Sexta, 21 Junho 2024

'Nós vamos disputar o segundo turno na Serra', afirma Roberto Carlos

Roberto_Carlos_PT_serra_divulgacao Divulgação
Divulgação

Nesse sábado (11), foi realizado o lançamento oficial da pré-candidatura do professor Roberto Carlos (PT) à Prefeitura da Serra, pela Federação Brasil da Esperança, formada por Partido dos Trabalhadores (PT), Partido Comunista do Brasil (PCdoB) e Partido Verde (PV). Ex-vereador e ex-deputado estadual, Roberto Carlos se mostra otimista com o cenário da disputa majoritária de outubro deste ano na cidade que representa o maior colégio eleitoral do Estado.

"Já tem algumas pesquisas na Serra e outras feitas pela imprensa de Vitória, e nós vamos disputar o segundo turno, a ida ao segundo turno. A gente percebe que existe hoje um clamor na cidade por renovação, uma nova forma de gestão, embora a população reconheça que tiveram avanços. Agora é hora de mudar de ares para avançar onde existem lacunas", afirma.

O evento de lançamento da pré-candidatura, realizado em um clube do bairro Parque Residencial Laranjeiras, contou com presença de mais de 200 pessoas – dentre elas, diversas lideranças do PT no Estado, como Fabiano Contarato; os deputados federais Helder Salomão e Jack Rocha (esta última, presidente do PT estadual); os deputados estaduais Iriny Lopes e João Coser (pré-candidato a prefeito de Vitória); e a vereadora de Vitória Karla Coser. 

Segundo Roberto Carlos, o foco agora é avançar na elaboração do plano de governo, que já conta com uma minuta inicial, e buscar o apoio de outras siglas. "Nós vamos conversar com aqueles partidos que ainda não se decidiram. A gente entende que, para ir para o segundo turno, é fundamental que a gente amplie para além da nossa federação", comenta o professor, sem mencionar nomes de partidos.

Roberto Carlos disputava com a vereadora Elcimara Loureiro a escolha interna do PT para erguer o palanque majoritário. Ele vem de duas derrotas eleitorais. Em 2022, à Assembleia Legislativa, obteve apenas 7,5 mil votos, sendo 3,9 mil votos na Serra, o décimo quarto mais votado. Em 2018, disputou o mesmo cargo pela Rede Sustentabilidade, sem êxito. Quando estava na Rede, Roberto Carlos foi secretário municipal na gestão de Audifax Barcelos (que será seu adversário este ano, disputando pelo PP) e assessor do senador Fabiano Contarato (que também migrou para o PT).

Divulgação

Cenário na Serra

O atual prefeito da Serra, Sérgio Vidigal (PDT), anunciou que não disputará a reeleição por conta da doença de sua esposa, a ex-deputada Sueli Vidigal. Para o seu lugar, Vidigal anunciou seu chefe de gabinete Weverson Meireles (PDT), que também foi secretário estadual de Turismo e tem o apoio do governador Renato Casagrande e do PSB. O casal Vidigal tem a missão, agora, de torná-lo conhecido do eleitorado, até a definição de chapas.

O conhecido adversário do prefeito e antecessor, Audifax Barcellos, vai tentar retornar ao posto pelo PP. Os dois se revezam à frente da gestão municipal há mais de 20 anos, e chegaram a sinalizar uma possibilidade de aliança, que ainda não avançou.

O deputado estadual Pablo Muribeca (Republicanos) é outro pré-candidato a prefeito da Serra que vem ganhando capital eleitoral. Tem dedicado o seu mandato na Assembleia Legislativa a desgastar a gestão municipal da Serra, e protagonizou, no fim do ano passado, a polêmica "Operação Peixada", que provocou tumulto em uma agência do Sistema Nacional de Emprego (Sine) com acusações a servidores.

Outro nome apontado como pré-candidato a prefeito da Serra é o vereador Igor Elson (PL), que já foi assessor de Magno Malta (PL). Em 2020, elegeu-se para o seu primeiro mandato parlamentar pelo Podemos. Em 2022, ficou como suplente na disputa por uma vaga de deputado estadual, tendo recebido pouco mais de 5 mil votos na Serra.

Recentemente, o partido Novo também apareceu no cenário e indicou o empresário Wilson Zon.

Veja mais notícias sobre Política.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sexta, 21 Junho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/