Dólar Comercial: R$ 5,62 • Euro: R$ 6,67
Sábado, 24 Outubro 2020

​Lista entregue ao TRE-ES acelera avaliação de candidatos inelegíveis

samuelmeira_tre_TJES TJES

Com quase 900 nomes, o Tribunal de Contas do Estado (TCE-ES) entregou na tarde desta quarta-feira (23), ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-ES), a relação de gestores públicos e responsáveis por empresas e instituições que receberam parecer prévio ou tiveram as contas consideradas irregulares. 

O ato, realizado em sessão virtual com a presença dos presidentes das duas instituições, Rodrigo Chamoun e Samuel Meira Brasil Júnior, irá acelerar a avaliação para identificar candidatos às eleições de 15 de novembro que são inelegíveis. Os gestores que constam da relação não são automaticamente inelegíveis. Essa competência, segundo destacou o presidente do TCE, cabe à Justiça Eleitoral.

A avaliação considera a Lei Complementar 64/1990, que estabelece: os que tiverem suas contas relativas ao exercício de cargos ou funções públicas rejeitadas por irregularidade insanável que configure ato doloso de improbidade administrativa, e por decisão irrecorrível do órgão competente, salvo se esta houver sido suspensa ou anulada pelo Poder Judiciário.

"Ainda é prematuro dizer que todos são inelegíveis", explicou o desembargador Samuel Meira Brasil Júnior, ressaltando que a equipe do Tribunal Eleitoral está apta para apreciar os casos, cumprindo os prazos previstos na lei.

A relação do Tribunal de Contas é constantemente atualizada, devido a novas decisões judiciais, considerando os últimos oito anos. Esses dados agora serão encaminhados às equipes técnicas do TRE-ES, que irão cruzar outras informações a fim de determinar quem está inelegível. 

Confira a lista

Veja mais notícias sobre Justiça.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Domingo, 25 Outubro 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/

No Internet Connection