Quarta, 12 Junho 2024

Obstáculos internos

celia_eventoPT_liderancas_redessociais Redes Sociais
Redes Sociais

O PT de Cariacica deu um salto na pré-candidatura de Célia Tavares à prefeitura, em evento nesse sábado (18), com a presença de todas as lideranças com mandato do partido no Estado e em meio a exaltações sobre a construção de "um projeto, alternativo, ousado e popular". A oficialização do seu nome, única oposição ao prefeito, Euclério Sampaio (MDB), ainda não elimina, porém, os ruídos que permeiam esse processo desde o início. Antes, dentro do próprio PT e, agora, protagonizados pelo PV, que forma federação com o partido e o PCdoB. Em sintonia com as movimentações de Euclério, que pretende ser reeleito em tom de unanimidade, o PV, dirigido no município pelo vereador César Lucas, lançou este mês o ex-vereador Heliomar Novais como concorrente ao palanque. Faz parte do jogo e tem esse direito, mas, na prática, só atrasa mais a articulação eleitoral, enquanto Euclério avança em apoios e obras patrocinadas pelo governo Renato Casagrande (PSB). Célia Tavares, indiscutivelmente, tem prioridade na disputa, pelo desempenho nas eleições de 2020, além do maior peso do PT. O impasse bate na porta da Nacional e mantém, até segunda ordem, os nós internos e os burburinhos no mercado local. Resta saber por mais quanto tempo...

Convergência
Formaram a comissão de frente do evento de Célia o senador Fabiano Contarato; os deputados federais Helder Salomão e Jack Rocha, que preside o partido no Estado; e os deputados estaduais João Coser e Iriny Lopes. Uma demonstração de unidade entre as diferentes correntes, após as divisões internas do PT no município, que chegou a pendular, com alguns blocos, para o lado de Euclério.

'Frente ampla'
A "briga" política entre Célia e Euclério, como já analisado algumas vezes, é uma reedição do último pleito municipal, quando ela surpreendeu e avançou para o segundo turno. Ou melhor, quase uma reedição. Desta vez, Euclério conseguiu agregar mais gente e mais partidos, inclusive adversários de 2020.

Aliança antiga
Nas redes sociais de César Lucas, só dá o prefeito. O vereador, que foi líder do Governo na Câmara, sempre faz questão de distribuir elogios e reiterar a aliança. A última postagem nesse sentido foi nessa sexta-feira (17). Em vídeo ao lado de Euclério, exaltou qualidades como "o melhor prefeito do Brasil" e agradeceu sua "grande dedicação" e "trabalho árduo". No final, completou: "vamos juntos em frente!".

Sem cadeira
César Lucas vai disputar a Câmara de Vereadores novamente, mas, tudo indica, fora da atual cadeira. Ele foi cassado recentemente, junto com outros quatro vereadores, devido à fraude na cota de gênero. A perda do mandato está na dependência dos trâmites burocráticos da Justiça Eleitoral.

Bancada
Em Vitória, a corrente do PT Alternativa Socialista (AS), liderada por Coser, que disputará novamente a prefeitura, se reuniu nesse domingo (19) para debater as estratégias eleitorais. Além de sua filha, a vereadora Karla Coser, o grupo terá mais dois candidatos para a disputa à Câmara: Sílvio, do movimento popular de moradia, e Ana Paula, profissional da Saúde e Pessoa com Deficiência (PCD). As informações foram divulgadas nas redes sociais da própria Karla.

Show gospel
Já no município vizinho, Vila Velha, o coronel Alexandre Ramalho foca cada vez mais nas bandeiras bolsonaristas na sua missão de tirar votos do prefeito, Arnaldinho Borgo (Podemos). Em evento do PRTB, disparou a cobrar show evangélico na programação de aniversário da cidade, comemorado nesta semana: "nós temos que resgatar os valores", ressaltou. Também fez discurso contra a "ideologia de gênero para crianças".

Alianças
A propósito, qual partido mais vai na aliança de Ramalho? Arnaldinho já arrebatou um tanto.

No ar
O coronel é um dos personagens da propaganda partidária do PL que remete às eleições de outubro, junto com o deputado Capitão Assumção, pré-candidato em Vitória; o vereador Léo Camargo, em Cachoeiro de Itapemirim (sul do Estado); e Nilis Castberg; em São Mateus (norte). As falas são mais do mesmo: "Deus, Pátria, Família e Liberdade".

Nas redes
"O Centro de Vitória não aguenta mais tanta insegurança! Estive em reunião com o secretário de Segurança Pública do ES, Eugênio Ricas, e o deputado Estadual Tyago Hoffmann [PSB], para tratar sobre a segurança pública e apresentei um projeto de policiamento específico para a região. Agradeço a oportunidade e seguimos por uma Vitória menos violenta para a população". Vinícius Simões, vereador pelo PSB.

FALE COM A COLUNA:

Encontros-desencontros

Depois de Coser-Euclério, Jack Rocha é homenageada pelo líder do prefeito na Câmara de Cariacica
https://www.seculodiario.com.br/socioeconomicas/encontros-desencontro

Metas e projeções

Previsões prioritárias do PT para 2024 incluem 10 municípios capixabas. Destaque, por razões óbvias, para a Capital, com Coser
https://www.seculodiario.com.br/socioeconomicas/metas-e-projecoes

Veja mais notícias sobre Socioeconômicas.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 13 Junho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/