Dólar Comercial: R$ 5,62 • Euro: R$ 6,67
Sábado, 24 Outubro 2020

Mapa de Risco tem três cidades em risco moderado na próxima semana

alcool_gel_mao_agencia_brasil Agência Brasil

O 27º Mapa de Risco Covid-19 aponta 75 municípios capixabas em risco baixo e três em risco moderado: Anchieta, Conceição da Barra e Santa Teresa. A nova classificação tem vigência entre a próxima segunda-feira (19) e o domingo (25). 

Segundo resenha publicada nesta quinta-feira (15) pelo Núcleo Interinstitucional de Estudos Epidemiológicos (NIEE), que assessora tecnicamente o governo do Estado no enfrentamento da pandemia, o índice de transmissão (Rt) do Estado está em 1, segundo os dados consolidados até o dia dois de outubro, em 1,17 nos quatro municípios mais populosos da região metropolitana, e em 0,81 no interior. 

Quanto à média móvel de casos, chama atenção a curva ascendente desde o início de setembro nas microrregiões Central Serrana (onde Santa Teresa está localizada), Sudoeste Serrana e Metropolitana, onde as médias móveis de quatro semanas chegaram, no dia dois de outubro, a 1,4, a 1,17 e a 1,12, respectivamente. Nas demais, o movimento é de queda ou estabilidade. 

Os novos comportamentos apontam para uma previsão de mais de 3,8 mil óbitos até o final deste mês, um pouco maior do que o previsto no final de julho. Os cenários vislumbrados pelos técnicos apontam números entre 3.835 e 4.121 mortes pela doença até esta data. No Painel Covid-19 desta sexta-feira (16), o total já chega a 3.704 óbitos e 143.093 casos confirmados. 

Não há ainda, no entanto, previsão de revisão das flexibilizações em curso pelo governo do Estado, que incluem eventos, passageiros em pés nos ônibus e até a reabertura das escolas do ensino médio até a educação infantil, para todos os municípios em risco baixo. 

Apesar da autorização dada – a partir do último dia cinco para a rede privada e do dia treze para as redes públicas – a maioria dos municípios, segundo levantamentos feitos por coletivos de professores em suas redes sociais, não aderiram, decidindo manter o ensino exclusivamente remoto até dezembro de 2020. E na rede estadual, a adesão dos estudantes tem se mostrado baixa

Matriz de Risco 

A Matriz de Risco de Convivência considera no eixo de ameaça: o coeficiente de casos ativos por município dos últimos 28 dias, além da quantidade de testes realizados por grupo de mil habitantes e a média móvel de óbitos dos últimos 14 dias. Já o eixo de vulnerabilidade considera a taxa de ocupação de leitos potenciais de UTI exclusivos para tratamento da Covid-19, isto é, a disponibilidade máxima de leitos para tratamento da doença. A estratégia de mapeamento de risco teve início no dia 20 de abril.

Uma nova atualização foi mencionada pelo secretário de Saúde Nésio Fernandes no último dia cinco, mas ainda não foi anunciada.

Veja mais notícias sobre Saúde.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sábado, 24 Outubro 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/

No Internet Connection