Quinta, 26 Mai 2022

Natal Sem Fome: camponeses doarão 20 toneladas de alimentos

acampamento_indio_galdino_doacao_mst MST

"Queremos doar o que temos, e não o que sobra", diz Marco Antonio Carolino, dirigente do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), no vídeo de lançamento da campanha capixaba do Natal Sem Fome, produzida pelo movimento camponês. No dia 22 de dezembro, o MST pretende realizar a doação de 20 a 30 toneladas de alimentos vindos de várias regiões do Espírito Santo, num ato que acontecerá em frente à Catedral de Vitória, na Cidade Alta, centro da cidade.

Eliandra Fernandes, também dirigente nacional e estadual do MST, destaca que a atividade acontece num momento difícil, de crise sanitária, política e ambiental. "Tudo isso vem para colocar qual é o projeto das organizações sociais do campo e o que os movimentos sociais defendem, que é um projeto totalmente antagônico ao do agronegócio e desse governo genocida, esse projeto de discriminação", explica.

"Ao contrário disso, nosso projeto é de igualdade, de produção de alimentos saudáveis, pautado pela agroecologia, das relações sociais saudáveis entre homens e mulheres, do respeito a toda essa diversidade do novo povo. Esse é um momento para dizer que vale a pena lutar, que precisamos continuar lutando por essa sociedade que defendemos", pontua a camponesa.

O movimento convidou todos os assentamentos e acampamentos do Espírito Santo a realizarem doações, e também abriu uma campanha a apoiadores para ajudar na realização da atividade do dia 22, que será construída junto a vários parceiros, como igrejas católica e evangélicas, associações de moradores, Levante Popular da Juventude (LPJ) e Rede Urbana Capixaba de Agroecologia (RUCA), que ajudarão na realização da atividade e na organização das pessoas de comunidades periféricas que receberão os alimentos.

Divulgação

Segundo Eliandra, o movimento pretende realizar uma atividade online com todos parceiros para planejar a construção do ato, para que além da doação dos alimentos, haja mística, atividades culturais e outra iniciativas, como o plantio de árvores, que deve ocorrer no Morro do Moscoso, por meio de parceria entre as juventudes do campo e da cidade.

A ação "Natal Sem Fome da Reforma Agrária e o projeto Sem Terra: Cultivando a Solidariedade" são iniciativas nacionais do MST com a adesão de diversos estados do Brasil. Durante a pandemia do coronavírus, o movimento estima ter doado mais de 35 toneladas de alimentos no Espírito Santo, além de ter realizado a comercialização de produtos em diversas regiões capixabas.

Veja mais notícias sobre Meio Ambiente.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 26 Mai 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/