Dólar Comercial: R$ 5,62 • Euro: R$ 6,67
Sábado, 24 Outubro 2020

Chapas puro-sangue

nylton_neuzinha_mazinho_leonardo_sa Leonardo Sá
Leonardo Sá

Próximo do final do prazo para registro de candidaturas das eleições deste ano, às 19h desta sexta-feira (26), três concorrentes da segunda principal vitrine política do Estado, a capital Vitória, aparecem no sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com seus pedidos e declarações de bens, como mostram dados atualizados nesta terça-feira (22). O Coronel Nylton Rodrigues (Novo), a vereadora Neuzinha de Oliveira (PSDB) e o vereador Mazinho dos Anjos (PSD), com os respectivos vices, todos chapas puro-sangue: Patrícia Bortolon (Novo), Anderson Theodoro (PSDB) e João Salles (PSD). A situação do trio é de "aguardando julgamento", mas já ficam oficializados os primeiros palanques da disputa, afastando a possibilidade de mudanças ou reviravoltas, principalmente no ninho tucano, após o difícil cenário consolidado para o ex-prefeito Luiz Paulo Vellozo Lucas e a possibilidade de aliança entre Neuzinha e o Republicanos, do deputado estadual Lorenzo Pazolini. No quesito coligação, Novo, PSD e PSDB vão encarar o pleito sozinhos. Sobre declarações de bens, a ordem entre os três candidatos que saem na frente no TSE é a seguinte: Neuzinha, com 518 mil; Coronel Nylton, com R$ 369 mil; e Mazinho bem distante, com R$ 25 mil. Já sobre os vices, as posições se invertem: Patrícia declarou R$ 4,3 milhões; João Salles R$ 521,4 mil; e Anderson Theodoro R$ 202 mil. O tabuleiro final ainda depende de mais oito registros, considerando o resultado das convenções partidárias: Pazolini, Fabrício Gandini (Cidadania), Capitão Assumção (Patri), Sérgio Sá (PSB), João Coser (PT), Gilbertinho Campos (Psol), Namy Chequer (PCdoB) e Raphael Góis Furtado (PSTU). No aguardo...

Quanta diferença...
Em 2016, na campanha à Câmara de Vitória, Mazinho declarou R$ 155 mil. "Empobreceu", como dizem por aí.

Mesmo patamar
Já Neuzinha de Oliveira subiu. De R$ 464 mil nas últimas eleições municipais para os atuais R$ 518 mil.

Câmara
No caso de vereadores, enviaram seus pedidos de registros em Vitória, até agora, 106 pré-candidatos. Nomes que já detêm uma cadeira no legislativo, outros "exs", novatos, e etc...

Partidos
As legendas que constam no sistema são Cidadania (14 nomes), Podemos (23), Rede (16), PSD (23), Novo (7), PTC (2) e PSDB (21).

Primeiros
Em Vila Velha, chegaram ao TSE apenas os pedidos de registros de candidatura a prefeito do vereador Arnaldinho Borgo (Podemos) e de Dalton Morais (Novo). O primeiro, depois de ver frustrada a tentativa de compor com o também vereador Ricardo Chiabai (Cidadania), confirmou na vice o empresário Victor Linhalis (Solidariedade) e a coligação com o PTC e Solidariedade. Já Dalton, como tem feito o Novo, vai de puro-sangue e sozinho, com Aline Davila na chapa.

Números
Arnaldinho apresentou bens no total de R$ 217,7 mil e seu vice de R$ 380 mil, enquanto a dupla do Novo de R$ 1,23 milhão, por Dalton Morais, e R$ 697,5 mil de Aline.

Em aberto
Na Serra, nada ainda. Os pré-candidatos aguardam definição em relação à autorização para propaganda na TV pela Justiça Eleitoral, o que deve sair nesta quinta-feira (24), podendo mudar o cenário das alianças. A candidata do PT, Fernanda Souza, é uma que está na "forca". O partido, neste caso, poderá fechar com Sérgio Vidigal (PDT).

Em aberto II
Essa aliança foi cogitada lá atrás, em meio a conversas em Vitória do ex-prefeito João Coser (PT) com Vidigal, que já andaram juntos em pleitos passados. Mas em troca do apoio do PDT na Capital, o que não aconteceu. A legenda de Vidigal fechou com o deputado Fabrício Gandini (Cidadania) e Coser com Jackeline Rocha, presidente estadual do PT.

Em aberto III
Já em Cariacica, onde a disputa se desenha lotada - 14 pré-candidatos -, a situação é exatamente a mesma. Os partidos se somaram ao pleito da Serra e a previsão é de novo tabuleiro. 

Palanque trans
Sendo assim, o TSE só disponibilizou o nome de Bianca Biancardi, do PMB, sigla que disputará sozinha. Bens declarados de R$ 160,2 mil e na vice Josi, também do PMB e sem nenhum bem cadastrado. As duas cabelereiras formam a chapa trans do município, com perfil, porém, conservador e alinhado ao presidente Jair Bolsonaro. Vai entender...

Pra começar...
Nesses três municípios, o total de candidatos a vereador, por enquanto, é de 108 em Vila Velha e 70 na Serra. Cariacica só o PMN enviou a chapa, com 26 nomes. Vem muito mais por aí...

PENSAMENTO:
"Que Deus nos proteja dos santos!". Georges Bernanos

Veja mais notícias sobre Socioeconômicas.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Domingo, 25 Outubro 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/

No Internet Connection