Sexta, 21 Junho 2024

Cinco novos vereadores tomam posse em Cariacica nesta terça-feira

IlmaChrisostomo_zetiaraujo_FotoDivulacao Divulgação

A Câmara de Cariacica terá cinco novos vereadores a partir desta terça-feira (28). Com a recontagem dos votos das eleições 2020, tomarão posse Zeti Araújo (PSB); Marcos Manoel de Lyrio, o Palhinha (PCdoB); Rogério Nunes (sem partido); Ronildo Andrade (União) e Ilma Chrizostomo Siqueira (MDB). A diplomação foi imediata e a cerimônia de posse será em sessão realizada às 15h.

Perdem seus cargos César Lucas (PV), Marcelo Zonta (Cidadania), Mauro Durval (Cidadania), Juarez do Salão (PMN) e Juquinha (PMN). A recontagem dos votos foi determinada pelo desembargador Dair José Bregunce de Oliveira, do Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo (TRE/ES). A decisão foi resultado da denúncia de fraude no sistema de cotas para mulheres. Inclusive, a Casa de Leis, até agora totalmente masculina, passará a contar com duas mulheres: Ilma Chrizostomo Siqueira e Zeti Araújo.
Divulgação

Ambas afirmam que muitos acreditavam que o processo sobre a fraude não surtiria resultados. "Mesmo que não desse certo, acredito que serviria de conscientização para os partidos e para as mulheres que se permitem ser usadas por esses partidos", diz Zeti. Ilma relata que sabia que "mais cedo ou mais tarde, isso ia acontecer". "A gente estudou o processo, acompanhou, as provas eram contundentes", destaca.

A decisão que mudará a composição na Câmara foi unânime no TRE/ES, em julgamento no dia 13 de maio. A fraude na cota de gênero foi cometida pelas chapas do Cidadania, PV e PMN. O pedido de recontagem ocorreu porque, logo após as eleições, foi verificado que várias mulheres que haviam sido candidatas tiveram votação zero e não fizeram campanha, nem prestação de contas.

De acordo com o advogado de Ilma, Gelianderson Chrizostomo Siqueira, houve até caso de mãe e filha concorrendo à Câmara, com a filha declarando apoio abertamente para a mãe, além de candidatas que declararam apoio a outros, inclusive, com gravação de vídeos nas redes sociais.

A diplomação imediata e a posse já na próxima quarta-feira contrariam a expectativa de Gelianderson, que acreditava que os novos vereadores seriam empossados após o feriado de Corpus Christ. Para a previsão, ele tomou como base o fato de a Justiça Eleitoral ser mais célere e a experiência de outros municípios, como Vila Velha, que também passou pelo mesmo processo em fevereiro último. Portanto, a celeridade do processo foi ainda maior do que ele imaginava.

Veja mais notícias sobre Política.

Veja também:

 

Comentários: 1

Julio Sergio Pela Moralidade Publica em Terça, 28 Mai 2024 11:09

Uma lastima essa decisão. Melhor seria deixar os ocupantes dos Cargos terminarem seus Mandatos. Ai sim, os espertinhos que ficaram quatro anos no Poder, deveriam ficar impedidos de participar das próximas Eleições Municipais. Esta decisão no apagar das luzes, vai servir de combustível para os "espertinhos", voltarem ao Poder.

Uma lastima essa decisão. Melhor seria deixar os ocupantes dos Cargos terminarem seus Mandatos. Ai sim, os espertinhos que ficaram quatro anos no Poder, deveriam ficar impedidos de participar das próximas Eleições Municipais. Esta decisão no apagar das luzes, vai servir de combustível para os "espertinhos", voltarem ao Poder.
Visitante
Sexta, 21 Junho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/