Dólar Comercial: R$ 5,62 • Euro: R$ 6,59
Quinta, 01 Outubro 2020

Trabalhadores da Sanremo aprovam parcelamento do tíquete alimentação

sanremo_pmvv PMVV

Trabalhadores da Viação Sanremo, empresa de transporte de passageiros que atua no município de Vila Velha, decidiram aceitar a proposta da empresa de pagar parceladamente o tíquete alimentação. A decisão foi tomada em assembleia realizada na manhã desta quarta-feira (12), na garagem da Sanremo, pelo Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Rodoviário do Espírito Santo (Sindirodoviários). 

Segundo o diretor do sindicato Antônio Carlos Lemos, o Carlão, o valor do tíquete alimentação é de R$ 754,00. Ele informa que a proposta feita pela empesa é de pagar 500 no dia 20 de cada mês, de agosto a janeiro de 2020, para a partir de fevereiro de 2021 pagar o valor integral mais os R$ 254 que faltaram nos meses anteriores até julho. A proposta, afirma o diretor do sindicato, foi aprovada por 137 trabalhadores e recusada por 37, que viam a greve como alternativa.

Carlão afirma que a Sanremo alega que está com dificuldades financeiras por causa da pandemia da Covid-19, que fez com que o número de passageiros reduzisse. Ainda segundo o sindicalista, a empresa diz também que não está conseguindo empréstimo. Carlão informa que a Sanremo chegou a atrasar o pagamento dos salários nos meses de maio e junho, mas quitou a dívida com os funcionários. 

Algo semelhante aconteceu este ano com os trabalhadores da Viação Tabuazeiro, que opera em Vitória. Eles entraram em greve no mês de junho devido ao atraso de três meses nos salários e de dois meses no tíquete alimentação. Os trabalhadores chegaram a declarar que alguns não tinham condições psicológicas de prosseguir nas atividades, pois muitos estavam passando necessidade. 

O retorno às atividades se deu no dia 30 de junho, após aceitarem a proposta de parcelamento em 10 vezes dos salários e de um mês de tíquete. Na ocasião a empresa se comprometeu a manter os salários em dia e informou que a Prefeitura Municipal de Vitória (PMV) daria isenções de impostos para a Viação Tabuazeiro, que alegou estar com dificuldades financeiras por causa da pandemia da Covid-19. 

Veja mais notícias sobre Sindicato.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 01 Outubro 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/

No Internet Connection