Quinta, 11 Agosto 2022

Trabalhadores do SUAS também são priorizados na imunização contra Covid-19

vacina_e_confia_mao_vacina_rodrigo_araujo_governo_es Rodrigo Araújo/Governo ES

Num contexto de escassez de vacinas disponibilizadas pelo Ministério da Saúde, o Espírito Santo segue estabelecendo as "prioridades dentro das prioridades" no planejamento e execução do seu plano de imunização contra a Covid-19. Nesse sentido, o governador Renato Casagrande anunciou em sua conta no Twitter, nesta quarta-feira (2), mais dois grupos profissionais que serão vacinados na próxima semana: os trabalhadores do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) e os do transporte ferroviário.

A notícia foi comemorada pela assistente social e vereadora em Vitória Camila Valadão (Psol), que atuou na defesa da priorização do SUAS na imunização contra o novo coronavírus. "Demorou, mas chegou! Cobramos a vacinação desse público em indicação ao governo estadual em abril desse ano. A assistência Social é serviço essencial! Viva o SUAS!".

Representando uma das categorias profissionais integrantes do SUAS, o Conselho Regional de Serviço Social (CRESS) também celebrou a medida, reconhecendo a especificidade do trabalho desenvolvido por esses trabalhadores.

"É um serviço essencial que tem atendido a população que está em insegurança alimentar, as pessoas em situação de rua. É um trabalho que está na linha de frente no enfretamento das expressões sociais da pandemia", afirma a presidente do CRESS, Sabrina Moraes.

A entidade, no entanto, ressalta que o reconhecimento da legitimidade da priorização dos trabalhadores do SUAS não arrefece a luta da categoria pela vacinação universal e ampla de toda a população.

"Defendemos a 'vacina para todos'. A imunização coletiva como estratégia de saúde coletiva. Nunca fizemos uma defesa corporativista. A gente entende que os trabalhadores e trabalhadoras do SUAS, que inclui os assistentes sociais, também precisam ser vacinados, assim como todo o restante da população. Não há um privilégio de determinados grupos por estarem em determinadas políticas públicas", expõe.

O governo do Estado ainda não divulgou como se dará a imunização desses dois grupos, tampouco o quantitativo de doses necessárias.

Dentro do SUAS, além dos assistentes sociais, há diversas outras categorias, como psicólogos, advogados, terapeutas ocupacionais, educadores sociais, além dos auxiliares e assistentes administrativos e profissionais de limpeza e conservação, que atuam em espaços de alta e média complexidade, como os Centros de Referência em Assistências Social (Cras) e os Centros de Referência Especializados em Assistência social (Creas), além dos espaços de abordagem e acolhimento social.

Veja mais notícias sobre Saúde.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 11 Agosto 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/