Terça, 09 Agosto 2022

Editais do Funcultura 2022 devem ser lançados até agosto

secult_es_secom Secom

POLÍTICAS CULTURAIS

Secult prepara lançamento de novos editais de cultura 

No final de junho voltou a ser lançado o edital de Locomoção do Fundo Estadual de Cultura (Funcultura), que permite que artistas, pesquisadores, produtores e outros agentes culturais possam realizar viagens relacionadas a intercâmbio e difusão de seus trabalhos fora do Espírito Santo. Além disso, a Secult iniciou diálogo com as câmaras representantes dos diversos setores da cultura para ajustar detalhes para que os demais editais de fomento à cultura para 2022 sejam publicados até agosto, já que durante as campanhas eleitorais tal ação fica proibida. Enquanto isso, os resultados de alguns dos editais de 2021 ainda estão por ser divulgados aqui.

Espírito Santo terá investimento de R$ 30 milhões em patrimônio histórico

Na última semana, o governador Renato Casagrande (PSB) assinou um decreto que cria um investimento de R$ 30 milhões para revitalização e restauração de patrimônio material tombado no Espírito Santo. O modelo funcionará por meio de repasse Fundo a Fundo, em que o governo estadual transferirá para os município capixabas recursos para tal finalidade. Os municípios terão 1o de julho a 31 de agosto para inscrever seus projetos.

Vitor Taveira

Municípios começam a receber recursos Fundo a Fundo

Aliás, a política Fundo a Fundo foi inaugurada com o repasse dos recursos de Co-Investimentos Culturais para os municípios que conseguiram se cadastrar no projeto em que o governo estadual descentraliza recursos mediante contrapartidas financeiras dos municípios, somando valores dos dois entes para o fomento da cultura. Essa política permite investimentos em diversas áreas nos municípios que tenham conselho e fundo de cultura ativos. O primeiro a receber esse tipo de repasse foi São Mateus, que terá seus investimentos próprios de R$ 133,75 mil dobrados por investimento de igual valor oriundo de recursos estaduais, somando R$ 267,5 mil para a cultura pelo o Fundo a Fundo. Em Vila Velha, que recebe o segundo maior montante, atrás apenas da Serra, o Conselho Municipal de Cultura definiu na última reunião como serão divididos os quase R$ 900 mil nas diferentes categorias e linguagens da arte e cultura. No total, 46 dos 78 municípios capixabas foram habilitados para receber o Fundo a Fundo, em investimentos conjuntos que devem somar R$ 8,3 milhões.

Mudanças na Secretaria de Cultura de Cariacica

Cláudio Postay/ PMC

Em Cariacica, uma mudança surpreendeu os agentes culturais do município. Nina Santos (foto), irmã do deputado Marcelo Santos e filha do ex-prefeito Aloízio Santos, deixou seu cargo de secretária municipal de Cultura e Economia Criativa (Semec), e assumiu novo cargo junto ao gabinete do prefeito Euclério Sampaio (União Brasil). Junto a isso, a secretaria de Cultura foi fundida com a pasta de Turismo, antes ligada à Sedec e agora atende à nomenclatura de Secretaria de Cultura e Turismo e à sigla Semcult. Responde de forma interina pelo órgão a servidora comissionada Leny Souza Correia,antes lotada na Secretaria de Gestão. As mudanças fazem parte de uma série de pequenos ajustes e manejos de Euclério dentro da estrutura de seu governo.

Midiateca Capixaba está no ar

Depois de atraso no cronograma inicialmente previsto, entrou no ar a Midiateca Capixaba, projeto capitaneado pela Secretaria de Estado da Cultura (Secult) para reunir online parte do acervo cultural e histórico do Espírito Santo. Lançado na última quinta-feira (30) no gabinete do governador Renato Casagrande (PSB) num dos últimos dias de permissão para esse tipo de evento por conta do calendário eleitoral, a plataforma já pode ser acessada em www.midiateca.es.gov.br. Trata-se ainda de uma versão inicial, reunindo especialmente o acervo de órgãos públicos como a própria Secult, Biblioteca Pública do Espírito Santo, Galeria Homero Massena, Museu de Arte do Espírito Santo Dionísio Del Santo, Museu do Colono, Arquivo Público e Palácio Anchieta. Mais para frente ainda devem ser inseridos acervos do Iphan, Ufes e outras entidades, além de pesquisas realizadas pela Secult e produtos dos editais do Funcultura. Assim, a plataforma reúne produtos como vídeos, fotografias, músicas, livros, obras de arte, artes gráficas, documentos, reportagens, e outros materiais produzidos no Espírito Santo ou relacionados com o Estado.

CINEMA

Longa-metragem capixaba estreia nos cinemas na próxima semana

Depois de exibido no Festival de Cinema de Vitória em junho e de circular por outras mostras e festivais no Brasil e no mundo, o filme Os Primeiros Soldados, de Rodrigo Oliveira, estreará no circuito comercial a partir do próximo dia sete de julho. A obra ficcional a história de três pessoas infectadas pelo vírus da AIDS no início da epidemia de AIDS nos anos 80. Informações sobre os locais de exibição serão divulgados na próxima semana nas páginas do filme e da produtora Pique-Bandeira Filmes. O trailer pode ser visto abaixo.

Festival de Cinema de Santa Teresa acontece em julho

PMST

A exposição coletiva "Tudo que se move ou parece que se move", lançada na última quinta-feira (30) na Galeria de Arte Espaço Universitário (GAEU), no campus da Ufes em Goiabeiras, marcou o início do aquecimento para a quinta edição do Festival de Cinema de Santa Teresa (Fectsa), que se consolidou na cidade do interior do Espírito Santo. O evento acontece de 28 a 30 de julho com cinco mostras de filmes, oficinas, palestras, apresentações culturais e outras atrações. Entre os convidados estão a atriz e youtuber Rita Von Duty, do canal Tempero Drag, e a atriz e poetisa Elisa Lucinda, homenageada desta edição, que apresentará um show poético seguido de intervenção de outros escritores. Informações aqui.

Mov.Cidade vai ocupar centro cultural Carmélia

Outro festival de cinema para anotar na agenda é o Mov.Cidade, que vai ser realizado entre os dias 19 e 21 de agosto no Centro Cultural Carmélia Maria de Souza, que foi um dos espaços de cultura mais importantes do Estado entre os anos 80 e 90, antes de cair no abandono pelo poder público. Depois de anunciados planos de ser utilizado como armazém pelo governo federal, proprietário do imóvel, houve mobilização de artista e políticos e a construção foi cedida para o governo do Estado, que está responsável por comandar as obras de reforma. Com foco em questões como sustentabilidade urbana, novas tecnologias, cidades humanas, economia criativa e empreendedorismo, o Mov.Cidade trará além de filmes relacionados com essas questões, oficinas, exposições, bate-papos e atrações como Emicida, Majur, Bixarte, César MC, Budah, Rachel Reis e outros.Dá pra imaginar, tudo isso acontecendo por lá?

MÚSICA

 

Luiza Dutra lança seu primeiro single

A cantora e compositora capixaba Luiza Dutra apresentou nas redes e plataformas musicais sua primeira canção autoral, denominada "Coração Tatuado", em parceria com Eloá Eler e Jackson Pinheiro. A obra já estreou com um videoclipe, gravado no Centro de Vitória com direção de Flora Fiorio. Assista abaixo.

ESPAÇOS CULTURAIS

Associação desmente fechamento de biblioteca comunitária

Depois de denúncia de moradores de desmonte e fechamento da biblioteca comunitária de Parque Residencial de Colina de Laranjeiras, que possui mais de 40 anos de existência, sendo a biblioteca mais antiga do município da Serra, a AMPRL alegou que o fechamento foi temporário e se deu por conta do pedido afastamento justificado da funcionária responsável por meio de atestado. A entidade afirmou estar buscando formas de modernizar a biblioteca e que qualquer projeto relacionado será submetido à aprovação dos associados. No jornal Tempo Novo, uma moradora denunciou o desmonte e esvaziamento do espaço. 

EVENTO

 

Movimento Negro Unificado promove feijoada cultural

No próximo dia 10 de julho, a partir do meio-dia, ocorre a tradicional feijoada do Movimento Negro Unificado (MNU) no Espírito Santo, que será no Clube de Pesca, localizado no bairro Mário Cypreste, em Vitória. Além do feijoada, o evento terá música com Leoni Ribeiro Trio e a realização da 40a edição do Sarau Palmarino com música e poesia. O ingresso custa R$ 50 e pode ser comprado com militantes do MNU. Mais informações no Instagram do movimento. A entidade foi criada em âmbito nacional em 1978, em meio à ditadura militar, como instrumento político de combate ao racismo, tendo como fundadores alguns dos grandes nomes do movimento negro brasileiro, como Lélia Gonzalez e Abdias do Nascimento.

Veja mais notícias sobre Cultura.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 09 Agosto 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/