Dólar Comercial: R$ 5,02 • Euro: R$ 6,11
Quinta, 21 Janeiro 2021

​Permanece em liberdade músico que matou professor de capoeira em Itaúnas

cuara_capoeira_arquivopessoal Arquivo Pessoal

Quatro dias depois de ter confessado o assassinato do professor de capoeira Cuarassy Pedro Medeiros Del Nery, 39 anos, conhecido como Guará, ocorrido na noite de sexta-feira (18), na Vila de Itaúnas, em Conceição da Barra, norte do Estado, o músico Tiago Passos Vianna - Tiago Aranha - continua em liberdade. 

Tiago disparou três tiros nas costas da vítima, fugiu de cena do crime e se desfez da arma, apresentando-se à Delegacia Regional de São Mateus somente no dia seguinte, onde afirmou ter comprado o revólver cinco dias antes, de forma ilegal. A prisão dele depende da execução do mandado de prisão preventiva pela Justiça, expedido ainda no sábado (19).

Nessa quarta-feira (23), a Polícia Civil afirmou que não há nada de novo sobre o caso: "A Polícia Civil informa que o caso segue sob investigação na Delegacia de Polícia de Conceição da Barra. Até o momento não há detidos e nenhuma outra informação será divulgada, para preservar o andamento do inquérito", diz a nota enviada pela assessoria.

PC
A prisão preventiva foi decretada pelo juiz Samuel Miranda Gonçalves Soares. A decisão aponta "indícios suficientes de autoria e materialidade" e considera necessária a prisão preventiva "afim de que se possa garantir a manutenção da ordem pública, assegurando-se, por conseguinte, a aplicação da lei penal, não havendo, pois, quaisquer medidas cautelares outras que possam ser aplicadas em substituição à prisão".

O juiz afirma, ainda, "que não há que se falar em concessão de liberdade provisória", considerando "a gravidade do delito e ainda seus terríveis efeitos sociais".

Os fatos apontados até agora, somados ao vídeo do crime, contestam a versão de legítima defesa apontado pelo autor confesso dos disparos que mataram Cuarassy. As imagens mostram a vítima sendo alvo de provocações do criminoso, ao que respondia, repetidamente: "Vai embora, não quero te ver, você arruma confusão e fala que vai matar os outros". Depois de iniciada uma briga, Tiago entra num estabelecimento e imediatamente os disparos são efetivados.

O clima na vila, conhecida por seu bucolismo, belas paisagens e tradicional forró, é de tristeza, medo e insegurança. Em menos de 30 dias, três crimes violentos, e ainda uma tentativa de homicídio.

Guará frequentava Itaúnas desde criança, pois a família tem propriedade na vila há mais de 40 anos. Ele tinha dois filhos e ensinava o esporte para crianças em escolas de Vitória. Os familiares o descrevem como um rapaz de " riso solto, alegre e protetor".
Leonardo Sá

O assassinato do professor de capoeira ganhou forte repercussão, pela brutalidade como ocorreu. Ele foi enterrado sob homenagens no Cemitério Santo Antônio, em Vitória, com sucessivas cobranças de familiares e amigos pela rápida elucidação dos fatos e a prisão de Tiago Aranha.

Matador de professor de capoeira comprou a arma cinco dias antes do crime

Familiares e amigos, que se despediram de Cuarassy Pedro Medeiros Del Nery nesse domingo, clamam por justiça e prisão de Tiago Vianna
https://www.seculodiario.com.br/justica/matador-de-professor-de-capoeira-comprou-a-arma-cinco-dias-antes-do-crime

Veja mais notícias sobre Justiça.

Veja também:

 

Comentários: 4

Leandro em Quinta, 24 Dezembro 2020 18:08

Vi o vídeo e foi legítima defesa...

Vi o vídeo e foi legítima defesa...
Denilson Nunes Rodrigues em Sexta, 25 Dezembro 2020 08:24

Eu tbm vi, mas mudei de ideia quando soube que os 3 tiros foram pelas costas. Foi uma armadilha, pois o assassino provocou até conseguir atrair a vitima para um local fechado. Alem disso, o assassino comprou um arma ilegal 5 dias antes, não tinha porte .
Pq ele foi provocar o capoerista no trabalho dele?

Eu tbm vi, mas mudei de ideia quando soube que os 3 tiros foram pelas costas. Foi uma armadilha, pois o assassino provocou até conseguir atrair a vitima para um local fechado. Alem disso, o assassino comprou um arma ilegal 5 dias antes, não tinha porte . Pq ele foi provocar o capoerista no trabalho dele?
MATHEUS COELHO DOS SANTOS em Sexta, 25 Dezembro 2020 15:18

Descanse em paz Guarám

Descanse em paz Guarám
Lila em Terça, 29 Dezembro 2020 17:37

Nao vamos chamar o assassino de ‘músico’ não.

Nao vamos chamar o assassino de ‘músico’ não.
Visitante
Quinta, 21 Janeiro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/

No Internet Connection