clube da cidade. Em seu discurso, a ex-secretária fez questão de frisar o fato de ser uma mulher em um ambiente tradicionalmente dominado por homens.

"Por amar essa cidade, por ser filha da terra, e por ter a sensibilidade da mulher para olhar detalhes, cuidar de pessoas e acreditar que a nossa cidade pode ser ainda melhor que eu peço o apoio de vocês no início da caminhada", afirmou Lorena.

"Eu sei que não será fácil, Cachoeiro nunca teve uma prefeita mulher. Me orgulho muito por ser mulher e por estar encorajada a iniciar essa caminhada, demonstrar a minha capacidade de gerir, a minha capacidade de dialogar…e, sobretudo, a minha disposição de trabalhar incansavelmente, dia e noite, por esta cidade", completou.

Diante de uma plateia lotada por pessoas que fazem parte da atual gestão municipal, além de diversas figuras da política local e regional, Lorena Vasques narrou sua trajetória: da garota que se formou em Direito em Cachoeiro, passando pela primeira experiência em gestão pública em Vitória até o retorno à cidade natal e a ascensão meteórica durante os dois mandatos do prefeito Victor Coelho (PSB).

Entre os presentes, estavam vereadores da base do prefeito – Diogo Lube, Arildo Boleba, Sandro Iramão e Rodrigo Sandi (PDT); Alexandre de Itaoca (PSB); Vandinho da Padaria, Léo Cabeça e Ely Esscarpini (PSDB).

Do PSB, compareceram lideranças estaduais, como o presidente da sigla, Alexandre Gavini, e o deputado estadual Tyago Hoffmann, vice-líder de governo na Assembleia Legislativa. Mandaram vídeos de saudação o governador Renato Casagrande e, a surpresa da noite, Tabata Amaral, deputada federal e pré-candidata a prefeita de São Paulo.

Já com jingle de campanha na rua, o lançamento oficial da pré-candidatura de Lorena Vasques foi uma demostração de força da gestão Victor Coelho, num momento em que o prefeito é bastante cobrado para apresentar resultados das obras de macrodrenagem na região central do município. O recuo na tentativa de empréstimo de R$ 50 milhões para investimento em mais obras também foi uma derrota recente para Coelho.

Mais pré-candidatos

Na concorrência com Lorena Vasques, o deputado estadual Theodorico Ferraço (PP) continua se articulando, visando uma campanha para retornar à chefia do Poder Executivo cachoeirense pela quinta vez. Por enquanto, nada de anunciar o vice da chapa, apesar da promessa feita na semana passada.

O advogado Diego Libardi (Republicanos) é outro que está com pré-campanha na rua. Os deputados estaduais Dr. Bruno Resende (União) e Allan Ferreira (Podemos) continuam unidos a Diego, apesar de fazerem parte da base do governador Renato Casagrande na Assembleia. 

Já o ex-prefeito Carlos Casteglione (PT), por enquanto, tem se concentrado em divulgar ações de seu trabalho como subsecretário de Estado do Trabalho, Emprego e Geração de Renda. Com pré-candidatura lançada em fevereiro, ele conta com o apoio de siglas de esquerda.

A extrema direita, por sua vez, será representada em Cachoeiro nas eleições municipais por Léo Camargo (PL), vereador que entrou na disputa majoritária após a desistência de Júnior Corrêa (Novo), seu colega na Câmara Municipal.

Veja mais notícias sobre Cidades.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quarta, 24 Julho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/